sexta-feira, 21 de julho de 2017

Contemplação - Poema de Alvina Nunes Tzovenos





Eis que passa o vento e depois vem a chuva
desenhando arabescos de vales e montanhas
sobre terra molhada de lágrima e suor.

Ela é deusa de chinelos velhos
a pisar conchas doiradas de ilusões
reflexos de sonhos.

E num riso doido ela não cerra suas pálpebras
torna a pingar lentamente como música
cigarra falando baixinho ou
conchas sussurrando mar.

E no seu andar de garça preguiçosa
continua a tilintar em meus ouvidos
num zum-zum de insetos
tão discretos.

E a cair e a cair
desprende seus braços húmidos
como sal de praia
a tocar meus olhos também húmidos.


Alvina Nunes Tzovenos
Palavras ao Tempo




11 comentários:

  1. Lindíssimo poema! Até imaginei-me,andando na praia e apanhando colchas.Bom fim de semana amiga,beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Que bonito poema! Obrigada pela partilha.

    Beijos
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Beleza de poema escolheste,Maria! bjs praianos, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, não conhecia a poeta Alvina Nunes, gostei de ler o seu poema.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  5. Belíssima contemplação, não conhecia a autora, gostei de conhecer.
    Abraços
    PS: Te enviei e-mail.

    ResponderEliminar
  6. Poema místico, de magia e sonho. Muito belo.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  7. Maravilhosa contemplação querida amiga ,muitos beijinhos felicidades

    ResponderEliminar
  8. Maravilhoso poema, passa amor e suavidade, lindo demais!!
    Um bom final de semana!!

    ResponderEliminar
  9. "... num zum-zum de insectos..."
    Um excelente poema.
    Não conhecia nada da autora. Obrigado ela partilha.
    Maria, um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. Um poema belíssimo, de mais uma autora, que desconhecia por completo!...
    Gostei imenso! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.