sábado, 13 de janeiro de 2018

Vento que passas - Poema Miguel Torga





Vento que passas



Vento que passas, leva-me contigo.
Sou poeira também, folha de outono.
Rês tresmalhada que não quer abrigo
No calor do redil de nenhum dono.
Leva-me, e livre deixa-me cair
No deserto de todas as lembranças,
Onde eu possa dormir
Como no limbo dormem as crianças.



Miguel Torga


 

19 comentários:

  1. Amo poemas. Estava há poucos instantes relendo alguns que escrevi há um tempinho...

    Tenho uma sugestão para o seu blog, espero que não se incomode. Seus conteúdos são muito bons. Notei que a barra lateral direita é muito extensa, que tal se você acrescentasse ao seu layout uma barra lateral esquerda? Assim o final da sua página chegaria mais rápido e a visualização também seria melhor...

    Gostei daqui, já estou te seguindo. Depois me diz o que achou da sugestão. Beijos.

    http://juliamodelodemodelo.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Maria , obrigada por partilhar o belo poema . Bom final de semana . Beijos

    ResponderEliminar
  3. As obras de Miguel Torga são fenomenais
    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Maria
    Belo poema de Torga, poema que não nega a paternidade de quem, cantou mesmo a terra, sua origem a seu modo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Olá amiga!
    Hoje como estou evitando ficar digitando devido está melhorando da tendinite, para que ela não volte, estou passando para deixar o meu carinho e lhe desejar um fim de semana feliz, com muita saúde e paz.
    Deixo também esse pensamento que que uma amiga me enviou e nos leva a reflexão.
    “Semeei flores... colherá o perfume. Semeei o carinho... colherá a amizade. Semeei sorrisos... colherá a alegria. Semeei a verdade... colherá a confiança. Semeei a vida... colherá milagres. Semeei a fé... colherá a certeza. Semeei o amor... colherá a felicidade”
    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    ResponderEliminar
  6. Tão lindo. :))

    Do Gil António, que se encontra doente, motivo porque não vos visita. Pedimos a compreensão. Hoje:- Luz no teu quarto ...Tentação do meu olhar
    .
    Bjos
    Bom Sábado.

    ResponderEliminar
  7. Lindo poema, sou completamente apaixonada por esses versos, sabe?
    Deixa nosso modo de pensar de outra maneira e para toda situação que acontece na nossa vida sempre tem um poema maravilhoso para ilustrá-lo!

    Maria, gostei muito do seu cantinho e já estou seguindo o seu blog!
    Quero te acompanhar e ver sempre as poesias que você traz para cá.
    Se puder, visita o meu blog e se gostar segue?
    Eu ficaria super feliz, Beijos!

    caroleseusesmaltes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Belíssimo poema!

    r: É tão boa :)
    Obrigada e igualmente

    ResponderEliminar
  9. Lindo como tudo de Torga.
    Bom fim de semana
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Olá Maria,
    Há muito que não passava por aqui e me perdia nas publicações antigas. Obrigado pela partilha.
    Relativamente a este poema, ele mexe comigo, faz doer sem saber porquê.

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Que lindo poema Maria! Ah..se o vento pudesse levar tantas coisas para mim. Bom fim de semana amiga,beijinhos!

    ResponderEliminar
  12. Belo poema! Linda inspiração!
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. Maravilhoso Miguel Torga ,muitos beijinhos querida amiga.

    ResponderEliminar
  14. Um poema que desvenda o mistério da nossa pequenez e finitude... Belo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  15. Bonito o "Vento que Passas"

    Bom fim de semana Maria.

    Beijinho enorme.

    ResponderEliminar
  16. Uma belíssima escolha ... bj!!!
    ...
    Se gosta de queijo ralado … veja as entradas que preparei:
    ttps://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/01/entradas-de-chuchu-e-queijo-ralado.html
    ...
    E aqui … mais um belo recanto português:
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/01/ponte-medieval-do-marnel.html
    ...
    Que seja uma semana bem HARMONIOSA!!!

    ResponderEliminar
  17. https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
    Olá querida Maria, lindo poema de Miguel Torga amei.
    Bom inicio de excelente semana amiga!
    Um lindo chi-coração.
    Luisa Fernandes

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.