domingo, 15 de setembro de 2013

Ciclos em nossas vidas




Sempre é preciso saber quando uma étapa chega ao final. 

Se insistimos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras étapas que precisamos viver.

Encerramos ciclos, fechando portas, terminando capítulos.

Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já acabaram.

Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicação?

Você pode passar muito tempo perguntando porque isso aconteceu. 

Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, subitamente transformadas em pó. 

Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: pais, marido, amigos, filhos, irmãos…

Todos estarão seguindo adiante, e sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco. 
O que passou não voltará. Não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora. Por isso, é tão importante destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar livros que tem.

Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração e desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.

Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos e outras perdemos.

Não espere que resolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor…

Pare de ligar a TV emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda… isso só estará apenas envenenando, e nada mais.

Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos não aceitos, promessas de emprego que não tem data marcada para começar, discussões que sempre são adiadas em nome do MOMENTO IDEAL.

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo… Diga a si mesmo que o que passou jamais voltará.

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa.

Nada é INSUBSTITUÍVEL, um hábito não é uma necessidade!

Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos.

Não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira…

Deixe de ser quem era e transforme em quem é.

Torne-se uma pessoa melhor e assegure-se de que sabe bem quem é você próprio, antes de conhecer alguém e de esperar que essa pessoa veja quem você é.




Texto - SITE: Momento de Reflexão
Fotos: Net


27 comentários:

  1. Oi querida amiga!
    Que post maravilhoso, adorei as fotos!
    Tenha um ótimo final de semana, beijos e fique com Deus!

    ResponderEliminar
  2. Maria querida, bonito texto... Prosseguir é preciso e os ciclos da vida fazem parte da nossa jornada... Avante, com fé, coragem e AMOR...

    Beijinhos... Felicidades p vc e família...

    ResponderEliminar
  3. Oi Maria
    Que linda postagem!
    Estava precisando dessa injeção de ânimo, pois hoje acordei saudosista...
    Uma linda noite
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. bom final de semana
    forte abraço
    elisa

    ResponderEliminar
  5. Amiga Maria!
    Esse texto é muito verdadeiro. Houve uma época na minha vida em que tive que encerrar dois ciclos ao mesmo tempo. Foi difícil mas necessário. E realmente mantemos muitas vezes por hábito.
    Um bom domingo pra você!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Excelente Maria
    Precisamos exercitar o desapego e viver novas etapas,
    Não é tão fácil ,mas uma boa leitura como essa nos faz refletir e reconsiderar alguns sentimentos menores que ficam ali escondidos,
    Obrigada _ tu escolhes bem seus textos e foto_ sempre gosto imenso!
    um abraço de bom domingo

    ResponderEliminar
  7. Querida Maria: Concordo com você não podemos concertar o passado, certo ou errado o importante é saber que fizemos o que nos foi possível naquela situação.
    O passado deve servir-nos como lição e os momentos dolorosos como fortalecimento para nosso espírito.
    Vamos viver o presente e aguardar o que o futuro nos reserva.
    beijos,
    Léah

    ResponderEliminar
  8. Lindas verdades! A vida é feita de ciclos e um aprendizado saber passar por eles...beijos,chica

    ResponderEliminar

  9. Excelente texto, querida Maria, que encerra uma mensagem que é uma lição de vida.

    Bom resto de domingo.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  10. Olá, Maria. Uma linda reflexção! Uma grande verdade... temos sempre que seguir novos ciclos e não é fácil. A vida é uma grande batalha! Belas imagens!Agradeço o carinho lá no meu cantinho. Um ótimo final de tarde e semana! Adorei vc por lá. Há! Está linda na foto. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  11. Oi Maria, belo texto!
    Parabéns pelas sábias palavras...
    Bjssssss querida e uma semana de sucesso e abençoada p/vcs.
    Eu acho que já te seguia, mas na dúvida sigo novamente kkkk

    ResponderEliminar
  12. Texto maravilhoso!
    É dificil dar adeus a algo ou alguem que gostamos muito, mas a vida segue seu curso e nem sempre segue com esse algo ou esse alguem, as vezes ficam para tras, as vezes se adiantam a nossa frente, as vezes caminham em paralelo mas em uma outra estrada...aceitar isso é crescer, é viver!

    ResponderEliminar
  13. Oi amiga
    tudo de bom nesta noite, beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Um belo texto . Para ler e refletir.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  15. OI MARIA!
    UM POST DAQUELES QUE APÓS LER, SE TIVERMOS ASSIMILADO UM PARÁGRAFO SEQUER, ESTAREMOS BEM MELHORES APÓS A LEITURA...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  16. Podemos até passear pelo passado, sem pensar que o retorno seria possível. Dele nos vieram preciosidades em experiências, independente das eventuais dores. Na vida, não se pode parar e é sempre tempo para recomeçar. Bjs.

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde Maria, uma reflexão muito interessante e cheia de ensinamentos. Por mais difícil que sejam as alterações nas nossas vidas ou dos nossos há sempre ilações a tirar! Nada acontece por acaso e novos caminhos, novos jardins estarão à nossa espera. Com fé e confiança tudo se ultrapassa. Um grande beijinho e continuação uma boa semana. Ailime

    ResponderEliminar
  18. Minha querida, outro show de apresentação encontro nesse lindo blog.
    Um abraço caloroso, beijos.

    ResponderEliminar
  19. Amiga, como isso é verdadeiro e sábio.
    Temos uma samba que diz: "Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!"
    Boa Noite!
    Ótima quarta-feira!
    Beijinhos.
    º° ✿✿ ♫° ·.

    ResponderEliminar
  20. Excelente texto ! Realmente é preciso ser capaz de encerrar ciclos e partir para novos ciclos !

    ResponderEliminar
  21. Olá Maria; Belo texto...Espectacular....
    Cada dia que surge, constitui uma nova vida para quem sabe viver.
    ~Horácio

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  22. Olá!
    Me encantei com seu blog!
    A vida é feita de mudanças, recomeços,novos momentos.
    Estou te seguindo se quiser retribuir a gentileza ficarei muito feliz. Gentileza gera gentileza.
    Tenha uma ótima tarde!
    Com carinho

    Blog: Femme Digital

    ResponderEliminar
  23. Amiga,o texto é muito bonito e mesmo para reflectir,gostei muito.
    Para ti amiga,um grande beijinho e obrigada pelo teu comentário.
    Miuíka

    ResponderEliminar
  24. Maria,um texto profundo,maravilhosa msg!É dificil muitas vezes,mas temos que deixar ir para que o vento traga novos ares tb!Bjs,

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo