quinta-feira, 24 de março de 2016

A Palavra - Poema de António Ramos Rosa




Eleva-se entre a espuma, verde e cristalina
e a alegria aviva-se em redonda ressonância.
O seu olhar é um sonho porque é um sopro indivisível
que reconhece e inventa a pluralidade delicada.
Ao longe e ao perto o horizonte treme entre os seus cílios.

Ela encanta-se. Adere, coincide com o ser mesmo
da coisa nomeada. O rosto da terra se renova.
Ela aflui em círculos desagregando, construindo.
Um ouvido desperta no ouvido, uma língua na língua.
Sobre si enrola o anel nupcial do universo.

O gérmen amadurece no seu corpo nascente.
Nas palavras que diz pulsa o desejo do mundo.
Move-se aqui e agora entre contornos vivos.
Ignora, esquece, sabe, vive ao nível do universo.
Na sua simplicidade terrestre há um ardor soberano.


António Ramos Rosa, in "Volante Verde"


12 comentários:

  1. Obrigada pela visita Maria Rodrigues e desejo a você também uma Feliz e Santa Páscoa.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Maria é um lindo poema do Antônio Ramos Rosa, palavras que emociona, Maria tenha uma feliz páscoa, beijos.

    ResponderEliminar
  3. "Na sua simplicidade terrestre há um ardor soberano "...que lindo isto.Feliz Páscoa querida, beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A palavra adensa a poesia num belo poema...até agora desconhecido!
    Boa noite e obrigada pela visita e ainda...Páscoa bem tranquila junto de quem ama

    ResponderEliminar
  5. Um poeta desconhecido,para mim! Poema encantador!
    Ótimo final de semana.
    Beijo,
    da Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Obrigada, Maria!...

    Uma Páscoa Feliz!

    Lídia

    ResponderEliminar
  7. Lindíssimo poema, Maria..parabéns pela maravilhosa postagem, amei!!! Uma Pascoa linda e abençoada prá ti! bjos..

    ResponderEliminar
  8. Sim, a palavra constrói mundos.
    Maria, agradeço sua visita e também desejo-lhe uma
    ótima Páscoa!

    ResponderEliminar
  9. Muito bonito seu poema , Maria . Agradeço a partilha e os votos de feliz Páscoa deixados no meu espaço . Muitas bençãos nesta Páscoa a você e sua família . Beijos

    ResponderEliminar
  10. Que tenha tido uma Santa Páscoa.....
    Bonito poema.....Gosto de Ramos Rosa
    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Que melhor definição de palavra, não é mesmo?...
    Um poema maravilhoso! De um autor que aprecio imenso!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo