quinta-feira, 24 de maio de 2018

A água da chuva desce a ladeira





A água da chuva desce a ladeira.
É uma água ansiosa.
Faz lagos e rios pequenos, e cheira
A terra a ditosa.

Há muitos que contam a dor e o pranto
De o amor os não qu'rer...
Mas eu, que também não os tenho, o que canto
É outra coisa qualquer.


Fernando Pessoa


17 comentários:

  1. It's a gorgeous painting and again, I like the poem but am not sure what it means. It probably loses something in translation. Of course, I could always learn Portuguese but I think I'm too old at this point to learn much of anything. :)

    ResponderEliminar
  2. This is a poet with whom I am unfamiliar and I not sure that the words come across well in translation.

    ResponderEliminar
  3. Por aqui é mais sol e calor.
    Muito calor!!

    ResponderEliminar
  4. Tu imágen es como de un cuento de hadas <3 Siempre he tenido intención de leer Fernando Pessoa, pero todavía no. Sus obras han traducido en finés. Feliz día.

    ResponderEliminar
  5. Hello dear Maria!
    Such a beautiful poem! Thank you for sharing!
    Wishing you a lovely day and a happy weekend! Hugs!
    Dimi...

    ResponderEliminar
  6. Bonita poesía, ilustrada con una bonita y acertada foto.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  7. Beleza de palavras e imagem!
    =)

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  8. A água desce a ladeira é verdade,
    por não ser um líquido por ai à toa
    por onde ela quer corre em liberdade
    como a escrever fazia Fernando Pessoa!

    Tenha um bom dia de Quinta-feira amiga Maria.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  9. What a romantic image and lovely words.

    ResponderEliminar
  10. mt bonito este poema olha amiga aqui nao para de chuver ehhehe bjs

    ResponderEliminar
  11. Este poema é maravilhoso bem como a imagem!!!bj

    ResponderEliminar
  12. Oi Maria, bt!
    Fernando Pessoa até dispensa comentários né? kkk
    Imagens belíssimas e muito bem escolhidas como sempre. Parabéns amiga!
    Bjsss

    ResponderEliminar
  13. Fernando Pessoa é tudo de bom!
    Gostei desta ilustração, a pontezinha, a chuva.

    ResponderEliminar
  14. Boa Noite, querida amiga Maria!
    Sabedoria de Fernando Pessoa... há tanto que agradecer e nos prendemos ao que não temos... assim li o poema.
    Saúde, paz e amor!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  15. Versos simples e magistrais. Obrigada por eles, Maria!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo