terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Rancho das Flores - Poema de Vinícius de Morais





Entre as prendas com que a natureza
Alegrou este mundo onde há tanta tristeza
A beleza das flores realça em primeiro lugar
É um milagre
De aroma florido
Mais lindo que toda as graças do céu
E até mesmo do mar

Olhem bem para a rosa
Não há mais formosa
É a flor dos amantes
É a rosa-mulher
Que em perfume e nobreza
Vem antes do cravo
E do lírio e da hortênsia
E da dália e do bom crisântemo
E até mesmo do puro e gentil malmequer

E reparem no cravo
O escravo da rosa
Que flor mais cheirosa
De enfeite sutil
E no lírio que causa o delírio da rosa
O martírio da alma da rosa
Que é a flor mais vaidosa e mais prosa
Entre as flores do nosso Brasil

Abram alas pra dália garbosa
Da cor mais vistosa
Do grande jardim da existência das flores
Tão cheio de cores gentis
E também para a hortênsia inocente
A flor mais contente
No azul do seu corpo macio e feliz

Satisfeita da vida
Vem a margarida
Dos que têm paixão
E agora é a vez
Da papoula vermelha
A que dá tanto mel pras abelhas
E alegra este mundo tão triste
Com a cor que é a do meu coração

E agora aqui temos o bom crisântemo
Seu nome cantemos em verso e em prosa
Porém que não tem a beleza da rosa

Que uma rosa não é só uma flor
Uma rosa é uma rosa é uma rosa
É a mulher rescendendo de amor

Vinícius de Moraes

11 comentários:

  1. Vinícius tinha uma delicadeza forte.
    A poesia era ele em detalhes mínimos.
    Está maravilhoso Maria, um belo quadro de sentimentos.
    Uma bela construção para começar bem a manhã.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Poema soberbo! Parabéns pela escolha! Amei

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Una bocanada de aire fresco sale de esa ventana. Un abrazo, Maria!

    ResponderEliminar
  4. Muito lindo, ver a rosa sempre antes de qualquer flor....a rainha das flores, bela sem igual!
    Bom te ler já de manhã!
    Ótimo dia!

    ResponderEliminar
  5. Bem postado, Maria, andamos bem precisados do perfume das flores.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Tão lindo!
    Essa postagem fez bem ao meu coração, Maria.
    Valeu!

    Abração
    Jan

    ResponderEliminar
  7. Maria
    No que respeita à poesia, posso parecer suspeito porque aprecio muito Vinicius de Morais mas acho o prese poema excelente.
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Belo, excelente escolha!

    Beijinho querida Maria.

    ResponderEliminar
  9. Gostei da postagem, além de ótimo compositor era um poeta de primeira.
    Parabéns, beijinhos, Léah

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo