quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Flui a vida como água - Poema de Carlos Drummond de Andrade






Flui a vida como água,
como água se renova.
Se a vida me foge, afago-a
em cada esperança nova.


Carlos Drummond de Andrade

2 comentários:

  1. Uma esperança que se renova a cada amanhecer que Deus nos concede, muitos beijinhos felicidades querida amiga

    ResponderEliminar
  2. Que poema lindo!!!! Encantada!!!
    Beijos carinhosos!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo