sábado, 7 de outubro de 2017

PANDAS em MACAU




Na nossa visita a Macau fomos visitar como já anteriormente falei o Parque Seac Pai Van em Coloane, onde a sua principal atrações são os seus dois bebés:






Jian Jian e Kang Kang, trepam para os troncos, andam pela vegetação e brincam.






Os panda-gigantes são mamíferos, têm manchas negras à volta dos olhos, membros, orelhas e uma faixa que atravessa os ombros. É capaz de escalar e usar como refúgio árvores ocas ou fendas de rochas, mas não estabelece tocas permanentes. Por esta razão, os pandas não hibernam preferindo deslocar-se para regiões e altitudes com temperaturas mais quentes.







Estão confinados ao centro-sul da China. Habitam as florestas temperadas montanhosas com densos bambuzais, principalmente do gênero Sinarundinaria, entre altitudes de 1 200 a 4 100 metros de altitude. Em 2016 exitiam cerca de 2200 pandas, dos quais 400 em cativeiro, incluindo em jardins zoológicos.







Apesar de pertencerem à ordem dos Carnívoros e terem um sistema digestivo e genético de carnívoro, os pandas possuem hábitos herbívoros, alimentando-se quase que exclusivamente das folhas de bambus. O panda gigante consome, em média, de 9 a 14kg de bambu por dia. Em cativeiro a sua dieta consiste em bambu, cana-de-açúcar, mingau de arroz, biscoitos especiais ricos em fibras, cenoura, maçã e batata-doce.




A baixa taxa de natalidade, a alta taxa de mortalidade infantil e a destruição de seu ambiente natural colocam o panda sob ameaça de extinção. Em 2016 o panda-gigante foi reclassificado na lista vermelha da IUCN como uma espécie vulnerável e não mais ameaçada por causa do aumento da população e dos esforços de conservação.




Fotos: Pessoais
Texto explicativo: Wikipedia


12 comentários:

  1. Amo pandas,querida amiga Maria.São umas gracinhas e você deu uma aula sobre eles.

    Obrigada pela visita e volte muitas vezes,

    Adorei seu comentário.

    Beijos sabor carinho e uma noite de sexta_feira e fim de semana de bênçãos e paz

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  2. Que ternura de fofura querida amiga ,amei ,desejo-lhe um sábado muito abençoado ,muitos beijinhos felicidades

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelas informações sobre os pandas.
    Uma bela reportagem fotográfica!
    Isto é que foi uma viagem bem aproveitada!
    Bom fim de semana.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  4. Acabei de ver uma reportagem fascinante sobre eles ... Bj

    ResponderEliminar
  5. Maravilhosas imagens. Eles são tão fofinhos :) Amei

    Beijo, e um óptimo sábado!

    ResponderEliminar
  6. Maria
    Nada sabia sobre os pandas gigantes, ou não, pela ter passado e tentado me aperceber mais, deste carnivoro, transformado em herbiero.
    beijos

    ResponderEliminar
  7. São tão amorosos! O facto de estarem em vias de extinção é mesmo muito triste...

    ResponderEliminar
  8. Tão lindos, tão fofos, só apetece agarrar... adoro esses bichaninhos, as fotos são uma ternura!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo