quarta-feira, 23 de junho de 2010

O Barco - Poema de Sophia de Mello Breyner Andresen


Margens inertes
abrem os seus braços
Um grande barco no silêncio parte.
Altas gaivotas nos ângulos a pique,
Recém-nascidas à luz, perfeita a morte.
Um grande
barco parte abandonando
As colunas de um cais ausente e branco.
E o seu rosto busca-se emergindo
Do corpo sem cabeça da cidade.
Um grande
barco desligado parte
Esculpindo de frente o vento norte.
Perfeito azul do mar, perfeita a morte
Formas claras e nítidas de espanto.

Sophia de Mello Breyner Andresen





"O que faz andar o barco não é a vela enfunada, mas o vento que não se vê." (Platão)

14 comentários:

  1. A poesia de Sophia de Melo é sempre maravilhosa.

    ResponderEliminar
  2. Bella poesía la que compartes, amiga...
    Es llamativo ese mar de sensaciones que brindan las barcas quietas, dormidas...

    Un abrazo. Otoño

    ResponderEliminar
  3. Belo poema...belíssima imagem...
    Tenha um dia maravilhoso amiga!
    Beijos
    Valéria

    ResponderEliminar
  4. Maravilhosa poesia e imagem,Gostei do pensamento de Platão!beijos,chica

    ResponderEliminar
  5. Maria,como me encanto nesse seu blog!Tudo lindo demais!Perfeita poesia e a imagem enche os olhos!Aplausos!Bjs,

    ResponderEliminar
  6. Como gosto dos poemas de Sophia! E quanta beleza tem nas palavras que dedica ao mar sua inspiração.
    Agradeço a visita ao blog,como estive ausente não andei por aqui,mas é tão bom visitar os amigos.
    Beijinho e boa noite de S. Joaõ se for o caso.

    ResponderEliminar
  7. Olá Maria!
    Linda postagem...Com um belo poema de Sophia Melo Breyner... Parabéns pela escolha!!!

    Beijinhos de carinho e amizade,
    Lourenço

    ResponderEliminar
  8. Que lindo esse poema da Sophia!

    Vim te convidar a visitar São João no meu blog "Guardados e Achados".
    Bjs.

    ResponderEliminar
  9. Queria partir num barco desses envolto em belas palavras...
    um abraço
    tulipa

    ResponderEliminar
  10. OI MARIA, TUDO É MUITO LINDO, O MAR O BARCO E A POESIA.VIR AO SEU BLOG É ENCONTRAR,BELEZA E ARTE. UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

    ResponderEliminar
  11. Cheguei aqui pelo blog da Marilu (do Brasil) e amei! Parabéns, seu blog é lindo! Essa frase de Platão veio a calhar para mim hoje. Um grande abraço! (Ficarei muito feliz com sau visita também, noi Fenixando)

    ResponderEliminar
  12. Maria,
    que belo!poesia perfeita,
    Boas energias,
    Mari

    ResponderEliminar
  13. Tem selinho aqui prá todos os meus amigos.
    Venha buscar os seus.....Carinho meus! M@ria

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.