terça-feira, 27 de outubro de 2009

Um Momento com DEUS




Lembramos sempre de DEUS e a ele Recorremos sempre que estamos com problemas pedindo que nos ajude, mas quando tudo corre bem no dia a dia, esquecemos por vezes de parar um pouco para, simplesmente agradecer mais um DIA que nos foi concedido.





"Deus lhe deu um presente de 86.400 segundos hoje. Você usou um para dizer obrigado?" (William Arthur Ward)


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Tulipas uma flor com charme


Tulipa uma flor elegante e colorida



As Tulipas Tiveram a sua origem na Ásia Central. Mas também é possível achar tulipas na Rússia, China e França. É a espécie de flor mais difundida na Holanda. A sua altura ronda entre os 30 e os 60 cm, dependendo da variedade.



Existem cerca de cem espécies, as tulipas têm folhas que podem ser oblongas, ovais ou lanceoladas (em forma de lança). Do centro da folhagem surge uma haste erecta, encimada por uma ou várias flores em forma de taça, que nasce do vértice do bolbo. As flores, singelas (com um máximo de seis pétalas) ou dobradas (com várias camadas de pétalas), são de cores e formas são bem variadas.


As tulipas mais apropriadas para serem cultivadas em interior são as que florescem no Inverno. Normalmente, dividem-se em dois grupos: as túlipas singelas temporãs e as túlipas dobradas temporãs.


Espécies aconselháveis
Singelas temporãs - incluem as seguintes variedades; T.'Bellona'(amarelo-dourado); T. 'Brilliant Star' (escarlate); T.'Couleur Cardinal' (vermelho-alaranjado); T.'Diana' (branco); T.'Pink Beauty' (rosa-escuro manchado de branso); e T.'Van der Neer' (roxo-escuro).



Dobradas temporãs - incluem as seguintes variedades: T.'Electra' (cor-de-rosa-carmim, com pétalas marginadas de cor-de-rosa mais claro); T.'Madame Testout' (cor-de-rosa forte); T.'Marechal Niel' (amarelo com manchas cor de laranja; T.'Peach Blossom' (cor-de-rosa); T.'Scarlet Cardinal' ( escarlate) e T.'Schoonoord' (branco).



Apesar de não ser uma espécie exigente, o solo solto e moído é mais favorável porque é rico em matéria orgânica. Suportam bem o frio, até porque precisam de passar um período de baixas temperaturas no Inverno para conseguir florescer com qualidade. Em climas de Inverno quente, muitas variedades de tulipas podem ter problemas, pois porque com altas temperaturas elas produzem uma floração rápida mas pequena.




Plantação: Plantar os bolbos no Outono em solo bem drenado, solto, fértil e arejado. Devem-se evitar solos pesados e pouco permeáveis. Plantar os bolbos das tulipas com o ápice para cima a cerca de 10cm de profundidade e a 15-20cm uns dos outros. Apertar bem a terra em redor para evitar bolsas de ar de modo a evitar futuras podridões.



Luz: Sol ou Semi-sombra.

Rega:regar abundantemente mas sem encharcar o solo.



Adubação: Adubar o solo com adubo orgânico a uma profundidade de 30cm ou aplicar adubo granulado de libertação lenta, antes da plantação. Contudo pode-se optar por adubar com adubo 14-7-26 a partir do aparecimento da primeira folha ou a cada 30 dias.

Floração: Primavera.



Se adquirir um vaso de tulipas, dê preferência aos que ainda estejam com as flores em botão, permitindo-lhe usufruir da beleza da flor por mais tempo. O vaso deverá ser conservado em um local fresco e com luminosidade, evitando-se os ventos e o sol forte.

Fontes e Fotos: “Mundodeflores”, “Wikipedia”, "PlantasdeInterior”, “JardimdeFlores”, "JardimCentro", outros net.



"Se fosse possível observar claramente o milagre de uma única flor, toda a nossa vida se transformaria." (Buda)

terça-feira, 20 de outubro de 2009

ITÁLIA


Viajar sem sair de casa
Por vezes não é possível viajar, as razões podem ser várias, falta de dinheiro, de saúde, idade avançada, enfim podem existir diferentes factores e motivos. No entanto, isso não deve ser impeditivo de conhecer novos locais e costumes, podemos viajar sem sair da nossa cadeira, vendo fotografias que nos transportam, se assim a nossa predisposição quiser, a lugares longínquos.
Para todos os que gostam de viajar, nem que seja através da imaginação, vou passar a colocar no meu blog fotos e informações, que nos vão permitir conhecer um pouco mais outras terras e culturas.

Hoje vamos viajar até … ITÁLIA.

Boa viagem!


Foto: www.worldcelebrationblog.com


A Itália (cujo nome oficial é República Italiana) é uma península do sul da Europa. A maior parte da Itália está localizada na Península Itálica, no continente europeu onde dois enclaves independentes estão localizados: a República de San Marino e o Vaticano. É constituída também por várias ilhas, sendo as maiores a Sicília e a Sardenha.

Foto: Pessoal


Limita-se a sul com o Mar Mediterrâneo (incluindo o Canal de Malta que separa a Sicília de Malta), com o Mar Tirreno e com o Mar da Ligúria (ambos separando o território peninsular das ilhas da Sicília e Sardenha e da ilha francesa da Córsega). Finalmente, a Itália limita-se ao oeste com a França.


Foto: Pessoais


A sua moeda é o euro. O clima varia de região para região, havendo diferenças notáveis nas temperaturas, sobretudo durante o inverno.

A capital
é Roma. Está localizada na região do Lazio (Lácio). É uma cidade moderna, cosmopolita e, ao mesmo tempo, soube conservar o seu grande legado histórico, sendo conhecida internacionalmente como A Cidade Eterna.


Foto: Pessoal

A Itália é um país altamente urbanizado, sendo as maiores cidades do país Roma, Milão e Nápoles.
O relevo italiano é bastante acidentado, com os Apeninos formando o esqueleto central da península. O ponto mais alto do Itália é o Mont Blanc, com seus 4,810 metros, sendo também de referir o vulcão Etna na Sicília, que é o mais alto vulcão da Europa e um dos mais altos do mundo, atingindo aproximadamente 3.340 metros de altura. O Etna é um vulcão activo situado na parte oriental da Sicília, entre as províncias de Messina e Catânia.


Foto: Pessoal


Cultura
A Itália é um dos maiores e mais importantes centros da cultura ocidental, a sua influência está presente na arquitectura, pintura, escultura, música ou literatura. A contribuição italiana para a arte e cultura surge das obras de Michelangelo, Leonardo da Vinci, Botticelli, Caravaggio e Rafael, entre outros. Além da pintura, escultura e arquitectura, as contribuições da Itália para a literatura, ciência e música são indiscutíveis.



Roma
Ao passear pelas ruas da cidade, redescobre-se a gloriosa história de Roma: o impressionante Coliseu de Roma, as suas magníficas piazze (praças). Ao mesmo tempo, oferece aos seus visitantes as vantagens de uma cidade contemporânea, com uma animada vida social e uma cultura fascinante.

No interior da cidade encontra-se o estado da Cidade do Vaticano (ou Santa Sé), sede da Igreja Católica Apostólica Romana e residência do Papa, que também é bispo de Roma.

É uma das cidades com maior importância na História mundial, sendo um dos símbolos da civilização europeia. Conserva inúmeras ruínas e monumentos na parte antiga da cidade, especialmente da época do Império Romano, e do Renascimento, o movimento cultural que nasceu na Itália.



Foto: Pessoal

PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS:
Museus do Vaticano e Capela Sistina, Basílica de São Pedro, Museu Nacional de Villa Giulia, The Pantheon, Fórum Romano, Palatino e Museu Palatino, Coliseu, Fontana di Trevi.



Milão
A cidade mais cosmopolita de Itália. Chamam-na a capital da moda, famosa pelos seus grandes desfiles, as suas lojas de estilistas e os seus modelos. Milão honra o seu nome e a sua fama.
Representa a Itália moderna, industrial, chique.

A cidade tem um rico património cultural e possui uma culinária riquíssima em pratos variados (é o lar de inúmeros pratos famosos, como o bolo de Natal e Panetone).

Milão é também conhecida por conter vários museus importantes, universidades, academias, palácios, igrejas e bibliotecas (tais como a Academia de Brera e o Castello Sforzesco)


PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS:
Os lugares principais para visitar são la Piazza Duomo com a sua famosa Igreja (1386), Santa María Delle Grazie (1463) onde se encontra a famosa pintura de Leonardo Da Vinci “A Última Ceia”, teatro La Scala , um dos mais famosos da Europa, Galleria Vittorio Emanuele II, Museo Poldi-Pezzoli, Museo Nazionale della Scienza e della Tecnica Leonardo da Vinci, o castelo Sforzesco (1358-1368).





Nápoles
A romântica Nápoles, duas horas ao sul de Roma, é a maior cidade do sul da Itália.

A cidade tem alguns dos melhores teatros e óperas do mundo e muitas vezes é referida como "museu a céu aberto", devido a seus vários monumentos e estátuas históricas.

Tem origem na antiga cidade grega de Neapolis. Nesta cidade, nasceram os papas: Bonifácio V, Urbano VI, Bonifácio IX, Paulo IV, Inocêncio XII.

O seu centro histórico foi declarado património mundial pela UNESCO.


PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS:
Museu Arqueológico Nacional, onde se encontram os achados de Pompeia e Herculano, destruídas pelo Monte Vesúvio em 79 d.C. As ruínas de Pompeia, são bastante espalhadas e são necessárias umas três horas para ver o essencial. Não deixar de incluir no roteiro a Casa do Fauno, a Casa dos Vetii, as Termas do Fórum, os Teatros e a Villa dos Mistérios.



Veneza
Veneza é património artístico de toda a Humanidade pela particularidade da sua localização geográfica e pelos seus bonitos monumentos, testemunhos da enorme riqueza da República Veneziana, sobretudo nos séculos XVII e XVIII.

A cidade símbolo do romantismo continua a mesma desde a idade média.A Piazza de San Marco, é o coração e alma de Veneza, esta praça abriga uma das cerimónias mais bonitas da cidade, por isso vale a pena acordar bem cedo para assistir à cerimónia de hastear da bandeira de Veneza, executada pelas tropas de Carabinieri em seus trajes típicos.

Canais cortados por pontes em arco, gôndolas deslizando em silêncio pelas águas, palácios medievais formam um conjunto sem igual, e transformaram este lugar num sonho.


PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS:
Basílica de São Marcos, Ponte Rialto, Canais de Veneza, Palácio Ducal, Palácio Contarini del Bovolo, Palácio Grassi, Palácio C'adoro, Ponte dos Suspiros, Campo San Polo, Mercado Rialto, Teatro La Fenice, Galeria da Academia.



Florença
O berço da arte e da cultura européia. Florença é a cidade mais rica de monumentos medievais de Italia e de toda a Europa.

Em Florença nasceram ou viveram poetas e escritores como Dante, Petrarca e Boccaccio, pintores como Piero della Francesca, Giotto e Beato Angelico, escultores como Miguel Angelo e sobretudo a mente mais genial da história da humanidade: Leonardo da Vinci.

Hoje, Florença conseguiu combinar as características de uma cidade moderna com o respeito pelos monumentos antigos, já que a cidade está rodeada por grandes avenidas exteriores que tornam mais fácil a entrada ao bairro medieval.


PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS:
“La Plaza de la Señoría”, nela podem-se admirar várias esculturas entre elas “El Rapto de las Sabinas”, “El Palazzo Vecchio”, o Palácio de la Señoría edificado em 1294, cujas paredes estão adornadas com frescos de Vasari. “La Galería de los Uffizi”, encontra-se no interior do palácio da família Medici. Data de 1560. Nela pode-se admirar uma extensa colecção de arte italiana e estrangeira entre elas a arte de Leonardo Da Vinci e de Botticelli, “La Basílica de la Santa Cruz”, nela estão as tumbas de famosas personagens tais como, Dante, Machiavelli e Miguel Angelo entre outros.

Foto: Pessoal


A Itália é famosa pela sua arte, cultura e monumentos, entre os quais se encontram a Torre de Pisa o Coliseu de Roma, bem como pela sua comida (pizza, pasta, etc.), vinho, estilo de vida, elegância, design, cinema, teatro, literatura, poesia, artes plásticas, música (especialmente a Ópera), e, de forma geral, por aquilo que é considerado por muita gente "bom gosto".

Fontes e Fotos: “Wikipédia”, “bella Italia”, “Europa Viagem”, “Quiero Itália”, “Itália Tourism”, “Discovery Itália”, Fanpop.com; Treakearth.com; Pessoais, outros.


Foto: Pessoal


Poderá ver este post completo no meu blogue de viagens “Viajar é alargar os nossos Horizontes” em: Itália

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Preservar a Natureza é Fundamental - RECICLAGEM


A Natureza está em perigo, devido à falta de sensibilidade do homem.



 Se queremos preservar o nosso planeta, cabe a cada um de nós, fazer a sua parte no dia-a-dia, agindo e informando sobre a importância de evitar o desperdício de água, energia, combustível, papel, alimentos e outros recursos, além de incentivar a redução do lixo, o reaproveitamento e fazendo uma escolha selectiva e um consumo responsável.


Foto: Net

Falei anteriormente sobre como cada um de nós pode contribuir, para um Planeta mais saudável e ao mesmo tempo poupar dinheiro, apenas sendo necessário uma mudança de comportamentos, que se traduzem em pequenos gestos no dia-a-dia, evitando o desperdício de Água e Energia. Hoje vou falar sobre a importância da



O conceito de reciclar é transformar objectos usados em produtos novos, possibilitando a preservação do meio ambiente e o favorecimento de um desenvolvimento económico.

Foto: Net

Hoje vivemos numa época em que a maioria dos produtos são descartáveis, ou seja, as embalagens ou produtos utilizados têm uma duração de vida muito curta, são de usar e deitar fora. Diariamente, cada um de nós é responsável pela produção de cerca de 1,3 kg de resíduos. No final de um ano são quase 500 kg, somando toda a produção mundial os números tornam-se assustadores. Isto mostra sem sombra de dúvida, que um dos maiores problemas ambientais enfrentados na actualidade é o que fazer com o lixo.



Foto: Net

O lixo contribui para a poluição visual, do ar, do solo e da água. Indirectamente pode atingir o ser humano através de doenças transmitidas por pragas, insectos ou animais cuja cadeia alimenta se faz no lixo.

As preocupações com a qualidade de vida no nosso planeta e a escassez de recursos naturais provocam a consciencialização de melhor aproveitamento dos resíduos sólidos, urbanos e a redução do material depositado nos aterros sanitários.


Foto: Net

CURIOSIDADES
SABE QUAL O TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DE?






Teoricamente todo lixo produzido pode ser reutilizado ou reciclado, somente alguns produtos ficam fora do processo por questões de segurança ou dificuldade de manuseio.

A Reciclagem é um termo originalmente utilizado para indicar o reaproveitamento (ou a reutilização) de um material no mesmo processo em que, por alguma razão foi rejeitado. A reciclagem permite uma diminuição no impacto ambiental, já que limita a a extracção de matéria prima na natureza, permite um menor consumo de energia, menos lixeiras e incineradoras e uma redução da poluição.



CURIOSIDADES DA RECICLAGEM

- A incineração de 10 mil toneladas de resíduos pode criar apenas um emprego, enquanto a reciclagem da mesma quantidade pode proporcionar a ocupação de 40 pessoas.

- A energia poupada pela reciclagem de uma garrafa de vidro é suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 watts durante 4 horas.

- Quando se inclui vidro de embalagens usadas na fusão das matérias-primas que entram no fabrico do vidro poupa-se combustível, pois há menos matéria para fundir.

- Por cada tonelada de vidro usado incluída no fabrico de vidro poupam-se 1,2 toneladas de matérias-primas originais.

- Uma tonelada de papel reciclado evita o abate de 15 a 20 árvores.

- A produção de papel reciclado permite poupar água necessária na produção de papel e diminuir o corte de árvores, contribuindo assim para uma floresta sustentável.

- A produção de papel reciclado consome 2 a 3 vezes menos energia que a produção de papel a partir da fibra vegetal.

- Que uma única pilha contamina o solo por 50 anos?

DICAS DE RECICLAGEM: reduzir, reaproveitar e reciclar



1. Reciclar o vidro. Calcula-se que a reciclagem de 1 tonelada de vidro poupa 65% da energia necessária à produção da mesma quantidade.

2. Ser económico: poupar papel, usando o outro lado para tomar notas ou fazer rascunhos. Um terço do consumo de papel destina-se a embalagens. E alguns têm um período de uso inferior a 30 segundos.

3. Reutilizar o papel de embrulho das prendas.

4. Dar prendas úteis. Procurar descobrir o que os familiares estão precisando ou querendo comprar na ocasião.

5. Preferir consertar a substituir objectos.

6. Regular o carro para poupar combustível. Usar gasolina sem chumbo.

7. Sempre que possível, reduzir o uso do carro. Para pequenas distâncias, ir a pé. Partilhar o carro com outras pessoas e sempre que for possível optar pelos transportes públicos.

8. As fotocopiadoras e as impressoras a laser utilizam cassetes de toner de plástico, que frequentemente têm de ser substituídas. Contactar uma empresa que recicle esse plástico ou que o use novamente.

9. Doar roupas, brinquedos, livros e outros objectos que não tem mais utilidade para nós, mas que podem ser úteis para outra pessoa.

10. Se levar sacos de supermercado para casa, reutilize-os como sacos de lixo, mas use com bastante moderação pois a decomposição leva 100 anos.

11. Antes de sair de casa, fazer uma lista do que é preciso comprar., evitando compras por impulso Comprar somente a quantidade que se vai consumir não enchendo a casa de tralhas.

12. No escritório, usar somente 1 copo de plástico por dia ou trazer uma caneca de casa.

COMO SEPARAR O LIXO



- O primeiro passo é separar as embalagens usadas por tipo de material e prepará-las para a sua colocação em ecopontos ou ecocentros.

- Para evitar mau cheiro em casa, passar por água algumas embalagens.

- Sempre que possível, devem espalmar-se as embalagens para reduzir o espaço.

- É importante retirar as rolhas e as tampas sempre que são feitas de outros materiais, diferentes da embalagem em si.

- Depositar também no ecoponto o saco que se utilizou para transportar as embalagens.


A maior parte dos resíduos que nós produzimos são reaproveitáveis através da reciclagem. Após a separação do lixo doméstico este deve ser depositado nos Ecopontos. Para facilitar a colocação correcta dos materiais nos diferentes contentores do Ecoponto, foi criado um padrão internacional de cores para os resíduos recicláveis.

Os ecopontos podem ser das seguintes cores: amarelo, azul, verde, vermelho, roxo, castanho, cinzento, branco, laranja e preto.


As embalagens de madeira, por se tratarem de embalagens menos frequentes, apenas podem ser depositadas nos ecocentros.




Quando levarmos os resíduos ao Ecoponto, devemos colocar os objectos um a um no respectivo contentor. A separação objecto a objecto facilita as tarefas que se efectuam de posteriormente na Estação de Triagem.

Se for mantida a produção actual de lixo, em poucos anos não haverá mais local onde colocar tanto lixo!

A solução é a reciclagem, porém o primeiro passo é reduzir a quantidade de lixo produzido por cada um de nós, reutilizar tudo o que pudermos e então reciclar.

Fontes: "wikipedia"; "www.deco.proteste.pt"; "abcdoambiente"; pelanatureza.pt";  "planetasustentavel.abril.com.br/";  outros

Reciclar é, mais do que uma atitude de cidadania e um bom hábito, significa também que estamos a proteger o ambiente e a pensar num futuro com qualidade.



Reduzir, Reutilizar e Reciclar deverão ser palavras chave no quotidiano de todos nós!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Medicina Tradicional – Chás

Os poderes curativos dos chás


Lembro-me quando era criança e ia passar férias a casa dos meus Avós no Alentejo, que era habitual ver diferentes tipos de folhas de chás, guardados em potes ou frascos.
A minha avó sabia em que altura do ano, devia de apanhar as plantas que depois secava para fazer chás.
Viviam num local isolado, e eram utilizadas as “mesinhas” caseiras quando surgia alguma doença. Só em casos extremos é que se ia ao médico, o que não era nada fácil, quer pela distância a que estavam da aldeia mais próxima, quer pelo facto de que o médico apenas vinha 1 dia por semana e era quando ele vinha.
No vale, o local mais fresco e onde havia água mesmo de Verão, havia sempre erva-luísa também conhecida por Lúcia-lima, que apanhavam para fazer chá com folhas frescas. Eu adorava o cheirinho e sabor daquele chá.


Os hábitos antigos foram-se perdendo e o conhecimento sobre as propriedades dos chás foi ficando no esquecimento. Hoje bebemos chás porque gostamos, não tendo normalmente em conta os seus efeitos curativos.

Cá em casa todos adoramos beber chá e possuímos uma caixa com diferentes qualidades. Quando temos visitas é quase obrigatório fazer um chá, surgindo por vezes a pergunta para que é bom determinado chá?
Como normalmente não sei, achei que seria interessante e útil relembrar os poderes curativos dos chás. Por isso pesquisei e decidi elaborar dois grupos de chás.
No primeiro grupo estão os chás que tradicionalmente bebemos, pelo prazer de beber.
No segundo grupo, estão os chás mais utilizados pelas suas propriedades curativas.



De forma resumida, alguns chás podem aliviar certos tipos de mal-estar:

Dores de cabeça: Erva cidreira; camomila; alecriam; salva
Calmantes: Tília; Manjerona; Flor-de-laranjeira
Antifadiga: Tomilho; Alecrim
Dores menstruais: Salsa; Açafrão
Ansiedade: Camomila, raíz de Valeriana, Passiflora
Soluços: Hortelã-pimenta
Problemas Hepaticos: Burututu
Pedras nos Rins: Quebra pedra



1º Grupo - A nossa caixa de chás

Camomila
- Auxilia a digestão aliviando cólicas abdominais, náuseas, diarreia. Indicado como calmante para insónia e nervosismo.
Erva Cidreira - Insónia, nervosismo, cólicas, indigestão (adicionar casca de limão).
Erva-Luísa (Lúcia-lima) - digestivo e calmante suave, alivia dores de estômago.
Eucalipto - Trata inflamações das vias respiratórias como tosse, rouquidão, bronquite, asma e alivia estados catarrais.
Laranjeira – calmante, combate a insónia, febres e gripes.
Maçã - Sedativo, digestivo, antidiarreica e também indicada nos casos de colite.
Melissa - Sedativa em distúrbio de origem nervosa, perturbações gástricas como indigestão, enjoos e espasmos. Alivia dores de cabeça.
Menta - Indicado para má digestão, gases e cólicas.
Chá preto - Estimulante nos casos de fadiga. Conhecido por ter antioxidantes, auxiliar na imunidade, e mais recentemente, por ter propriedades que combatem a tensão alta. De acordo com um estudo no Journal of Food Science e publicado pelo Institute of Food Technologists, o chá preto também ajuda a controlar os diabetes.
Tília - Antidepressivo, analgésico, calmante, expectorante e para bronquite, enxaqueca, estômago, dores gástricas, cansaço e esgotamento nervoso.

2º Grupo - Pelo seu poder curativo


Alfazema
- Indicado para insónias, excitação nervosa, alivia nevralgias (dores de cabeça), tosse, asma, bronquite.
Arnica - Analgésica e anti-inflamatória em casos de traumatismos, luxações, entorses, hematomas, distensões musculares e ainda como anticéptica em afecções bucais e furúnculos.
Alecrim – Tem várias finalidades, tratar o colesterol, as dores de dentes ou enxaquecas, as doenças de coração ou mesmo nos casos de celulite.
Barbas de milho - O chá feito com Barbas de milho serve para combater as dores de rins ou da bexiga, o reumatismo ou a hipertensão arterial.
Carqueja - Acção benéfica sobre o fígado e intestino aliviando azia, má digestão, gastrite, prisão de ventre, etc.
Folhas de oliveira - Podem ser utilizadas na preparação de chás para o tratamento de diabetes ou doenças ligadas ao coração.
Hortelã - Atenua azia, gases e cólicas, alivia asma e bronquite.
Jasmim - Tónico, indicado contra sonolência e combate acessos de asma. Excelente diurético.
Malva - Afecções das vias respiratórias como bronquite, tosses catarrais, laringite e nos processos inflamatórios de boca e garganta, através de bochechos e gargarejos. Anticéptico de vias digestivas e urinárias.
Poejo - Anti-inflamatório, acção expectorante no processos respiratórios como tosses catarrais, antiespamódico e ainda depurativo. Indicado para gripe ou tosse.
Salvia - Estimulante estomacal, usado nas atonias digestivas, náuseas, dispepsias, alivia cólicas estomacais, intestinais e menstruais. Indicada nos casos febris com sudorese intensa. Acção anticéptica na higiene bucal e em afecções da pele de origem micótica e feridas.

 
"A saúde é conservada pelo conhecimento e observação do próprio corpo." Cícero

domingo, 4 de outubro de 2009

Signos do Zodíaco - PEIXES


Peixes (20/02 - 20/03)

Enfim, o último signo do Zodíaco, que está situado entre Aquário e Áries, respectivamente e associado a constelação de Pisces.
Para alguns é relacionada com os peixes que levaram Vênus e Cupido para a outra margem do Eufrates, quando a deusa estava sendo perseguida pelo terrível gigante Tífon, que desejava possuí-la. Júpiter (ou Minerva) festejou o acontecimento colocando os peixes no Céu. De acordo com outra lenda,o signo de PEIXES relaciona-se com os golfinhos que levaram Anfitrite até seu futuro esposo Netuno. A princípio ela não queria o casamento, mas foi persuadida a fazê-lo pelos dois golfinhos. Depois de casada e feliz. Anfitrite, a filha do Oceano, colocou os golfinhos entre os astros, transformando-os na constelação de PEIXES. O mês de Fevereiro, época das pescarias e da desova, é regido por este signo.

Símbolo: Dois peixes
Regido pelo planetas: Jupter e Netuno
Elemento : Água (Câncer e Escorpião)
Qualidade: Mutável (Gêmeos, Virgem e Peixes)
Signo oposto: Virgem
Metais: Zinco e platina
Pedras: Opala, água-marinha e jade
Perfume: Algas marinhas
Plantas: Flor de lótus, angélica e todas as plantas aquáticas
Animal: Pinguím, hipopótamo e todos os animais aquáticos
Anatomia: Pés e sistema linfático
Dia da semana: Quinta-feira
Número: 12
Cores: Lilás, azul-ciano e tons claros de verde
Polaridade: Feminino
Pontos positivos: Sensível, receptivo e benevolente
Pontos negativos: Impressionável, impreciso e negligente.

Palavras chaves que definem o Pisciano:
Inspirado , Abnegado , Místico , Negativismo, Fantasias , Indolente.

Peixes e o trabalho
Porque carecem da suficiente segurança para sê-lo. Mas são excelentes secretários, auxiliares ou administrativos.
Também há muitos piscianos que se convertem em excelentes advogados, arquitectos, viajantes, artistas, padres, empregados em organizações sem fins lucrativos (por seu sentido de solidariedade), detectives (por sua imaginação), etc.

Peixes e as relações pessoais
Os piscianos não são egoístas em suas relações pessoais e costumam dar mais do que receber. São pessoas leais e procuram uma união mental e espiritual mais do que uma união sexual. Gostam do sentido de lar e de família.

Peixes e o amor - Relacionamento com os outros signos

COM CARNEIRO (ÁRIES):Se os parceiros souberem lidar com carinho e paciência com o espírito sonhador e romântico de um, unido a ânsia pelo lado prático, directo e objectivo da vida, esta dupla poderá trazer bastante inspiração. Peixes é do Elemento Água, e Áries do Elemento fogo. Muita água (emoção) poderá apagar o fogo (entusiasmo). Ao passo que muito fogo poderá fazer a água ferver rapidamente e evaporar os sentimentos. A competitividade aparece claramente nesse relacionamento. Obedecer a regras pré-estabelecidas exige um esforço enorme dos parceiros.

COM TOURO: Logo de cara ficará bem claro nesta parceria que a sensualidade e o magnetismo pessoal serão muito importantes para bases futuras de um relacionamento sadio. Touro poderá realizar vários dos sonhos piscianos. Peixes por sua vez contribuirá para que seu par taurino enxergue outras possibilidades além do mundo concreto e racional. Amantes do lar, são sensíveis e sensuais, haverá afinidade e complemento entre o sonhador pisciano e o taurino realista.

COM GÉMEOS: O racionalismo geminiano entrará em conflito com o espírito sonhador e romântico de peixes. Eis aqui um a união de aprendizado onde um fornecerá ao outro exactamente aquilo que está faltando a sua natureza. Peixes poderá encontrar dificuldades ante a indiferença aparente de seu par, e Gémeos poderá não suportar tantas “pequenas grandes coisas” que fazem diferença no mundo aquático de Peixes.

COM CARANGUEJO (CÂNCER) : Signos com o mesmo Elemento: Água. Logo, o romantismo, os sonhos e a sensibilidade formarão a aura deste relacionamento. Portanto é mais do que necessário que haja um ponto concreto baseado em propostas de vida que faça com que esta relação assuma compromissos reais e sólidos. Ambos são sonhadores, mas Caranguejo poderá estar mais em contacto com a realidade, chamando o seu par pisciano a enfrentar o lado prático do quotidiano. Complementam-se; sentimentais, espirituais, amantes do lar, sonhadores, acordes no matrimônio, afastados das divagações e das especulações intelectuais, preferem o sonho de um romance novelesco e poético. Convém que aterrizem um pouco.

COM LEÃO: Uma união marcada pela sensibilidade sonhadora de Peixes em contacto directo com a espontaneidade e franqueza impulsiva de Leão. Só isso já é combustível suficiente para movimentar qualquer relacionamento! O importante será o respeito pelas visões um do outro. Leão terá condições mais que suficientes para realizar os sonhos de seu par. O entendimento pode acontecer exactamente pelas diferenças marcantes que existem entre os signos. O passional Leão delimita seu espaço muito mais claramente do que Peixes, que foge dos confrontos.

COM VIRGEM: Signos opostos complementares. Peixes fornecerá a sensibilidade e o sonho ao seu racional e metódico par do signo de Virgem. Este por sua vez trará para o mundo real as aspirações e desejos de seu par. Um fornecerá ao outro o que possui de mais característico e marcante. São signos harmoniosos e têm um entendimento excelente, ainda que as críticas de Virgem firam profundamente o sensível Peixes. Eles não são ambiciosos, mas têm grande habilidade para os negócios. Estes opostos complementares podem amar –se profundamente.

COM BALANÇA (LIBRA): Esta relação poderá possuir fortes conotações de espiritualidade. Ambos são sensíveis e conseguirão rapidamente identificar seus pontos em comum. Peixes encontrará em Balança um referencial real para seus sonhos. Balança identificará no seu par a sensibilidade que tanto procura numa parceria. Cabe aqui o alerta para que os parceiros se responsabilizem pelo relacionamento e não deixe tudo um na mão do outro. Ambos são sensuais e um tanto inertes, o que possivelmente produza dificuldades económicas, que poderão afectar mais a Balança do que Peixes. Este deve acabar com o defeito do pessimismo.

COM ESCORPIÃO: Dois signos do Elemento Água. Aqui teremos uma química imediata entre as duas personalidades: o sonho unido ao mistério. Os dois buscam profundidade emocional. Mas, com tanta emoção e sensibilidade juntas, todo cuidado é pouco! Cabe aqui a busca da espiritualização do relacionamento afim de que os parceiros possam transcender suas diferenças. Entendem-se sem palavras. A personalidade forte de Escorpião impõe-se quase que naturalmente em relação ao flexível Peixes. O lado visionário de Peixes é equilibrado pelo realismo de Escorpião.

COM SAGITÁRIO: Sagitário poderá transformar a vida de seu par pisciano num turbilhão de novas experiências. Por sua vez, Peixes fornecerá a emoção necessária para que seu par sagitariano possa sonhar. Mas como os Elementos são Fogo e Água, é necessário ter cuidado para que o interesse de um pelo outro seja sempre fortalecido sem dominações ou jogos de interesse. Ambos têm dificuldades em colocar limites. Também são flexíveis, inquietos e idealistas. Lidam mal com a rotina. Não há competição entre eles, mas precisam de estimulação constante para que o interesse seja mantido.

COM CAPRICÓRNIO: Complementam-se no bom e no mau, o sério capricornio trará segurança ao sensitivo peixe, e este dará encanto à união. Um consegue ver exactamente onde deseja chegar. O outro está a procura de suas próprias definições. Quando o racional Capricórnio encontra o sonho e o romantismo de Peixes os dois poderão lucrar com a troca de experiências, desde que um respeite as visões do outro. Peixes trará até seu par a espiritualização e o mundo não visível. Capricórnio fornecerá a estabilidade do mundo concreto e real ao seu par. Paciência, carinho e dedicação serão fundamentais para que esta parceria siga em frente e produza bons frutos.

COM AQUÁRIO: Peixes necessita urgentemente aterrar um pouco e tornar-se mais realista. Aquário deve compreender a incoerência de Peixes. Aquário aprenderá com Peixes a importância dos sonhos e da sensibilidade emocional. Peixes por sua vez encontrará no seu par de Aquário horizontes largos o suficiente para a manifestação de seus desejos mais íntimos. Aquário é racional e Peixes intensamente emocional. Mas ambos têm uma postura parecida em relação às pessoas. São prestativos e compreensivos e gostam de companhia constantemente.

COM PEIXES: Um relacionamento onde o difícil será colocar os “pés no chão”! Os dois vivem num universo muito particular, onde a sensibilidade, a emoção e o sonho são extremamente poderosos. Aqui teremos o encontro da espiritualidade com o senso artístico e criativo, da imaginação com a busca de referenciais externos. Se esta dupla conseguir visualizar o lado prático e real da vida, formarão uma parceria quase que mágica, onde um perceberá rapidamente o que o outro está sentindo e desejando. Não precisam falar para se entender, adivinham o que o outro sente, o que pensa e o que quer. A intensidade sexual é trocada por uma sintonia espantosa que vai muito além do corpo.

Personalidades de Peixes
Hebe Camargo
Elis Regina
Sharon Stone
Jon Bon Jovi
Rudolf Nureyev
Bruce Willis
Sidney Poitier
Victor Hugo
Albert Einstein

Signos do Zodíaco - AQUÁRIO

Aquário (22/01 - 19/02)

É situado depois de Capricórnio e antes de Peixes, o décimo primeiro signo zodiacal associa-se a constelação de Aquarius. Na mitologia, esta constelação é dedicada a GANIMEDES, filho de Tros, rei de Tróia, cuja beleza e inteligência eram surpreendentes. Júpiter, maravilhado, levou-o para o Olimpo a fim de servir o néctar aos deusas, nos seus banquetes, substituindo nessas funções a divina Hebe, filha de Juno com Júpiter. Diz a lenda que certo dia Hebe levou um tombo no exercício de suas funções e, envergonhada diante do riso dos deuses, deixou-se substituir por Ganimedes. Juno, sua mãe, enciumada e revoltada contra Júpiter, foi tomada de ira e ódio aos troianos. Ganimedes é sempre apresentado como um belo jovem bebendo de um jarro a ambrosia ou o néctar dos deuses. AQUÁRIO rege o mês de Janeiro, época das chuvas.

Símbolo: O aguadouro
Regido pelos planetas: Saturno e Úrano
Elemento : Ar (Gémeos e Aquário)
Qualidade: Fixo (Touro, Leão e Escorpião)
Signo oposto: Leão
Metais: Urânio e rádio
Pedras: Aquamarine e ametista
Perfumes: Violeta e coral
Plantas: Musgo, líquem e orquídea
Animais: Gaivota, gavião e andorinha
Anatomia: circulação sanguínea
Dia da semana: Sábado
Número: 11
Cores: Azul-cobalto, verde-lima, púrpura e tons fluorescentes
Polaridade: Masculino
Pontos positivos: Equilibrado, belo e diplomático
Pontos negativos: Indeciso, ambicioso e persuasivo

Palavras chaves que definem o Aquariano:
Humanitário , Intuitivo, Impulsivo , Excêntrico, Extravagante

Aquário e o trabalho
O aquariano consegue seus melhores frutos trabalhado em grupo, desde que seja o líder. O aquariano tem um sentido de unidade com a natureza e um desejo pelo conhecimento e pelo saber que lhe pode levar a ser um excelentes cientista, astrónomo ou historiador. Também tem facilidade para trabalhar em qualquer campo técnico. Os aquarianos costumam ser bons escritores, professores, assistentes sociais e psicólogos. Também são bons músicos.

Aquário e as relações pessoais
O problema dos aquarianos quanto às relações pessoais é quando tendem a fugir ante um problema. Sentem uma grande preocupação pelo bem da humanidade e não compreendem as posturas contrárias às causas que tanto perseguem. Apesar de ter certos segredos, os aquarianos não compreendem uma falta de integridade ou promessas quebradas. Faz parte de seu lado negativo sentir-se magoado por uma traição ou ficar em silêncio até explodir em um momento de raiva. Não obstante, é um dos signos do zodíaco mais receptivos a escutar outras verdades e a aprender dos demais.

Aquário e o amor - Relacionamento com os outros signos

COM CARNEIRO (ÁRIES): Os aquarianos gostam da energia esfuziante de Carneiro, da capacidade de decidir com rapidez e do eterno optimismo. Mas se stressam diante do excesso de metas que os arianos estabelecem para si próprios. O marciano Áries, fogoso, empreendedor e independente, pelo seu individualismo terá dificuldades em se unir a um Aquário tão fraterno e altruísta. Carneiro quer monopolizá-lo, e o aguadeiro lhe escapa como água entre as mãos. Carneiro precisa desintegrar o defeito do monopolismo e da manipulação.

COM TOURO: Aquário não gosta do ritmo lento que os taurinos imprimem aos acontecimentos. Mas admiram a sensualidade e o carácter pratico de Touro. O possessivo e sentimental Touro desejará ter sempre o seu companheiro no mesmo "curral" que ele; porém, para o aquariano, agrada-lhe mais correr pelos campos livres e não suporta o seu encerramento. São dois pontos de vista sobre a vida diametralmente opostos. Poderá ser uma união difícil.

COM GÉMEOS: A inteligência, a comunicação fluente, a mobilidade e a alegria de Gémeos são vistas como fascinantes pelos aquarianos, mas o " falar antes e pensar depois" de Gémeos esbarra no comportamento lógico de Aquário. Complementam-se, porém serão sempre uma dupla de hábitos um tanto particulares, dados a excentricidades e rupturas do convencionalismo; vão tornar-se felizes com as contínuas mudanças e desfrutes variados da vida.

COM CARANGUEJO (CÂNCER) : A intensidade emocional de Caranguejo e as suas constantes mudanças de humor ganham nota mínima. Estranham-se no modo de encarar os relacionamentos. Necessitam esforçar-se para conseguir dar e receber; Aquário poderá aplacar-se um pouco e ser mais estável, aprumado. Caranguejo precisa aprender a ser altruísta e a polir o seu exagerado sentimentalismo, tanto quanto Aquário deve ter tato para não machucar a acentuada susceptibilidade do canceriano.

COM LEÃO: São opostos complementares na Roda Zodiacal.Leão valoriza e preza o potencial pessoal. Aquário dilui seus objectivos entre as pessoas e os grupos sociais. Um diz com frequência “eu”. O outro “nós”. Este é um relacionamento movido pelo fascínio de personalidades distintas, que no fundo acabam por se completar. Um terá muito o que aprender com o outro, e se houver respeito e carinho, esta relação poderá crescer e ganhar muita força. Porém, Leão necessita acabar com o “eu” mandão e tirano; achará, assim, apoio e impulso para os seus projetos. Além disso, farão um bom complemento físico, mental e sexual.

COM VIRGEM: Dois signos que prezam o intelecto, a inteligência e a cultura. Deste ligação poderá nascer um senso de companheirismo muito forte baseado nas experiências um do outro.Aquário fornecerá as visões de ordem social e humanitária. Virgem cuidará para que seu par não esqueça do lado prático da vida sendo o seu esteio. Os parceiros deverão tomar o cuidado de não interferir directamente nas visões um do outro. A preocupação constante de Virgem com os detalhes e sua visão prática demais incomoda os aquarianos, idealistas. O respeito pelo espaço e as experiências de vida de cada um é fundamental.

COM BALANÇA (LIBRA): Dois signos e um mesmo Elemento: o Ar. Aqui teremos uma parceria de envolvimento e troca mental. A intelectualização da relação poderá esfriar um pouco as coisas, mesmo por que a sensibilidade de Libra é bem diferente de seu par Aquário. Este acha muito importante compartilhar o que sente com os outros. Balança por sua vez pedirá uma certa exclusividade. Sociáveis, carinhosos, generosos, necessitam cultivar o Centro Intelectual.

COM ESCORPIÃO: O difícil para Escorpião será entender a necessidade de liberdade emocional de seu par de Aquário. Por sua vez, Aquário poderá fornecer insegurança emocional ao seu denso par de Escorpião que pede envolvimento e profundidade no relacionamento. Isso poderá provocar instabilidade e conflitos nesta união. Uma forte atracção pode ser a responsável por uniões sempre significativas entre estes signos, mas a questão do controle (fica com quem?) é sempre um ponto de discórdia.

COM SAGITÁRIO: Um entenderá imediatamente a necessidade de liberdade do outro. Nesta união poderemos encontrar a alegria pela vida e pelo espírito aventureiro e dinâmico. Aquário aprenderá a compartilhar das filosofias de vida de seu par e fornecerá novas visões sobre a humanidade. Por sua vez, Sagitário tornará a vida de seu par uma fonte de surpresas e desafios movimentando o relacionamento. Compartilham do seu espírito aventureiro, pelas variações e pelas viagens. Sagitário deve moderar a sua demasiada extroversão.

COM CAPRICÓRNIO: Capricórnio poderá aprender com o “jogo de cintura” aquariano formas de enxergar novas possibilidades criativas para sua vida. Aquário encontrará uma resposta intelectual aos seus anseios, estabilizando suas emoções. Temos aqui uma dupla que poderá produzir bons frutos, desde que um perceba as necessidades do outro com carinho e respeito. Um é expansivo e dinâmico. O outro retraído e realista. São muito desiguais nos seus gostos e aspirações. Poderá ser uma união difícil.

COM AQUÁRIO: Esta dupla será muito mais companheira do que amante. Aqui o importante é a profunda amizade que um sente pelo outro, tornando esta parceria uma relação de troca de experiências intelectuais e de visões sobre a humanidade e seus caminhos. O dinamismo, a criatividade e a espontaneidade estarão presentes no quotidiano desta dupla. A ousadia de buscar novas alternativas de vida será a marca registada desta parceria. O intempestivo Urano pode causar sérias divergências se ambos se deixarem levar pelo nervosismo nas dificuldades, ou então, ambos incorrerão ao mesmo tempo em alterações de ânimo. Será muito importante o respeito pelo espaço um do outro, pois ambos são independentes.

COM PEIXES: Aquário aprenderá com Peixes a importância dos sonhos e da sensibilidade emocional. Peixes por sua vez encontrará no seu par de Aquário horizontes largos o suficiente para a manifestação de seus desejos mais íntimos. Os objectivos dos aquarianos podem até não ser muito diferentes dos de Peixes, mas a maneira de alcançá-los difere consideravelmente.


Personalidades de Aquário
Tom Jobim
Regina Duarte
Djavan
Martinho da Vila
John Travolta
Carolina Ferraz
Betty Friedman
Galileu Galilei
Lindbergh
Lewis Carrol
Thomas Edson
Charles Darwin

Signos do Zodíaco - CAPRICÓRNIO


Capricórnio (22/12 - 20/01)

É posicionado como o décimo do círculo zodiacal. Situa-se posteriormente a Sagitário e anteriormente a Aquário e é associado a constelação de Capricornus. Há duas lendas relacionadas com CAPRICÓRNIO (capri = cabra, córnio = chifre), a décima constelação do Zodíaco.A primeira lenda traz como figura simbólica do signo a cabra marinha Almatéia, que alimentou Júpiter quando pequeno, salvando-lhe a vida. Saturno, pai de Júpiter, tinha prometido ao seu irmão Titã que não deixaria herdeiros para que o trono celeste lhe pertencesse após sua morte. Para cumprir o pacto, Saturno devorava todos os filhos, à medida que iam nascendo,mas quando Júpiter nasceu sua mãe Réia conseguiu colocar uma pedra enfaixada no lugar da criança e enganar o esposo. Deste modo conseguiu salvar o pequeno deus e entregou-o às ninfas Adratéia e Ida, que o alimentaram com mel e o leite da cabra Almatéia. Quando Júpiter arrebatou de seu pai o poder celeste, colocou a cabra no Céu e transformou-a na constelação de CAPRICÓRNIO, em reconhecimento. Deu às duas ninfas um dos seus chifres, que tinha o poder de se encher de tudo o que o seu dono desejasse. É a Cornucópia ou o chifre da Abundância (lat. cornu=chifre e copia= abundância, grande quantidade). Outra lenda associa o signo de CAPRICÓRNIO a PAN, metade homem, metade cabra, dançarino, músico, caçador e soldado, inventor da flauta, conhecedor da arte de curar e da ciência de predizer o futuro. Por tudo isso era o deus dos pastores, dos rebanhos, das florestas, da natureza selvagem. Entretanto, às vezes era rude, barulhento, libertino, fazendo parte do cortejo de Baco, deus do vinho. Gostava de seduzir as ninfas e conseguia que elas se apaixonassem por ele, apesar da sua grnade feiúra. A palavra "pânico" é derivada do seu nome, indicando a sensação de susto que se tinha ao vê-lo. O signo de CAPRICÓRNIO governa o mês de Dezembro.

Símbolo: Uma cabra
Regido pelo planeta: Saturno
Elemento : Terra ou Solo (Touro e Virgem)
Qualidade: Cardinal (Áries, Câncer e Libra)
Signo oposto: Câncer
Metal: Chumbo
Pedras: Olho de tigre e ônix
Perfumes: Terra molhada, lotús e jasmim
Plantas: Amor-perfeito, hera, cravo e papoila
Animal: Tartaruga e cabra
Anatomia: Ossos, dentes e pele
Dia da semana: Sábado
Número: 10
Cores: Preto, marrom, ocre e verde-musgo
Polaridade: Feminino
Pontos positivos: Prudente, decidido e disciplinado
Pontos negativos: Convencional, honesto e pessimista

Palavras chaves que definem o Capricorniano:
Ambicioso, Prudente , Persistente, Equilibrado, Pessimista.

Capricórnio e o trabalho
Os capricornianos são bons gestores. São honestos e respeitam (ou exigem) a disciplina. São teimosos e capazes de antepor a família e o trabalho sobre seus próprios desejos ou necessidades. São grandes organizadores e costumam ter algum tipo de ambição económica (dada sua capacidade para perseguir um objectivo, muitas vezes a realizam).
Os capricornianos costumam possuir profissões relacionadas à economia. Economistas, contabilistas, gestores, empregados do sector imobiliário, políticos. São excelentes docentes, administradores, cientistas, agricultores e construtores.

Capricórnio e as relações pessoais
Às vezes o capricorniano demora para sentir-se feliz com suas relações pessoais. Podem tender a serem reservados com desconhecidos. É mais provável que um capricorniano tenha poucos bons amigos (com quem tenha uma lealdade absoluta) que muitos companheiros. Às vezes têm dificuldade em relacionar-se com o sexo oposto, mas quando se apaixonam costumam ser fiéis e um pouco ciumentos.

Capricornio e o amor - Relacionamento com os outros signos

COM CARNEIRO (ÁRIES): Carneiro necessita de liberdade e não suporta as cobranças e o perfeccionismo de Capricórnio. Também não suporta o facto deste ter respostas para tudo. Disputam a liderança na relação. Ddifícil dupla, pois um é demasiado móvel, o outro um tanto inerte; para o ariano, Capricórnio não tem "coração no peito", é frio e calculista. Para o Capricornio, o carneiro será inconstante, indisciplinado e imaturo. Se ambos se dedicarem a acabar com seus mútuos defeitos, poderão entender-se.

COM TOURO: Ambos visam relacionamentos duradouros, não são impulsivos e nem românticos. Mas são confiáveis e oferecem segurança um ao outro. Previsíveis, lidam com a rotina de forma absolutamente natural. Uma boa união, se unirem as várias qualidades; ambos amam o conforto e as várias coisas boas da vida. Touro dará o encanto de Vênus, sua sensualidade e senso artístico. Ambos amam a fidelidade e a estabilidade de um bom lar.

COM GÉMEOS: O lado infantil, descontraído e comunicativo de Gémeos deixa Capricórnio em estado de alerta. A leveza de um contrasta com o excesso de preocupações do outro. Aqui deverá existir muita compreensão de ambos os lados, caso haja um real interesse em manter um relacionamento sadio. Capricórnio poderá não aceitar a jovialidade expansiva e curiosa de seu par. Por sua vez, Gémeos poderá achar um tédio a maturidade cheia de regras e princípios que seu par oferece ao relacionamento. Uum relacionamento de adaptação onde um aprenderá com o outro a desenvolver seus próprios potenciais.

COM CARANGUEJO (CÂNCER) : Este é um relacionamento de forças opostas: a sensibilidade, a emotividade e o espírito sonhador em confronto com a lógica, a razão e a introspecção. Como todos os opostos zodiacais, o eixo Caranguejo / Capricórnio poderá provocar tanto o fascínio quanto a repulsa imediata. Um fornece exactamente o que o outro não possui em suas filosofias de vida. Valores e necessidades parecidos garantem uma estrutura sólida para qualquer relacionamento.

COM LEÃO: A alegria, a espontaneidade e o brilho naturais de Leão contrastam com o retraimento de Capricórnio. O facto dos capricornianos colocarem os deveres e responsabilidades antes de qualquer coisa assusta os leoninos. Em assuntos de amor e paixão, esta dupla poderá encontrar algumas dificuldades, onde o diálogo será fundamental para a estabilidade do relacionamento. Um é racional e pragmático. O outro ardoroso e demonstrativo. Um é espontâneo e o outro controla as suas emoções. Poderá ser uma união difícil.

COM VIRGEM: Esta relação ganha um tom de praticidade. Críticos e detalhistas, não fantasiam nada: uma coisa é ou não é. Um impulsionará a carreira do outro. Haverá muita admiração e respeito pelas conquistas pessoais. Possuirão uma visão prática e racional do quotidiano, o que poderá fortalecer o relacionamento. Ambos deverão incentivar os momentos de lazer e descanso, e não basear a relação única e exclusivamente no trabalho. Um cuida do outro. Um protege o outro. Um incentiva o outro.

COM BALANÇA (LIBRA): Há um excesso de formalismo nesta parceria. Ambos tentam manter as emoções à distância. O romantismo de Balança entra em conflito com a visão prática que Capricórnio tem da vida. Um possui a visão prática e racional do quotidiano. O outro percebe a leveza e a sensibilidade dos pequenos momentos de um relacionamento. Capricórnio procura estabilidade. Balança também! A diferença está na forma com que cada um persegue este objectivo. Capricórnio fornecerá o porto seguro aos sonhos de Balança, e este por sua vez integrará o seu par no lado social da vida.

COM ESCORPIÃO: Há muito em comum entre os dois e por isso a harmonia na relação naturalmente se estabelece. A sensualidade de Escorpião é explícita e o jeito cauteloso e desconfiado é de ambos. Escorpião é um signo que necessita de profundidade e envolvimento emocional. Capricórnio racionaliza suas emoções e busca compreender a vida de uma forma linear e segura. A exigência emocional de Escorpião poderá ser forte demais para a compreensão pragmática e o forte senso moral de Capricórnio. O diálogo e o entendimento serão fundamentais.

COM SAGITÁRIO: Os desafios são muitos por conta do excesso de diferenças, mas elas podem ser administradas sem muito desgaste. Ambos preocupam-se em saber o que o outro quer. Um é expansivo e não possui limites para seus sonhos e desejos. O outro é introvertido e possui uma visão realista de seus planos e projectos de vida. O união entre estes dois parceiros deverá estar baseado no respeito mútuo, pois possuem pontos de vista diferentes um do outro.
Sagitário poderá oferecer o optimismo e a ousadia ao seu par capricorniano, e este por sua vez a estabilidade e segurança necessária para que Sagitário encontre o senso de finalidade em seu dia a dia. O entendimento e a compreensão serão importantes.

COM CAPRICÓRNIO: Ambos apostam em relacionamentos duradouros, mas a ausência de romantismo e aventura tornará a relação sem fantasia e emoção. Deverá existir estímulo ao lado emocional e sensível da vida, já que o senso racional é muito marcante entre estes parceiros. O quotidiano será muito importante e a rotina do dia a dia não será um problema tão grave assim.

COM AQUÁRIO: Muitas características aquarianas entram em sintonia perfeita com as de Capricórnio, ainda que um critique veementemente o outro. Como não cedem facilmente, o melhor é que tenham espaços definidos desde o início da relação. Capricórnio poderá aprender com o “jogo de cintura” aquariano formas de enxergar novas possibilidades criativas para sua vida. Aquário encontrará uma resposta intelectual aos seus anseios, estabilizando suas emoções. Um é expansivo e dinâmico. O outro retraído e realista. Terão muitas coisas a aprender um com o outro. No mínimo, poderão descobrir juntos novos caminhos.

COM PEIXES: A troca é interessante. Capricórnio dá os alicerces que Peixes precisa e recebe em troca um pouco do idealismo e do despojamento do pisciano. Um consegue ver exactamente onde deseja chegar. O outro está a procura de suas próprias definições. Quando o racional Capricórnio encontra o sonho e o romantismo de Peixes os dois poderão lucrar com a troca de experiências, desde que um respeite as visões do outro. Peixes trará até seu par a espiritualização e o mundo não visível. Capricórnio fornecerá a estabilidade do mundo concreto e real ao seu par. Paciência, carinho e dedicação serão fundamentais para que esta parceria siga em frente e produza bons frutos.

Personalidades de Capricórnio
Jô Soares
Rita Lee
Cláudia Raia
Renato Aragão
Michael Schumaccher
Mel Gibson
Elvis Presley
Richard Nixon
Faye Dunaway
Benjamim Franklin
Pasteur
Topo