sexta-feira, 17 de maio de 2013

O jardim encantado de Bruno Torfs





As fotografias registam para a sempre instantes únicos da realidade, uma realidade que nunca mais será certamente a mesma.Hoje vamos divagar pela arte de Bruno Torfs.




Nascido na America do Sul, Bruno Torfs ainda jovem muda-se com os pais para a Europa. Anos mais tarde, já casado e com filhos decidiu viajar e instalar-se na Austrália com a sua familia, para dar vida e forma a um sonho, o de criar um jardim especial, um jardim com esculturas executadas por si.




Em Melbourne encontrou o lugar perfeito, uma pequena aldeia vitoriana em Marysville. As belissimas florestas sub-alpinas dos arredores foram o cenário ideal para o plano de Bruno e, felizmente, a propriedade que ele comprou tinha anexada uma grande parte da floresta tropical. 




Num ambiente de floresta exuberante criou uma colecção de personagens feitas de argila completamente inesquecíveis.





O seu jardim foi aberto ao público após cinco meses de árduo trabalho, tendo começado apenas com 15 esculturas de terracota. 




Também na propriedade foi criada uma galeria que abrigava mais de 200 obras de arte, que incluíam pinturas a óleo, desenhos e outras esculturas mais pequenas. 





As esculturas de terracota encontravam-se disseminadas por todo o lado, fundindo-se na natureza. A exposição de Bruno ia sendo regularmente acrescentada com novas peças de arte. Mais de uma centena de figuras com diferentes formas desde crianças, animais fantásticos, fadas, duendes e outros seres incríveis que pareciam ter saído dos contos de fadas, povoavam o jardim. 





Este artista criou um mundo rico de fantasia e beleza derivado da sua perspicaz imaginação e inspirado pelas suas viagens a algumas intrépidas e remotas regiões do mundo.




Infelizmente, no dia 7 de Fevereiro de 2009 um incêndio florestal abateu-se sobre o seu município, o estado de Vitória na Austrália, o que causou a perda de muitas vidas, tendo as suas esculturas e milhares de casas ficado também reduzidas a pó.





O sonho tinha de começar novamente, com a ajuda de familiares e amigos limpou o terreno, replantou árvores, a natureza foi lentamente regenerando-se e o verde voltou. Conseguiu recuperar algumas das suas obras e com a força da sua perseverança, Bruno abriu novamente o seu jardim em Novembro de 2011, bem como a nova galeria. 




As obras de arte do escultor e pintor de Bruno Torfs continuam a trazer alegria e inspiração a quem se depara com elas. As suas esculturas misturam a técnica da cera com a utilização de material encontrado no próprio bosque como pedras, galhos, troncos caídos ou musgos, integrando-se assim plenamente no ambiente que as rodeia, como se dele fizem-se parte integrante desde o inicio.




A arte da fotografia aliou-se à arte de Bruno capturando a magia e beleza das suas obras para toda a eternidade. 




Para mais informações visite o seu site pessoal: Brun’s Art

Fontes e Fotos: http://www.brunosart.com/; http://thewondrous.com/; outros net




Poderá ver este post completo no meu blogue de viagens “Viajar é alargar os nossos Horizontes” em: O jardim encantado de Bruno Torfs


34 comentários:

  1. Lindo Maria! Belo lugar e arte maravilhosa...
    Abraços e muita paz.

    ResponderEliminar
  2. Maria,
    Que maravilha! Um verdadeiro jardim de sonhos!
    Um trabalho pra ser preservado.
    Obrigada por partilhar.
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  3. Olá Amiga como passou o seu dia da mãe? Espero que com muita alegria.
    Quanto a essa postagem SENSACIONAL! Esculturas realistas perfeitas, muito muito linda a obra deste artista, "jardineiro", artesão ...
    Tudo de bom. Assim como seu bom gosto para nos presentear com estas informações maravilhosas.
    beijos,
    Léah

    ResponderEliminar
  4. Ficou um belo post....Há que dar asas à inspiração e criação 'do novo'....
    Bom fim de semana
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Gostei de conhecer o Jardim Místico e Diferente do Bruno Torfs!

    Um Abraço, Maria...
    (Hoje usei uma das suas belas imagens por lá...)

    ResponderEliminar
  6. Que perfeição! Não parecem esculturas, e sim habitantes desse maravilhoso jardim.
    Parabéns pelo post amiga, adorei!
    bjus!

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde Maria, que belíssima e emocionante história de vida deste grande artista que hoje aqui partilha! Jardins maravilhosos e uma arte diferente. O que mais me tocou para além da beleza do local foi a perseverança do artista que apesar das cinzas não abdicou dos seus sonhos reabilitando e continuando a sua obra. Muito lindo. Um beijinho e bom fim-de-semana (Ainda sobre Mafra. Entre o Palácio e a Tapada existe o Jardim do Cerco que o seu filho Pedro gostará de conhecer:)).

    ResponderEliminar
  8. Amiga Maria!
    Quanta sensibilidade desse místico!Quanta perfeição nos detalhes!
    Fiquei encantada!Fiquei triste com o incêndio mas felizmente ele pode fazer novamente.
    Foi a postagem que mais me sensibilizou.Eu agradeço por me proporcionar conhece-la.
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  9. Um lugar encantado, um sonho!
    Beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  10. Ah que coisa linda Maria
    Uma forma pitoresca de mostrar sua arte _sensibilidade e beleza nesee artista,
    Amei!
    um abraço e bom sábado

    ResponderEliminar
  11. Muito bonito Maria...

    Gostei do piano já com as teclas corroídas e a canoa fora de água....:)))


    Bom fim de semana

    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Fantástico! Como se arte e terra se unissem para melhor expressão do Belo.


    Um beijo

    ResponderEliminar
  13. Como isso alegra a alma!
    Bom fim de semana!
    °º✿✿ Beijinhos do Brasil
    °º✿
    º° ✿✿° ·.

    ResponderEliminar
  14. Que maravilha! É de travar fôlego.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  15. Esse jardim é encantado mesmo, as estátuas parecem ter vida, muito lindo esse jardim.
    Maria lá no blog estrela da manhã tem post novo, se quiser dá uma conferida, te desejo um bom final de semana beijos.
    Links:
    Estrela da Manhã

    Divulgue seu blog no face

    ResponderEliminar
  16. È garantido que me iria sentir "encantada" nesse jardim...
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Excelente reportagem documental e visual!

    Bjjjj

    ResponderEliminar
  18. Maria!
    Que coisa mais deslumbrante, viajei nessa beleza toda.
    Parabéns, você vai a fundo.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  19. Minha amiga, este lugar é pura magia, e parecem ter saído dos contos de fadas.
    Um abraço.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  20. Maria,

    É incrivel e tambem assustador, pensa bem andar neste lugar com meia luz, ao entardecer!

    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Suas postagens sempre agradam os olhos e o coração. A imaginação, menina, sai a bailar pelo jardim!
    Abraço e uma excelente semana nova!
    ;)

    ResponderEliminar
  22. Olá
    Maria Rodrigues
    Fenomenal, a sua postagem. Encantadora.
    Amei, de coração e alma.
    Desejo-te um dia de domingo maravilhado.
    Abraços meus, do Brasil, e...
    Beijos, pra você.

    ResponderEliminar
  23. Belo dia de domingo amiga inteligente !
    Seus posts tem muito de imperativo do qual é sempre uma obra prima...
    Deixo aqui o link de uma história fenomenal do qual vale muito a pena conferir para termos consciência do valor da vida diante da morte.É uma história não conhecida por vc ,mas vale muito a pena seu depoimento como comentário...
    bjs de dia de domingo !
    http://lucinhasdreamgarden.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  24. Oi Maria boa noite!!! vim agradecer a sua visita. ao meu blog.
    Obrigada por seguir, adorei conhecer o seu, fiquei encantada com tantas coisas maravilhosas.
    Já estou seguindo de volta. Tenha um bom começo de semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  25. Querida, que coisa linda! fiquei encantada com essas obras, não conhecia o artista e amei tudo, simplesmente divino, assim como toda a história, o incêndio e tal, muito bom esse post, parabéns e obrigada por compartilhar.
    BjoBjo;)
    Celina Alves
    Luxos e Luxos

    ResponderEliminar
  26. Qualquer coisa parecida com a ideia que tenho do Paraíso.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  27. Oi Maria,

    que encanto de esculturas, fiquei encantada também com a capacidade de dar a volta por cima do artista, reconstruindo todo o trabalho perdido.

    Bejim.

    ResponderEliminar
  28. Oi amiga, é muito lindooo!!! Adorei!
    Tenha uma ótima semana, beijos!

    ResponderEliminar
  29. uauuu.....
    Até faz falta de ar ver essas fotos.
    Acho que estando aí nos sentimos no Paraiso, que calma deve ser, precisava conhecer um lugar assim aqui por perto para deixar a alma mais leve e calma.
    Beijonhos

    ResponderEliminar
  30. Querida amiga

    A única palavra
    a dizer:
    PERFEIÇÃO.

    Ser feliz não é um direito,
    mas um dever...
    Seja feliz... Faça feliz...

    ResponderEliminar
  31. olá Maria,
    Mas com que postagens mais lindas nos brinda!
    Não conhecia e achei simplesmente maravilhoso.
    A arte num jardim tão exuberante leva-nos a sensações da uma imensa calma.
    Muito obrigada mesmoAdorei, simplesmente
    Uma boa semana
    Um beijinho grande no jardim do sol

    ResponderEliminar
  32. Realmente encantador. Obrigada pela partilha. Bj
    BS

    ResponderEliminar
  33. Que maravilha e que viagem espetacular acabei de fazer por aqui.
    Grande beijo em seu coração e até a próxima viagem.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo