segunda-feira, 19 de julho de 2010

Aí que saudades - A minha Diana Foi para Longe

Hoje a minha Diana partiu para o Brasil. Através de intercâmbio de faculdades ela vai estudar de Agosto a Dezembro, numa faculdade do Rio de Janeiro.


Sei que deveria estar feliz por ela, pois sempre foi o seu sonho ir estudar para outro país, conhecer outras culturas, fazer novos amigos, mas sinceramente o meu coração chora e a minha alma está completamente desolada,  como disse o Pedro "a casa não vai ser a mesma enquanto a mana não estiver". Hoje penso que se calhar não fui uma boa mãe ao deixar ela partir, mas só pensei na sua felicidade, na sua alegria de ir, não sei, talvez eu devesse ter dito NÃO, mas para mim primeiro estão sempre os meus filhos e por isso, mesmo que me doesse muito, eu só queria vê-la feliz e disse que SIM.
O espiríto de uma familia está na união de todos, no carinho, na compreensão, no amor, quando alguém parte, deixa os que ficam mais pobres de tudo, só aumenta apenas um sentimento muito doloroso, a SAUDADE.

Um dia os meus pais disseram-me, "não temos dinheiro para deixar quando partirmos, mas deixamos-te uma ferramenta para poderes construir a tua vida, damos-te a possibilidade de poderes estudar", assim hoje eu faço com a minha Dianinha, tento ajudá-la a conseguir as asas que um dia lhe podem permitir voar no mundo do emprego, um mundo cada vez mais dificil de alcançar.


Quero que saibas que tenho muito orgulho em ti, és responsável, amiga, lutadora, organizada, és uma pessoa muito, muito Especial e eu não poderia ter desejado uma filha melhor.

Minha querida estás longe em distância, mas eu estou sempre ao teu lado, pois tu estás sempre no meu coração, no meu pensamento, na minha alma.  As saudades já apertam no meu peito e me sufocam, mas o que é importante, é que aproveites ao máximo cada momento e que sejas feliz.
Que Deus te acompanhe nesta nova caminhada da tua vida.





"Deus é a plenitude do céu, o amor é a plenitude do homem." (Victor Hugo)

18 comentários:

  1. O que nos deve confortar neste momento mais triste, é o facto de sabermos que estamos a dar um grande contributo para a sua vida futura. Vai ser uma grande experiência e de certeza que há-de crescer com ela. Será difícil para todos, mas à que ter um pensamento positivo e fé que tudo vai correr pelo melhor.
    "Tudo no fim dá certo, se não der certo, é porque não chegou ao fim."
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. É assim que deve ser. Isto é também ser mãe.
    Tudo correrá bem e Dezembro está já aí. É um "pulinho".

    A saudade é incontornável!

    Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  3. Olá! Que bom sua filha ter vindo para minha cidade, tenho certeza que ela vai gostar muito.
    Maria, conte comigo se precisar de alguma coisa, moro no Rio de Janeiro.
    Quem sabe sua filha não está bem perto de mim?
    Não fique triste, o tempo passa rápido.
    Olha, pode ficar envaidecida, seus filhos são lindos viu?
    Grande abraço e uma linda semana.
    Paz no seu coração!

    ResponderEliminar
  4. Maria querida, sempre fica mesmo essa sensação se fizemos bem ou não em deixar um filho estudar longe de nossos olhos...mas será uma bela experiência e logo ela estará de volta...
    Tenho uma amiga aqui do Brasil,que mandou a filha aí em Portugal, também a estudos por seis meses...agora ela voltou...adorou estar por aí...
    O tempo passa depressa amiga...
    Tenha uma ótima semana...
    Beijinhos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  5. Olá Maria!

    Pois é, muitas vezes desejaríamos não ter que ser colocados em semelhante "dilema": o desejo de fazer o que nos parece ser o melhor para os filhos, e, por outro, ficar longe deles como consequência disso mesmo.E não há meio termo, temos mesmo que decidir-nos por um dos dois.
    É a lei da vida; quem ganha asas um dia, mais cedo ou mais tarde, há-de querer voar, e quem fica no "chão" apenas lhe resta esperar que o voo conduza ao destino certo...

    Beijinhos; há-de tudo correr bem - vai ver!
    Vitor

    ResponderEliminar
  6. A minha Pequena também foi seis meses para o Brasil e hoje em Portugal mas sempre longe de nós.
    De quando em vez volta e diz-nos:
    -É tão bom estar aqui e descansar...aqui descanso
    Eles tem asas e aprenderam a voar. Penso que não podemos prendê-los.
    Quando um de nós está em baixo ou doente ela vem a correr, arranja médico e especialista e não nos larga sem que tudo volte ao normal..........
    A maior distância está dentro do nosso coração e essa não permitimos. Sempre com amor...!

    ResponderEliminar
  7. Olá querida amiga Maria! Teus filhos são lindos!!
    Você escreve coisas lindas e profundas e tens teus papaisinhos contigo,amiga você é previlegiada! Parabéns.
    Obrigada por teu comentario tão carinhoso e cheio de carinho,adorei o teu blog!!!já estou te seguindo pois quero visitar-te sempre,venha sempre que quiser me visitar pois será sempre um prazer recebe-la.
    bjosssssss

    ResponderEliminar
  8. Olá Maria!

    Querida amiga tomas-te a decisão certa...Embora nos seja dificil,mas não ficas com um peso de consciência,de lhe teres cortado as pernas,e os meses passam depressa,e hoje com a net,terás noticias dela a cada momento...

    Beijinhos de carinho e amizade,
    Lourenço

    ResponderEliminar
  9. Os filhos são para as mães as âncoras da sua vida ...

    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. Minha querida amiga, já passei por esse problema, milha filha foi estudar em Londres, e a saudade foi muito grande, embora falasse com ela todos os dias no skipe, a preocupação sempre vem. Mas a maior herança que podemos deixar a eles realmente é o estudo. Estou em São Paulo, mas se ela precisar de alguma coisa estou a disposição...Beijocas

    ResponderEliminar
  11. Olá,

    Não pude deixar de escrever... Meu filho mais novo está de férias da Escola, na casa da Nona, aqui mesmo no Brasil e já estou com saudade!
    O amor e as orações nos mantém conectados em todos os instantes.
    Deus nos ama, bem por isso, nos criou livres.
    Minhas Preces

    ResponderEliminar
  12. O coração fica bem pequenino, não?
    Queria que ainda estivesse na sua barriga, em segurança, não é?
    Mas este é o seu papel: lançar sua filha para o alto e para a frente.
    Muita coragem, o tempo passa rápido.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Oi Maria,
    A vida é assim mesmo... mas tenho a certeza que Diana será bem feliz.
    Pode contar comigo, pois moro aqui no Rio. Mande-me um e-mail que eu lhe passo meu telefone, pois no caso de Diana precisar de alguma coisa, terei o maior prazer em ajudar.
    Meu e-mail: estelasiq@yahoo.com.br
    Bjs.
    P.S. Obrigada por seguir meu blog.

    ResponderEliminar
  14. Olá querida amiga

    Fiquei feliz pela sua filha, acho que ela vai amar.
    Também te dou os parabéns porque não é fácil nos separarmos de um filho.
    Moro no Rio de Janeiro e tenho um filho que faz faculdade se precisar estou á disposição.
    Qualquer coisa pode me mandar um e-mail, para falarmos mais.
    Com muito carinho BJS.

    ResponderEliminar
  15. Queridos amigos, obrigado pelo vosso carinho e amizade, neste momento menos bom da minha vida.
    Este ano tem sido um ano dificil para mim, em Fevereiro como alguns amigos sabem fui operada, a minha saúde não tem sido das melhores e agora a Dianinha foi para tão longe o que me está a dilacerar o coração.
    No entanto sei, que é importante sermos positivos e eu estou tentando, se a minha filha estiver feliz por estar a realizar o seu sonho, eu também estarei.
    Para todos os que me tem apoiado, o meu sincero OBRIGADO do fundo do coração.

    “A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” (Ralph Waldo Emerson)

    bjs do tamanho do infinito
    Maria

    ResponderEliminar
  16. O Amor nunca deverá ser responsabilizado por dores,perdas ou danos e tem amplos poderes para neutralizar todas as batalhas, sejam elas emocionais, familiares ou sociais...FELIZ DIA DO AMIGO,
    BOAS ENERGIAS!
    Beijos,
    Mari Amorim
    Brincando Com a Rima

    ResponderEliminar
  17. Querida mãe,

    Sei o quanto te custou que eu fosse estudar para o Brasil mas é uma oportunidade única para realizar os meus sonhos.

    Agradeço-te do fundo do meu coração.

    Adorei ver-vos e falar com voces. Ja estou a morrer de saudades.

    Nao vejo a hora de virem tomar uma agua de coco em Ipanema comigo.

    Beijo enorme para todos. Love you!

    ResponderEliminar
  18. Ai que lindas vocês duas nessas fotinhas. E essa sua Diana é linda mesmo. Fica triste não que o tempo passa rapidinho. E ela vai adorar o Brasil e o Rio é maravilhoso, vai voltar cheia de histórias pra contar. Que proteja sua filhota e console seu coração na saudade.
    Bjokas Maria...

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.