segunda-feira, 13 de novembro de 2017

O vento e a canção





Só o vento é que sabe versejar:
Tem um verso a fluir que é como um rio de ar.

E onde a qualquer momento podes embarcar:
O que ele está cantando é sempre o teu cantar.

Seu grito é o grito que querias dar,
É ele a dança que ias tu dançar.

E, se acaso quisesses te matar,
Te ensinava cantigas de esquecer

Te ensinava cantigas de embalar...
E só um segredo ele vem te dizer:

- é que o vôo do poema não pode parar.



Mário Quintana


24 comentários:

  1. Uma outra trova do vento que passa.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  2. é que o vôo do poema não pode parar... E AINDA BEM QUE ALGUÉM o não deixa parar de ser lido! bj

    ResponderEliminar
  3. Sempre belos, os versos de Quintana!!!
    Boa semana, amiga, beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  4. E não pode mesmo.
    O voo do poema não pode parar!
    Grande Mário Quintana!!!

    abraço
    Lola

    ResponderEliminar
  5. Maravilhosa escolha. Obrigada pela partilha.

    Beijinhos e um excelente semana

    ResponderEliminar
  6. E que não pare de girar a poesia! Belíssimo poema que Mário Quintana tanto versa. Beijos!

    ResponderEliminar
  7. Gosto muito da poesia de Mário Quintana. É musical e muito bela.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. Que lindo poema. Doce inspiração do Mário Quintana. Amei ler. Bjs querida Amo vc e Deus ainda mais

    ResponderEliminar
  9. Belíssimo poema de Mário Quintana. De fato, a poesia, o versejar, a aura poética não pode parar, deve estar sempre a girar e a encantar o viver.
    Beijos no coração!

    ResponderEliminar
  10. El viento como la canción en ocasiones es triste y otras alegres yo prefiero las ultimas a las primeras

    Saludos.

    ResponderEliminar
  11. Olá amiga! Uma bela escolha! Uma linda poesia do Mário Quintana. Ele é o máximo, sou fã. grata pela visita, abraços com desejos de uma semana de muita paz.

    ResponderEliminar
  12. Excelente escolha o poema é lindo!
    Boa semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. ¡Hola María!!!

    Muy buenas noches: has hecho una buena elección y, eso solo lo hace quien tiene buen gusta para la poesía.
    Es un poema exquisito un precioso canto al agua que corre y danza río a bajo para entregarse al mar sin condiciones.

    Ha sido un inmenso place pasar por esta tu casa, gracias.
    Te dejo mi gratitud por tu huella en mi espacio, con mi abrazo y estima.

    Se muy -muy feliz.

    ResponderEliminar
  14. Oi Maria,
    Poema lindo do quintana! eu não conhecia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Maria, obrigada pelo momento de leitura perfeito.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Liberdade... não pode parar!!!
    Que lindo, não conhecia!

    Obrigada pelo carinho com os Anjos.

    Abraços esmagadores e feliz dia.

    ResponderEliminar
  18. Adoro Mário Quintana e este poema é lindo. O vento sopra de várias maneiras, com rajadas fortes, como se estivesse furioso, ora em brisas suaves parecendo acarinhar-nos e, depende de nós a maneira como o sentimos; cada um o ouve e o percebe a seu modo. Obrigada, Maria, por nos teres trazido este grande senhor. Beijinhos
    Emilia

    ResponderEliminar
  19. Oi Maria querida, bt!
    Parabéns pela escolha desse poema lindo do maravilhoso Mário Quintana!
    Bjssss amiga

    ResponderEliminar
  20. Mário Quintana, sempre necessário, Maria
    Bonita escolha e grande abraço , de retorno aos blog's.

    ResponderEliminar
  21. Ola Maria gosto bastante da poesia de Mario Quintana, ótima escolha.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
  22. Um poema lindíssimo, no qual as palavras fluem de uma forma encantadora!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo