sábado, 25 de julho de 2009

GAUDI

Antonio Gaudí
Nasceu no dia 25 de Junho de 1852, provavelmente na casa identificada com o número 4 da rua de San Vicente, da cidade de Reus, província de Tarragona.
O seu pai, Francisco Gaudí Serra, de Riudoms, era um artesão, natural de Calderera, batedor de cobre, e sua mãe, Antonia Cornet Bertran, de Reus, era também de uma família original de Calderera. Deram a Gaudí os nomes de Antón, Plácido e Guillermo, em homenagem à sua mãe, ao seu padrinho e ao santo do dia, respectivamente.

Em 1869, com grande sacrifício, Francisco Gaudí enviou a Barcelona seus filhos Francisco e Antonio para estudarem medicina, o primeiro, e arquitectura, o segundo. Francisco, que nasceu em 1851, graduou-se em 1873, mas faleceu três anos mais tarde.

Em 4 de Janeiro de 1878 foi aprovado nos exames finais e em 15 de Março recebia o título de arquitecto. Gaudí, oriundo da revolucionária cidade de Reus, conheceu pessoas, que agora seriam consideradas como progressistas, e se interessou pelos problemas da classe operária.

Depois de diversos projectos menores, recebeu a encomenda de projectar uma vitrina para a loja de luvas de Esteban Comella. A vitrina, de bronze, madeira e vidro foi exposta no pavilhão espanhol da Exposição Universal de Paris, de 1878. A obra fascinou a Don Eusebio Güell Bacigalupi, o rico e culto homem de negócios que se fez apresentar ao jovem arquitecto com o qual iniciou uma relação profissional e de amizade que durou quarenta anos, até a morte de Güell, em 1918.

Parque Güell
A produção arquitectónica de Gaudí é, em grande parte, dedicada a Güell, em sua villa de Les Corts, seu palácio, sua colónia operária e seu parque, trabalhos que fez simultaneamente com a Sagrada Família, sua obra-prima.

Sua vida sentimental não foi mais que um início de relacionamento com Pepita Moreu, de Mataró. Morou durante quase 20 anos na casa do Park Güell, e nunca fez nada que não fosse arquitectura. Quase não viajou e nunca participou de política. Era reservado, mas bondoso, e aqueles que conviveram com ele guardaram uma emocionada lembrança.
O último ano de sua vida transcorreu na Sagrada Família, e em 7 de Junho de 1926, foi atropelado por um eléctrico, tendo falecido a 10 de Junho de 1926. Foi enterrado na capela da Virgen del Carmen, na cripta da Sagrada Família.
Sua imensa obra arquitectónica, original e surpreendente, continua fascinando o mundo muitos anos após sua morte.


“Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes,a arte de viver” Bertold Brecht

quarta-feira, 8 de julho de 2009

FERIAS – Reservar apartamento, Planear, Divertir

Conselhos para aproveitar ao máximo as suas férias desde o início.



Comecei o meu blog por falar em stress , e como uma das formas de o combatermos era tirar uns dias de férias.
A palavra férias
, é mágica para todos nós (até o meu filho com 8 anos quando fala de férias fica radiante), são dias para passar com a família ou com os amigos, esquecermos por algum tempo os problemas, deixar de lado a rotina e descontrair ao máximo, fazendo até um pouquinho mais de exercício físico. Esta pausa no nosso dia a dia, faz-nos bem tanto à nossa saúde física como mental.

Para aproveitar ao máximo esses dias tão esperados, é importante, pelo menos para mim, começar a pensar e organizar as férias, com alguma antecedência. Deixo aqui algumas regras que eu sigo e que me ajudam bastante:


- Reserva do apartamento / Hotel

Sempre que possível reserve com antecedência, não deixe a marcação para os últimos dias, assim vai ter tempo suficiente, para escolher o que melhor se adequa ao que pretende, tendo em conta o factor qualidade/Preço que está ao seu alcance. Marcações em cima da hora podem levar a más escolhas, quer em relação ao preço (mais caro), quer à qualidade (os melhores locais já estão reservados).

- Planear/Organizar o que fazer antes de ir e o que levar

Para mim este ponto é fundamental, pois afim de evitar que no dia anterior ao da partida das tão desejadas férias, verifique que me falta comprar algo que é necessário, ou que me esqueci de arranjar uma solução para qualquer assunto, que é muito importante e deve ser resolvido antes de ir, é importante eu ter agendado o que devo fazer. Caso contrário, com tudo o que habitualmente tenho para realizar, de certeza que alguma coisa iria ficar para trás.
Desta maneira, consigo evitar mais
stress do que o habitual e começar de uma forma mais tranquila.

O ideal é um tempito antes, arranjar uma agenda, caderno ou mesmo uma folha de papel e colocar nela 3 colunas.
- O que é necessário fazer antes de partir
Arranjar alguém para tomar conta do nosso animal de estimação ou regar as flores, …
Encontrar uma solução para uma correspondência importante que estamos à espera.
Verificar a segurança da habitação
Etc…
- O que é necessário comprar para levar
- O que se têm de levar
Vá acrescentando em cada coluna tudo o que se lembrar, faça as compras necessárias uns dias antes e sempre que um assunto já esteja resolvido, assinale.
Vai verificar que é muito mais fácil e que estas pequenas tarefas que vamos fazendo calmamente, vão ser um prazer, pois já estamos a pensar nas nossas férias.


Começar as férias sem stress, é logo um passo para que tudo vá correr de uma forma calma e tranquila e assim aproveitar com o MÁXIMO DE ALEGRIA esses dias tão preciosos.





"A alegria evita mil males e prolonga a vida" William Shakespeare