17/08/2022

7 Pequena Canção - Poema de Cecília Meireles





Pássaro da lua,
que queres cantar,
nessa terra tua,
sem flor e sem mar?

Nem osso de ouvido
Pela terra tua.
Teu canto é perdido,
pássaro da lua...

Pássaro da lua,
por que estás aqui?
Nem a canção tua
precisa de ti!


Cecília Meireles
In: Vaga Música




Ler o post completo

13/08/2022

29 Olhares de Julho da Praia da Rocha




Porque nunca me canso de tirar fotografias, aqui fica o mesmo local mas novos olhares.

Olhares de Julho da Praia da Rocha






A colorida e linda Marina de Portimão




Olha nós!



Apreciando a noite



Olhares de praia



Ida a Portimão e almoço em Ferragudo



Natureza - Aves, flores e borboletas






A imponência das rochas e a extraordinária vista panorâmica.





Como diz o velho ditado "recordar é viver", por isso agora vou recordando através das fotos, até lá poder voltar novamente.


Ler o post completo

12/08/2022

13 Um livro - Pensamento de Khalil Gibran





Um livro é como uma janela. Quem não o lê, é como alguém que ficou distante da janela e só pode ver uma pequena parte da paisagem.



Khalil Gibran





Ler o post completo

10/08/2022

14 As belas pinturas do artista Dae Chun Kim




Para encontrar a paz interior é preciso colorir o olhar e deixar a alma divagar.

Hoje vamos abrir as janelas da Net e deixar entrar a magia da arte.

As belas e vibrantes pinturas do artista Dae Chun Kim




O artista Dae Chun Kim nasceu em 1964 em Pusan, Coréia. Formou-se na Universidade Hong-Ik, com graduação em artes plásticas. Enquanto frequentava a faculdade em 1974, ganhou um prémio numa competição de arte que foi organizada pela "Jogye Order of Korean Buddhism" no Palácio DukSu. Esse evento impulsionou a sua motivação para se tornar artista.



Em 1975, Dae Chun Kim tornou-se reconhecido como um brilhante artista na Coréia quando a sua coleção, "A vida de Sakyamuni" foi publicada no jornal Budista. Como estudante, o amor de Dae Chun Kim pela arte cresceu enquanto estudava as técnicas de muitos estilos impressionistas de todo o mundo.





Após a sua formatura na faculdade em 1976, recebeu o terceiro lugar na Exposição de Arte Gusang e a grande honra do primeiro lugar da Exposição de Arte Budista na Galeria de Arte Hyundai em Seul. Como muitos outros grandes artistas, viajou em busca de inspiração e do tema perfeito. Esteve nos Estados Unidos, México, Japão, Inglaterra, Itália e França. O amor de Dae Chun Kim pelas paisagens é mostrado vividamente através de sua arte.




Desenvolveu o seu estilo de pintura próprio para expressar o seu grande amor pela paisagem europeia, especialmente o Mar Mediterrâneo e os jardins ingleses. Pinta paisagens realistas através de estilos impressionistas com uma combinação de pinceladas fortes. Kim não se limita apenas às paisagens, o seu foco vai também para os edifícios antigos, ricos em flores com o Mar Mediterrâneo ao fundo. Gosta especialmente de pintar as vielas das ruas em "Colmar" e "Aix Provence" na França.




As pinturas de Dae Chun Kim são popularizadas pela sua escolha de cores deliciosas e vibrantes, que trazem à tona as sensações de paz nas suas paisagens e sensações acolhedoras e calorosas nas suas cenas de ruas francesas e italianas. Ao longo da sua carreira acumulou inúmeros elogios e prémios. O seu trabalho foi exibido em inúmeras exposições, incluindo Hyundai Art Gallery na Coréia, Gallery Birmingham em Londres, Mokwoo Artist Festival, Gusang Art Festival, Didimdol Artist Association, exposição no Seoul Art Center, Fine Art Pavilion at Atlanta Decor Expo, e Internacional Arteexpo Nova York.






Ler o post completo
Topo