Páginas

terça-feira, 31 de outubro de 2017

22 DUBAI - Burj Al Arab




Hoje vou mostrar algumas fotos que tirámos do Burj Al Arab.




O Burj Al Arab é um super luxuoso hotel de 7 estrelas. Foi construído sobre uma ilha artificial de 280 metros fora da praia de Jumeirah, e está conectado com a ilha principal por uma ponte. É uma estrutura ícone, desenvolvida para simbolizar a transformação urbana em Dubai, e para imitar a vela de um barco.




Para a deslocação dos hospedes até ao hotel, este possuiu uma frota de 16 Rolls Royce Phantom brancos com motorista, ou se os hóspede preferirem, podem ir direto do aeroporto para o hotel de helicóptero.






O hotel possui uma marina e uma praia privadas, esta que podem ver é a parte pública da praia de Jumeirah.




Fotos: Pessoais
Texto explicativo: Wikipedia


5 Clarão - Poema de Miguel Torga





O que isto é, viver!
Abrir os olhos, ver,
E ser o nevoeiro que se vê!
Nevoeiro ao nascer,
Nevoeiro ao morrer,
E um destino na mão que se não lê...

Miguel Torga, in 'Diário (1942)'


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

15 Os Poetas




Nunca os vistes
Sentados nos cafés que há na cidade,
Um livro aberto sobre a mesa e tristes,
Incógnitos, sem oiro e sem idade?

Com magros dedos, coroando a fronte,
Sugerem o nostálgico sentido
De quem rasgasse um pouco de horizonte
Proibido...

Fingem de reis da Terra e do Oceano
(E filhos são legítimos do vício!)
Tudo o que neles nos pareça humano
É fogo de artifício.

Por vezes, fecham-lhes as portas
— Ódio que a nada se resume —
Voltam, depois, a horas mortas,
Sem um queixume.

E mostram sempre novos laivos
De poesia em seu olhar...

Adolescentes! Afastai-vos
Quando algum deles vos fitar!


Pedro Homem de Mello, in "O Rapaz da Camisola Verde"



domingo, 29 de outubro de 2017

15 Passeando pelo DUBAI




No regresso da nossa viagem a Macau fizemos uma breve paragem no Dubai.




Como tínhamos pouco tempo eu fiz um pequeno roteiro do que seria interessante vermos. Pedimos no hotel um táxi que nos levou a visitar esses locais. Tivemos imensa sorte pois para além do taxista falar bem inglês, também era muito comunicativo e ia falando sobre pontos de interesse que via ao longe do percurso, o que foi muito agradável. Hoje vamos só divagar um pouco, os pormenores ficarão para próximos posts.
















Passámos pelo Burj Al Arab, um hotel de 7 estrelas super luxuoso.







Observamos a Mesquita Jumeirah




E terminámos o nosso dia no Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo. Vimos o espetáculo de água no lago, passeamos no Centro comercial The Dubai Mall e subimos ao 125º andar do Burj Khalifa.






Fotos: Pessoais


2 Elegância





Elegância é a arte de não se fazer notar, aliada ao cuidado subtil de se deixar distinguir.



Paul Valéry


sábado, 28 de outubro de 2017

16 🌺 Maravilha - Mirabilis Jalapa




As Maravilhas (Mirabilis jalapa), são um género botânico pertencente à família Nyctaginaceae.





O seu nome, Mirabilis, do latim, significa maravilha ou admirável, e Jalapa é um nome de uma cidade mexicana, mas dizem que essa planta tem sido exportada a partir dos Andes Peruanos, em 1540.





Originária da América Central e do Sul, é conhecida entre outros nomes comuns por: Batata-de-purga, Beijos-de-frade, Bela-noite, Boa-noite, Jalapa, Maravilha-de-forquilha.





A maravilha é um belo arbusto perene, pode crescer até por volta de 0,9 m de altura e é muito ramificado.






As flores são em forma de trombeta podendo apresentar-se numa grande variedade de cores como a cor vermelha, rosa, amarela, branca e listradas. Um aspecto curioso desta planta é que as flores de diferentes cores podem ser encontradas simultaneamente em uma mesma planta. Além disso, uma flor sozinha pode ter manchas de cores diferentes. Outro ponto interessante é um fenómeno de mudança de cor, por exemplo, as flores amarelas, quando a planta amadurece, elas podem mudar gradualmente para uma cor rosa escura. Da mesma forma, as flores brancas podem mudar a luz violeta.







Não sendo uma planta muito exigente , gosta de sol pleno e solos férteis e em drenados. Podem ser cultivadas em bordaduras, canteiros, maciços, vasos ou jardineiras.








As sementes são esféricas, enrugadas e pretas, que no princípio era amarelo-esverdeado.








Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais