quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

20 Crianças em Pensamentos




"De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças?" (Ernest Hemingway)

"A criança é um por natureza um ser do encantamento, um ser que experimenta a leveza, e que não retém a dor." (Cris Griscon)

"Nunca ninguém conseguirá ir ao fundo de um riso de criança." (Victor Hugo)

"Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia-a-dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos..." (Mário Quintana)

"Só é possível ensinar uma criança a amar, amando-a." (Johann Goethe)

"A criança é alegria como o raio de sol e estímulo como a esperança." (Coelho Neto)




"A criança é a consagração da vida." (S. Poniazem)


6 Verde é também a cor da esperança... Poema da amiga Leda


Meus amigos aqui deixo mais um poema que foi colocado nos comentários do meu cantinho desta vez no post "Verde é a cor da Natureza", para todos os que por aqui divagarem poderem apreciar.





Verde é também a cor da esperança...



Esperança
Um dia virá, e não muito longe está
Que uma luz imensa e edificadora
Abarcará a terra
Ela virá, sim!
Aos olhos do mundo,
Hoje entristecido, e desarrumado
Então voltará para o entendimento
E para o amor
Pois aquela luz chegou de perto
Acolhendo e modificando
Desendurecendo corações
Abrindo mentes fechadas
Afugentando o egoísmo e a vaidade
Todos olharão com rumo certo
Todos verão que é imperativo amar
Pois o amor está em todos impregnado
Muitos escondem com medo, com orgulho
Mas esta luz o fará brotar, como cachoeira
Derramará com energia e caridade
Tenho fé, sim, nesta grandiosa realização
Não é, acredite, um sonho vago
A energia maior está aí e abundante,
Logo alcançará a todos
Transformará a todos
Esta será a glória de Deus!

Leda


Poema oferecido pela Amiga Leda do blog "Leda arts", um cantinho encantador onde ela nos mostra os lindos trabalhos que vai realizando.


Muito obrigado Amiga pelo seu carinho.



segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

26 A arte de Jim Hansel





Jim Hansel nasceu em Chaska, Minnesota, EUA em 1960. É um artista muito talentoso, que alcançou o êxito ao superar desafios especiais para criar as suas lindissimas pinturas.




As pinturas do mundo Hansel nem sempre são o mundo que ele vê. Com 12 anos de idade, foi diagnosticado a Jim com uma doença degenerativa do olho chamada Stargardts, que o deixou legalmente cego. Aprendeu a dominar as suas limitações visuais e com o uso de dispositivos de baixa visão, começou a exercer a sua paixão pela pintura com 15 anos de idade. Desenvolveu as suas habilidades artísticas, enquanto frequentava a Universidade de Minnesota, onde se graduou com o grau de Bacharel em Artes Plásticas e Arte Comercial, em 1985.




Trabalhando apenas um ou dois centímetros de distância da tela, Hansel pinta minuciosamente os detalhes de uma obra, enquanto vai formando na sua mente uma imagem clara da pintura final.




Jim depende também da sua máquina fotografica para capturar as suas idéias e colocá-las em foco. Usa as fotos para trazer as paisagens e os modelos da vida selvagem de volta ao seu estúdio.




Nesta fase inicial da pintura, ele amplia as fotografias, se necessário, para vê-las mais claramente. Surpreendentemente, o artista, então, olha através dos seus óculos de inserção com uma grande lupa e começa as suas primeiras pinceladas, lentamente a sua pintura vai ganhando vida.




A sua limitação visual exige que ele leve mais tempo do que outros artistas na realização de uma pintura.... às vezes são necessários quatro meses de trabalho numa única tela.




Hansel quer que a sua arte seja julgada por mérito próprio, e não na base de um artista com uma deficiência visual. Esta determinação e o ser abençoado com um talento especial para criar belissimas imagens trouxeram-lhe reconhecimento nacional.




Tem uma grande paixão pela vida selvagem e pelo ar livre. Concentra-se na combinação da vida selvagem com paisagens interessantes e coloridas.

O seu maior talento está na sua capacidade de reconhecer as características únicas da natureza, retratando-as em seguida, com precisão e mestria.




O seu estilo artístico é distinto. As suas telas são grandes e suas imagens são estudos em contraste. A luz brilha. Tridimensionalmente, o observador é convidado a entrar nas suas configurações. Jim diz que o tamanho, contraste e luz são todos elementos resultantes da sua visão muito limitada. Independentemente do motivo, o efeito é tanto impressionante como reconfortante.




Desde o seu primeiro lançamento em 1987, ele produziu cerca de 100 edições limitadas, e muitas telas foram vendidas para fora do país.

Hansel dá os créditos de grande parte do sucesso da sua arte à sua esposa, Lois, a sua mais ardente defensora. Desde o seu casamento, Lois está envolvida na produção das gravuras do artista para garantir a melhor qualidade possível. Têm dois filhos, Joe e Laura.




Jim Hansel é um daqueles artistas que capta um lugar no tempo e traz sentimentos de paz e tranquilidade para a tela.  Tem recebido reconhecimento nacional e inúmeros prémios pela sua maravilhosa arte. A atenção do artista para os detalhes criando paisagens lindas e muito coloridas, é muito apreciada por colecionadores de arte em todo o país.




O sucesso da Arte de Jim Hansel são um testemunho vivo e a recompensa, de como com um trabalho duro e perseverança, se consegue vencer na vida, independentemente dos desafios que surjam no caminho.

Podem apreciar melhor a sua maravilhosa arte visitando o seu site pessoal : JimHanselart



Fontes e Fotos: www.jimhanselart.com; www.somersetfineart.com; www.inspirationartgallery.com; http://www.chaskaherald.com/; outros

"A arte consiste em fazer os outros sentir o que nós sentimos, em os libertar deles mesmos, propondo-lhes a nossa personalidade para especial libertação." (Fernando Pessoa)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

24 Pensamento domingo





“Precisamos continuamente olhar para dentro de nós mesmos. Observemos nosso ser interior, encontremos nossa voz única e aprendamos a prestar atenção a ela, teremos então a experiência de vida que merecemos.” Dirk Benedict

Meus amigos tenham um domingo maravilhoso e uma excelente semana.


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

34 Gwaii Haanas National Park - Canadá


O Parque Nacional Gwaii Haanas e Sítio Patrimonial Haida é a combinaçao de uma reserva nacional e um sítio patrimonial localizado na província de Colúmbia Britânica, no Canadá.


Foto: panoramio_helloclint


O parque foi resultado de um entendimento alcançado em 1988 entre governo canadense e o conselho dos povos indígenas Haida. Em 1993 foi assinado um acordo de co-gestão entre o Governo do Canadá e da Nação Haida, sendo assim o parque administrado pelos dois governos.

Gwaii Haanas tem sido o lar do povo Haida desde à milhares de anos e significa na língua Haida "Islands of Beauty - As Ilhas da beleza" na língua Haida.


Foto: http://discover.mapquest.com

Entre as atrações em Gwaii Haanas encontra-se SGaang Gwaii (Anthony Island), a histórica vila Haida (aldeia de Nunsting), declarada Património Mundial pela UNESCO em 1981, representando 2000 anos de arte e cultura Haida.

SGaang Gwaii ou SGaang Gwaay está repleta de totems e restos de casas construídas pelos haida.


Foto: panoramio_tasugring


O parque  é composto por um arquipélago de 138 ilhas, sendo a maior ilha de Moresby.

Tem uma ampla variedade de ecossistemas, as suas paisagens variam de profundos fiordes para montanhas escarpadas, lagos alpinos ou tundra e riachos onde os salmões desovam.


Foto: panoramio_Sam Beeb Ecotrust


Perto de 90% do Gwaii Haanas é arborizada, 9% é alpina e sub-alpina tundra. O restante 1% é formado por lagos e pântanos.

As costas oferecem uma grande variedade de formação de afloramentos rochosos irregulares e belas praias, e toda a sua paisagem é deslumbrante e cheia de vida e cor.


A água escoa com abundância das montanhas, e ajuda a preencher mais de 40 lagos de água doce.

O seu ponto mais alto é a acidentada Faixa de San Cristoval com picos de mais de 1.100 metros de altura.

A costa oeste de Gwaii Haanas pode receber mais de 4.000 milímetros de chuva por ano. A extrema exposição ao vento e à chuva faz com que as florestas na costa oeste sejam pantanosas e atrofiadas sendo dominadas pelo cedro vermelho ocidental e cicuta.


Foto: panoramio_Helloclint


As florestas do lado de sotavento, ou leste da Haanas Gwaii, são florestas clássicas costeiras, as espécies dominantes incluem grandes abetos ocidentais e árvores cedro vermelho ocidental.


* Foto: Net


O seu ecossistema é complexo e diversificado suportando uma grande variedade de fauna e de animais selvagens. Em Gwaii Haanas a flora e fauna evoluíram ao longo de milhares de anos, tornando-se algumas típicas deste local, como é caso do urso preto, que é maior do que o seu primo do continente.


Foto: panoramio_Helloclint


Estima-se que mais de 750 mil aves marinhas nidificam ao longo da costa de Haanas Gwaii de maio a agosto. Entre as muitas espécies de Gwaii Haanas encontram-se o veado de cauda negra, guaxinins, lontras, esquilos e castores.

É um lugar ideal para kayakers, observadores de pássaros, fotógrafos e amantes da natureza.


Foto: panoramio_Ken Purcell

Gwaii Haanas encarna a essência da beleza da natureza e de uma rica ecologia da costa do Pacífico. É uma celebração de mais de 10 mil anos de conexão com a terra e o mar da cultura do povo Haida. Para os visitantes é a oportunidade de testemunhar uma cultura viva, e mergulhar na natureza numa simbiose perfeita entre corpo e alma, uma experiência espiritual única.

Gwaii Haanas é realmente um lugar muito especial!

Fontes e Fotos: wikipedia; http://www.gwaiihaanas.com/; http://www.queencharlotteislandsguide.com/gwaii-haanas/; http://www.greatcanadianparks.com/; http://www.tourhaidagwaii.com/haida-gwaii/heritage.php; http://www.thecanadianencyclopedia.com/articles/gwaii-haanas-national-park-reserve-and-haida-heritage-site; Panorâmio; http://discover.mapquest.com;  outros net.


* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.

Foto: panoramio_Wucie


A fotografia, é um transporte muito especial para podermos viajar sem sairmos da nossa casa. Ela permitindo-nos conhecer locais e culturas que de outra maneira seria impossível. O meu muito obrigado a todos os fotografos que nos brindam com a sua arte ajudando-nos a divagar e a alargar os nossos horizontes.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

24 Canção Da Eterna Despedida - Poema de Vinicius de Moraes





A noite é linda
inda palpita no mar
a lua cheia a se esvair em luar
Vem, ó minha amada
e fica linda e sem véu
como essa lua no céu

Eu sou o mar
Ó meu amor, diz que sim
E vem pousar o teu luar sobre mim
Vem que todo dia
cada noite tem um fim
só para nos separar

Ai, minha amada
madrugada chegou
e a sua luz me diz que devo partir
Mas meu coração
não compreende a razão
de me arrancarem de ti

É tanta a mágoa
desta separação
que já meu corpo chora a falta do teu
Que esses cantos meus
são como prantos de adeus
por me arrancarem de ti

Vinicius de Moraes

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

7 Verde é a cor da Natureza


Cor universal da natureza. O verde tem frescura, harmonia e equilíbrio. Cor calma, que não se dirige para nenhuma direcção nem encerra algum elemento de alegria, tristeza ou paixão.




O Verde é o denominador comum de toda a natureza. É a cor do equilíbrio entre a natureza física e o espírito imortal e a activação das nossas potencialidades espirituais.





Decoração: Tons mais claros podem ser usados em todos os ambientes. Se for uma cor monocromática, pode cansar.
Cromoterapia: Tem efeito purificador, tranforma as energias negativas em positivas. Ótimo para a saúde. Acalma o coração, a mente e os nervos.




Feng Shui: Traz tranquilidade, sossego e calma. Estimula a espiritualidade. Nas casas, deve ser aplicado em locais de meditação e oração. Em excesso, pode trazer depressão e ansiedade.


Aspectos favoráveis: a energia do verde reflecte participação, adaptabilidade, generosidade e cooperação. Essa cor atenua as emoções, facilita o raciocínio correcto e amplia a consciência e compreensão. Ela é a imagem da segurança e da protecção e cria um ambiente propício para tomar decisões. Espaço, liberdade, harmonia e equilíbrio são aspectos que se originam do sentimento natural de justiça do verde. Esta cor actua como um sinal para a renovação da vida e sua vibração mais elevada reflete o espírito de evolução.




Efeitos negativos avareza, indiferença e insegurança são algumas das expressões negativas da cor verde. Raciocínio precário, cautela excessiva e suspeita estão representados na natureza negativa dessa cor e, junto com a precocidade, podem indicar ciúmes, inveja, egoísmo e preconceito. Em seus níveis mais inferiores, o verde promove estagnação e por fim degeneração.





Efeitos físicos: É a cor que procuramos instintivamente quando estamos deprimidos ou acabamos de viver um trauma. O verde nos cria um sentimento de conforto, de calma e paz interior, que nos faz sentir equilibrados interiormente. Meditar com a cor verde é como tomar um calmante, para as emoções.






A cor Verde está associada aos signos Touro, Balança Virgem, Capricórnio (verde-escuro), Aquário e Peixes (verde-mar).

Palavras chaves da cor Verde: natureza, harmonia, crescimento, exuberância, fertilidade, frescura, estabilidade, resistência. Verde escuro: dinheiro.





"A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas." Johan Wolfgang Von Goethe

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

22 Poema oferecido pelo amigo Poeta Jose António


Hoje deixo para todos os que divagam comigo, mais um poema lindo que foi colocado nos comentários do meu cantinho no post "A Inocência das crianças", pelo amigo poeta José António do blog "Poesia Viva".





Vive um ser no nosso interior
Oculto, calado e e sempre alerta
É a tal criança Ser Superior
Que deixa sempre a porta aberta

É viva, simples como água a correr
Transporta consigo toda a eternidade
Num piscar de olhos está pronta a SER
Um fragmento da própria vida: A Verdade

Mas a hipocrisia está sempre espreitando
Aos poucos vai modificando, insidiosa
Programa os factos e vai nos condicionando
E aos poucos sem sabemos cheirar uma rosa

E pensamos que estamos todos muito bem
Nesta morte lenta tão bem embrulhada
No quentinho da mais ignóbil sabe tão bem
E sem sabermos temos a vida toda atada

Às vezes abrimos os olhos tendo a sensação
Que não vivemos mas apenas fingimos viver
Pois dá-nos um tremendo aperto no coração
E nessa altura já não encontramos nosso SER

Mas a inocência está lá! Fala e não ouvimos
Aponta caminhos rumo à intemporalidade
Tão fatigados estamos já nem a sentimos
Nem sabemos aquela idade de não ter idade

Mas, por vezes, ouvimos a sua fraca voz
Como um chamamento lançado ao Universo
E acordamos! Dizemos, SIM, aqui vamos nós
Pois somos do Mundo o verso e o reverso


José António

Muito obrigado Amigo pelo seu carinho.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

10 Maravilhas fez em Mim






Maravilhas fez mim
minha alma canta de gozo
pois na minha pequenez
se detiveram seus olhos
e o Santo e Poderoso
espera hoje o meu Sim
minha alma canta de gozo:
Maravilhas fez em mim.


Maravilhas fez em mim
da alma brota o meu canto
o Senhor me amou
mais que aos lírios do campo
e por seu Espírito Santo
Ele habita hoje em mim
que não pare nunca este canto
maravilhas fez em mim...


Cântico Religioso

3 Versos do amigo Edumanes


Meus amigos sempre que deixam nos comentários aos meus posts versos ou poesias eu gosto de publicar, pois seria uma pena ficarem apenas aí.

Hoje deixo versos encantadores que o poeta amigo Edumanes do blog "Nasci no Alentejo" deixou no meu post "Madeira - Uma ilha de beleza e encanto".



Seu lindo nome Maria
Sua visita venho agradecer
Obrigado pela sua simpatia
E pelas lindas imagens que estou a ver.

Aqui em seu cantinho
São da Ilha da Madeira
Onde o Sol é mais quentinho
Com o Carnaval e brincadeira!

Edumanes

Muito obrigado Amigo pela sua gentileza.


sábado, 18 de fevereiro de 2012

26 A Inocência das crianças



QUATRO PEQUENAS HISTÓRIAS DE CRIANÇAS

O autor e conferencista Leo Buscaglia certa ocasião falou de um concurso em que tinha sido convidado como jurado.

O objectivo era escolher a criança mais cuidadosa.

Eis alguns dos vencedores:

Um menino de 4 anos tinha um vizinho idoso cuja esposa havia falecido recentemente.
Ao vê-lo chorar, o menino foi para o quintal dele e sentou-se simplesmente no seu colo.
Quando a mãe lhe perguntou o que tinha dito ao velhinho, ele respondeu:
- Nada. Só o ajudei a chorar.




Os alunos da professora do primeiro ano Debbie Moon estavam a examinar uma foto de família.
Uma das crianças da foto tinha os cabelos de cor bem diferente dos outros. Alguém sugeriu que essa criança tivesse sido adotada.
Logo uma menina disse:
- Sei tudo sobre adopção, porque eu fui adoptada.
Logo outro aluno lhe perguntou:
- O que significa "ser adoptado"?
- Significa - disse a menina - que tu cresceste no coração da tua mãe, e não na barriga!




Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott.
Jamie queria muito ter um papel na peça da escola. A mãe disse que tinha procurado preparar o seu coração, pois ela temia que ele não fosse escolhido. No dia em que os papéis foram distribuídos, eu fui com ela buscá-lo à escola. Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhantes de orgulho e emoção:
- Adivinha, mãe!
E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!




Conta uma testemunha ocular de Nova York:
Num frio dia de Dezembro, alguns anos atrás, um rapazinho de cerca de 10 anos, descalço, estava em pé em frente a uma loja de sapatos, olhando a montra e tremendo de frio.
Uma senhora aproximou-se do rapaz e disse:
- Você está com pensamento tão profundo, a olhar essa montra!
- Eu estava pedindo a Deus para me dar um par de sapatos - respondeu o garoto...
A senhora tomou-o pela mão, entrou na loja e pediu ao empregado para dar meia duzia de pares de meias ao menino. Ela também perguntou se poderia conseguir-lhe uma bacia com água e uma toalha. O empregado atendeu-a rapidamente e ela levou o menino para a parte detrás da loja e, ajoelhando-se lavou os seus pés pequenos e secou-os com a toalha.
Nesse meio tempo, o empregado havia trazido as meias. Ela calçou-as nos pés do garoto e também comprou-lhe um par de sapatos.
Depois entregou-lhe os outros pares de meias e carinhosamente disse-lhe:
- Estás mais confortável agora.
Como ela se virou para ir embora, o menino segurou-lhe na mão, olhou o seu rosto com lágrimas nos olhos e perguntou:
- Você é a mulher de Deus?



Fonte: net

"Só é possível ensinar uma criança a amar, amando-a." (Johann Goethe)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

9 Camelo


A história da Vida na Terra é uma história de extinções, estas extinções naturais ocorrem, no entanto, ao longo de períodos relativamente longos, permitindo a evolução de novas formas de vida. Muitos animais evoluíram e depois extinguiram-se e o seu lugar na natureza é então ocupado por outro grupo de animais. Isto não é o que acontece na actualidade, com a ajuda do Homem!


Penso que é importante ir sempre “passando” a mensagem da importância de preservarmos a Natureza, a vida selvagem, o ambiente, “O nosso magnifico Planeta”.

Hoje vamos conhecer um pouco melhor o: Camelo



O nome camelo vem do grego kamelos a partir do hebraico gamal, "camelo".

Ordem: ARTIODACTYLA
Família: Camelidae
Género: Camelus

O género Camelus contém duas espécies:
  • o dromedário (Camelus dromedarius) ou camelo árabe, que tem apenas uma bossa




  • e o camelo-bactriano (Camelus bactrianus), que possui duas bossas.




Distribuição e Habitat :
Os camelos estão adaptados à vida em desertos e locais semidesérticos. Foram domesticados pelo Homem, há cerca de 4500 anos, na actual região do Norte do Irão, de onde foram depois levados para leste (Índia e China) e, mais recentemente, para a Austrália. Têm sido, para as tribos nómadas da Ásia, importantes animais de carga e de transporte e fornecedores de carne, lã e leite riquíssimo em proteínas. Actualmente, apenas se encontram populações selvagens (algumas centenas de indivíduos), no sul do deserto de Gobi (Mongólia e China), embora possam ser animais domesticados que regressaram à liberdade.



Identificação:
Os camelos têm os olhos protegidos por longas pestanas e as narinas podem fechar-se voluntariamente, para evitar a entrada da areia. O peso do corpo apoia-se não nos dois cascos mas sim nas almofadas planas que impedem que se enterrem na areia.




Apresentam outras grandes adaptações à secura do deserto: podem passar grandes períodos sem beber, pois conseguem perder até 40% do seu peso em água sem prejuízo para o organismo e reduzem ao mínimo as perdas de água durante esse período, produzindo fezes secas, expelindo urina concentrada e transpirando pouco (a temperatura corporal diminui até 34ºC durante a noite e aumenta lentamente durante o dia, só começando a transpirar quando atingem uma temperatura de 40 a 42ºC; além disso, quase não possuem glândulas sudoríparas).




São capazes de beber até 150 litros de água em poucos minutos, para compensar a desidratação. As gorduras armazenadas nas suas bossas ajudam-nos a sobreviver durante longos períodos sem alimento. Não é verdade que os camelos armazenam água nas bossas. Se estiverem a passar fome, as bossas ficam reduzidas ou podem chegar a desaparecer. Ao voltarem a comer e a beber, a corcova aumenta e fica firme outra vez.



Embora resista muito bem às intempéries, às terríveis precipitações de neve do inverno e as provações de longas viagens, o camelo sofre com o calor estival. No inverno não lhe tiram os arreios nem mesmo quando, terminada uma viagem e desembaraçado de sua carga, pasta livremente na campina; no verão ao contrário, é necessário libertá-lo tão logo termina o trabalho a fim de evitar os ferimentos.




Hábitos e Alimentação:
Em estado selvagem, mantêm-se em haréns constituídos por um macho adulto e várias fêmeas com crias, embora também possam formar-se grupos compostos unicamente por machos solteiros ou fêmeas com crias. Alimentam-se principalmente de plantas rasteiras e folhas de árvores e arbustos, sendo que podem adaptar-se bem a vários climas e a diversos tipos de vegetação.




Reprodução:
Atingem a maturidade sexual aos três a quatro anos de idade, no caso das fêmeas, e aos cinco a seis anos, no caso dos machos. A gestação dura 12 a 14 meses e nasce uma cria de cada vez, que é amamentada durante um a um ano e meio. Os nascimentos dão-se principalmente em Março ou Abril, coincidindo com a maior abundância de alimento. O filhote nasce com pelagem macia, porém ainda não tem corcova. Por isso, o filhote não pode ficar muito tempo sem se alimentar senão ele morre pela desnutrição. O filhote se levanta cerca de duas horas após o nascimento para poder se alimentar do leite materno.




É uma espécie em perigo (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza). As populações selvagens estão restritas ao deserto de Gobi, em áreas protegidas.

Fontes: Wikipedia; Portlasaofrancisco; treknature; http://www.canaryzoo.com/; http://www.saudeanimal.com.br/; Enciclopédia a Vida Animal; outros



“A Terra provê o suficiente para as necessidades de todos os homens, mas não para a voracidade de todos.” (Mahatma Gandi) .