quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Lírio Rocho - Poema de António Gedeão





Lírio Rocho

Viajei por toda a Terra
desde o norte até ao sul;
em toda a parte do mundo
vi mar verde e céu azul.

Em toda a parte vi flores
romperem do pó do chão,
universais, como as dores
do mundo, que em toda a parte se dão.

Vi sempre estrelas serenas
e as ondas morrendo em espuma.
Todo o Sol um Sol apenas,
E a Lua sempre só uma.

Diferente de quando existe
Só a dor que me reparte.
Enquanto em mim morro triste,
Nasço alegre em toda a parte.

António Gedeão


15 comentários:

  1. Que lindeza de poema minha querida, adoreiii...
    Ótimo dia amiga, beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  2. Doce e lindo poema, querida Maria. Beijo no coração!

    ResponderEliminar
  3. "Meu lírio roxo do campo, que nasce na Primavera..."

    Obrigada pela flor, que é belissima, e por Gedeão.

    Um abraço grande

    ResponderEliminar
  4. que linda essa flor nossa amei. so passei para desejar um otimo dia. bjinhus até mais

    ResponderEliminar
  5. Maria querida
    Gosto imenso deste poema!
    Obrigado por este momento.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  6. Maria amiga
    Que belo poema aqui nos revela, não conhecia! OBRIGADO!
    Beijinho
    Quicas

    ResponderEliminar
  7. Adorei o seu poema...
    É tão bom receber uma flor!
    Principalmente uma flor campestre, este lírio roxo... bem bonito.

    ResponderEliminar
  8. Olá amiga Maria.Para começar adoro este poeta do povo,o lírio está lindo parece natural.
    Um beijinho de amizade.

    ResponderEliminar
  9. Fiquei sem fôlego ao ver a imagem!! que lindo lírio!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Que poema mais lindo minha querida,
    gratidão pela partilha!
    Um carinhoso abraço.

    ResponderEliminar
  11. Linda foto!Muito bem "casada" com o poema de Gedeão!Aprecio muito este poeta, assim como aprecio o trabalho de divulgação da poesia portuguesa. Obrigada, Maria.

    ResponderEliminar
  12. Olá Amiga:
    Amei este verso, e a flor.
    mil beijinhos,
    Léah

    ResponderEliminar
  13. As flores alegram o mundo...
    Beijo Lisette

    ResponderEliminar
  14. QUERIDA MARIA, PAZ PARA TODOS, LINDO TANTO A POESIA E O LIRIO , EU ADORO FLORES E ELE ESTÁ PERFEITO , OBRIGADA AMIGA POR COMPARTILHAR TANTA BELEZA. UM ABRAÇO DE MUITO CARINHO. CELINA

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo