31/05/2021

Depois de algum tempo - Poema de Verónica A. Shoffstall




Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma,

E você aprende que amar não significa apoiar-se
e que companhia nem sempre significa segurança,

E você começa a aprender que beijos não são contratos
e que presentes não são promessas.

E você começa a aceitar as suas derrotas
com a cabeça erguida e olhos adiante,
com a graça de uma mulher e não com a tristeza de uma criança.

E você aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,
e os futuros costumam cair no meio do voo.

Depois de um tempo você aprende
que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

Então você planta seu próprio jardim e decora a sua própria alma
em vez de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que você realmente pode resistir
que você é realmente forte
e que você realmente tem valor
E você aprende e aprende
com cada adeus você aprende ...


Verónica A. Shoffstall
Escrito aos 19 anos, no seu livro de formatura da escola, ao terminar o highschool




After a while

After a while you learn the subtle difference
between holding a hand and chaining a soul
And you learn that love doesn’t mean leaning
and company doesn’t mean security.
And you begin to learn that kisses aren’t contracts
and presents aren’t promises
And you begin to accept your defeats
with your head up and your eyes ahead
with the grace of a woman, not the grief of a child
And you learn to build all your roads on today
because tomorrow’s ground is too uncertain for plans
and futures have a way of falling down in mid-flight.

After a while you learn that even sunshine burns
if you get too much.

So you plant your own garden and decorate your own soul
instead of waiting for someone to bring you flowers.

And you learn that you really can endure
that you really are strong
and that you really do have worth
And you learn and you learn
with every goodbye you learn...


By Verónica A. Shoffstall




Este poema existe na Net com várias versões e atribuído erradamente a William Shakespeare



29/05/2021

Roselhas - Flores coloridas e ornamentais




A Roselha, (Cistus crispus) é uma espécie de planta com flor pertencente à família Cistaceae, sendo também conhecida como Esteva Crespa.





É um pequeno arbusto nativo do Mediterrâneo Ocidental, erecto, perene e de crescimento muito rápido. Forma moitas baixas, densas e muito ramificadas. É muito resistente à seca e ao vento, adaptando-se muito bem a solos pobres. Em Portugal cresce espontâneamente em várias partes do território.





As suas flores são cor de rosa forte, com imensos estames amarelos, têm cerca de 3 a 4 cm de diâmetro e 5 pétalas de aspecto enrugado. Duram apenas um dia mas a sua floração é muito abundante e prolongada. São muito apreciadas pelas abelhas e outros insectos polinizadores.






Paisagisticamente, as roselhas são muito apreciadas nos jardins, como plantas ornamentais, devido à sua beleza, aroma e por serem pouco exigentes.






27/05/2021

Fim de semana no Alentejo




No inicio do mês fomos passar um fim de semana à nossa "casita" do Alentejo. Já lá não íamos há bastante tempo pois embora seja um local bem tranquilo, é um pouco longe de onde moramos. O tempo estava excelente embora por vezes algumas nuvens tapassem o céu.




Esta casa era dos meus avós, o espaço é bem pequeno, mas tem um grande quintal onde os meus filhos adoravam brincar quando eram pequeninos.






No regresso a Lisboa, paragem obrigatória junto ao sitio onde as cegonhas costumam nidificar. Pelo que pude observar ainda não tinham filhotes.






Alguns "olhares" das paisagens e aldeias que vimos no caminho.









Embora muito trabalhoso, foi um excelente e bem diferente fim de semana.

25/05/2021

Pinturas - Uma Sinfonia de delicadeza - Vida do Campo na arte chinesa




Com traços delicados e suaves, a arte vinda da Ásia, leva-nos numa viagem virtual por outros tempos e costumes, numa onda Zen que nos envolve, trazendo-nos paz e tranquilidade.

Pinturas - No Campo - Arte Chinesa





"Eu gosto de delicadeza. Seja nos gestos, nas palavras, nas ações, no jeito de olhar, no dia-a-dia e até no que não é dito com palavras, mas fica no ar..."
Manuel Bandeira





"A lei suprema da arte é a representação do belo."
Leonardo da Vinci





"As cores na pintura são como chamarizes que seduzem os olhos, como a beleza dos versos na poesia."
Nicolas Poussin





"A beleza ideal está na simplicidade calma e serena."
Johann Goethe





Fontes: Pinterest


24/05/2021

Poema Garras dos sentidos de Agustina Bessa-Luís




Não quero cantar amores,
Amores são passos perdidos,
São frios raios solares,
Verdes garras dos sentidos.

São cavalos corredores
Com asas de ferro e chumbo,
Caídos nas águas fundas,
não quero cantar amores.

Paraísos proibidos,
Contentamentos injustos,
Feliz adversidade,
Amores são passos perdidos.

São demências dos olhares,
Alegre festa de pranto,
São furor obediente,
São frios raios solares.

Dá má sorte defendidos
Os homens de bom juízo
Têm nas mãos prodigiosas
Verdes garras dos sentidos.

Não quero cantar amores
Nem falar dos seus motivos.


Agustina Bessa-Luís



21/05/2021

A beleza deslumbrante das Rosas




Em luzes de palco apresento hoje como Estrelas do dia as:


Rosas





Famosas pela sua beleza e perfume, as rosas simbolizam o amor, a união, o romantismo, a paixão, a alma, a pureza, a beleza, a sensualidade e o renascimento. O desabrochar do botão da rosa simboliza o segredo e o mistério da vida. Consoante a sua cor elas têm diversos significados, assim, quando formos oferecer rosas, podemos escolher a sua cor, em função da mensagem que queremos transmitir.





Rosa Branca  : a pureza, perdão, inocência e paz – São muitos utilizadas pelas noivas e em cerimónias religiosas.




Rosa cor Rosa : ternura, admiração e delicadeza - A cor certa para oferecer às mães ou a pessoas jovens.






Rosa Champanhe ou rosas Chá : representam a admiração, simpatia, elegância e gratidão - por serem discretas e clássicas são ideais para oferecer em comemorações ou aniversários de pessoas idosas ou outras pessoas com as quais não se tenha grande intimidade.




Rosa Laranja : alegria, romance e energia - São as rosas certas para oferecer a alguém especial que se queira conquistar o seu coração, ou a uma pessoa que está a recuperar de uma doença.




Rosa Vermelha : são a representação máxima do amor, paixão e desejo – As rosas ideias para oferecer à pessoa amada.





Rosa Amarela : rosa da amizade, lealdade e sucesso - Uma escolha ideal para um/a amigo/a especial.




Rosa Violeta ou Lavanda : elegância e mistério - Rosas certas a oferecer para comemorar o amor à primeira vista.




"Foi o tempo que perdi com a minha rosa que a fez tão importante. " Antoine de Saint-Exupéry


Topo