sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Poças de água - Poema de Alvina Nunes Tzovenos






. . . poesia dançando nos campos da alma
na evocação da presença lágrima
a dormir na prece do vento irrequieto.


. . . murmúrio do amor que se deitou sozinho
na cama fria da desesperança
com saudade do abraço que aquece os corpos
do beijo a sussurrar promessas presença.


. . . procissão de vozes a se fazerem mar verde
de versos que o vento beija sem chorar
de ilhas virgens a não se deixarem tocar.


Poças d’água
em meus olhos pisados de paisagens alagadas
inundados de todas as vivencias
vivencias de meus horizontes tímidos
a repousarem sobre estradas gritantes.



Alvina Nunes Tzovenos
in 'Palavras ao vento'



16 comentários:

  1. Por estes dias é complicado não ter os olhos marejados.
    Bfds

    ResponderEliminar
  2. "Procissões de vozes a se fazerem mar verde"
    Que inspiração mais linda Maria.
    Belíssima partilha Alvina.
    Feliz fim de semana amiga.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Palavras riquíssimas querida amiga, muito obrigado pela linda partilha,beijinhos muitas felicidades

    ResponderEliminar
  4. Parabéns por escolher hoje que é o dia do poeta esse poema maravilhoso!
    Bjs Maria Rodrigues.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Soberbo poema! Parabéns

    Feliz dia do Poeta
    Beijo. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Delícia de Poema, Maria. Muito boa escolha para este Post.

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  7. Excelente escolha poética.
    Acho que nunca tinha lido nada da autora, mas gostei muito deste poema.
    Bom fim de semana, amiga Maria.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Belíssimo e encantador este poema!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  9. Amiga!
    Hoje é o dia do poeta. Vim parabenizar você que escreves com a alma e o coração lindas poesias!
    Parabéns pelo seu dia!
    Tem mimo lá no meu cantinho pra você, abraços
    Da amiga Genilda.

    ResponderEliminar
  10. Assim são poças de água dos olhos, nascidas da alma.

    Bom fim-de-semana, amiga.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Hoje 20 de outubro, dia do poeta.
    Parabéns, querida poetiza pelo seu dia.
    Tem homenagem no blog e selinho.

    Parabéns!
    Que seus dias seja lindo e que cada vez mais
    você nos encante com suas poesias

    ResponderEliminar
  12. Não conhecia, gostei!

    Bom fim de semana Maria.

    Beijinho enorme

    ResponderEliminar
  13. De todas maneras
    es ese toque de lo más profundo
    que anida en el corazón de quien ama de verdad.

    ResponderEliminar
  14. Oi Maria,

    Eu gosto de água e gotas de água.
    Essa imagem bonita se pergunta a alma.
    Suas palavras incríveis abaixo são uma boa fusão.
    Obrigado por compartilhar.

    Um abraço.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo