terça-feira, 30 de outubro de 2018

Travessia Báltico - de Estocolmo para Tallinn




Da minha viagem pelos Países Bálticos e Rússia já mostrei a nossa primeira paragem que foi Estocolmo. Dali seguimos de ferry atravessando o Mar Báltico até Tallinn, a capital da Estónia.




Não sendo um cruzeiro, é um barco bem grande que leva viaturas e passageiros. Lá dentro tinha restaurantes, lojas, bares, salas de jogos, enfim tudo para tornar a viagem bem animada e agradável. A recepção foi logo bem divertida como podem ver pelas caras dos simpáticos empregados.




Dormimos a bordo e chegámos de manhã ao nosso destino. Nunca tinha feito uma viagem de ferry, gostei imenso da experiência.






No percurso e antes de anoitecer, fomos apreciando a paisagem que é espectacular.






De manhã chegamos ao Porto de Tallinn.




Próximo post: Passeando por Tallin


Ame como a chuva fina ...





"Ame como a chuva fina. Esta cai em silencio, quase sem fazer notar, mas é capaz de transbordar rios."


Paulo Coelho

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

A Miragem no Caminho




Perdeu-se em nada,
caminhou sozinho,
a perseguir um grande sonho louco.


(E a felicidade
era aquele pouco
que desprezou ao longo do caminho).



Helena Kolody
In: Poemas do Amor Impossível






sábado, 27 de outubro de 2018

JANELAS de ESTOCOLMO




Adoro fotografar janelas.

Hoje deixo algumas das lindas JANELAS que observei em Estocolmo












quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Do amor nada mais resta que um Outubro - Natália Correia





De amor nada mais resta que um Outubro
e quanto mais amada mais desisto:
quanto mais tu me despes mais me cubro
e quanto mais me escondo mais me avisto.

E sei que mais te enleio e te deslumbro
porque se mais me ofusco mais existo.
Por dentro me ilumino, sol oculto,
por fora te ajoelho, corpo místico.

Não me acordes. Estou morta na quermesse
dos teus beijos. Etérea, a minha espécie
nem teus zelos amantes a demovem.

Mas quanto mais em nuvem me desfaço
mais de terra e de fogo é o abraço
com que na carne queres reter-me jovem.


Natália Correia, in “Poesia Completa”

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Close-up - Animais do Jardim Zoológico de Lisboa




CLOSE-UP - Animais do Jardim Zoológico de Lisboa















Fotos da minha visita ao Jardim zoológico de Lisboa

 

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Férias na Malásia




Como muitos amigos sabem, a minha filha vive com a família em Macau e sempre que podem viajam para conhecer outros países ali por "perto".

Em Agosto foram dar mais uma voltinha, mas só agora consegui arranjar um tempinho para fazer a minha modesta reportagem sobre a sua viagem.

O destino escolhido foi a:

Malásia





Começaram o seu passeio por  Kuala Lumpur, a capital e a maior cidade da Malásia.




Foram visitar as famosas Batu Caves

Situadas a Norte de Kuala Lumpur, em Gombak, Selangor, são um conjunto de cavernas no interior de uma grande colina de calcário, que albergam um complexo de centenários templos hindus, dedicados a vários deuses.

Logo na entrada encontra-se o gigantesco Deus Murugan, uma estátua de 43 metros de altura e o maior símbolo das Batu Caves.




Para além de apreciar tudo com muita atenção a Leonor observava também os macacos que por ali andavam e eram muitos. A regra a seguir era  não lhes darem comida e prestarem atenção aos seus objectos pessoais, pois os macacos por vezes tentam roubá-los pensando que é algo que se coma.





A outra visita que fizeram foi às Torres Patronas.




As Petronas Twin Towers ou Torres Petronas são dois arranha-céus projetados pelo arquiteto Cesar Pell. Têm 88 andares, foram configuradas por estrutura de aço e vedação em vidro e ficaram concluídas em 1998.




De Kuala lumpur seguiram para Redang Island, uma ilha no distrito de Kuala Nerus, Terengganu, famosa pelas suas águas cristalinas e areia branca.




Um destino espectacular para descansar.





Pormenor  ... Um banhinho com vista panorâmica




Aproveitando ao máximo a belíssima praia.








De Redang Island regressaram novamente a Kuala Lumpur, onde ficaram mais uma noite e depois foi o regresso a casa.




Fotos: Diana, Leonor e Fábio

Topo