quinta-feira, 29 de março de 2012

Divagar por Barcelos


Barcelos é uma encantadora cidade do Distrito de Braga e é o maior município de Portugal, contando com 89 freguesias.


Foto: TreakEarth_Emka


O seu prestígio vem já desde o século XV, tendo contribuído para tal o apoio que dava aos viandantes, a experiência da Colegiada instituída pelo arcebispo de Braga, a comunidade judaica, bem como o urbanismo civil e religioso.


Foto: www.travel-in-portugal.com


Barcelos é uma cidade antiga, situada num local com vestígios arqueológicos desde a Pré-História, mas foi no séc. XII que sua história começou, primeiro quando D. Afonso Henriques lhe concedeu foral e a tornou vila e depois quando D. Dinis, em 1298, quis compensar o seu mordomo-mor João Afonso e o tornou conde, doando-lhe a povoação em título.

Em 1385, o Condestável Nuno Álvares Pereira tornou-se o 7º Conde de Barcelos. Entregaria Barcelos como dote no casamento da filha D. Beatriz com D. Afonso, bastardo do rei D. João I. Começou então uma época de grande desenvolvimento e dinâmica para Barcelos, revelado com a construção da ponte, a muralha, de que resta a Torre da Porta Nova, do Paço dos Duques e da Igreja Matriz. São estes monumentos que constituem hoje o centro histórico da cidade.


Foto: Olhares_Fernando Costa


O ponto mais elevado do concelho situa-se no Monte de São Gonçalo, a 488 metros de altitude, na freguesia de Fragoso.

O município é caracterizado por três bacias hidrográficas a do rio Cávado, rio Neiva e o rio Este.

A não perder:

Igreja Matriz de Barcelos
A Igreja Matriz de Barcelos ou Igreja Matriz de Santa Maria de Barcelos, também conhecida por Colegiada é uma igreja dedicada a Santa Maria Maior. Situa-se no centro histórico de Barcelos, junto às ruínas do Paço dos Condes de Barcelos. É um edifício com cariz de transição do românico para o gótico.

Mosteiro de São Martinho de Manhente
O antigo Mosteiro de São Martinho de Manhente localiza-se na atual freguesia de Manhente. A data de sua fundação poderá remontar à primeira metade do século X, atualmente resta apenas, a chamada Torre de Manhente e a Igreja Matriz de Manhente.

Igreja de Vilar de Frades
A Igreja de Vilar de Frades, também designada como Igreja do Mosteiro dos Lóios ou Igreja de São Salvador de Vilar de Frades em Areias de Vilar, é monumento nacional português desde 1910. Faz parte do complexo do convento da Congregação dos Cónegos Seculares de S. João Evangelista que aí estabeleceu a sua primeira casa-mãe, tendo sido, antes, um mosteiro beneditino. Está situada no sopé do monte Airó, junto à margem esquerda do rio Cávado.


Foto: cityseeker.com


Festividades
• Peregrinação Arciprestal ao Santuário de Nossa Senhora do Rosário do Monte da Franqueira
• Festa das Cruzes - Anualmente entre 1 e 3 de Maio
• Procissão do Senhor dos Passos
• Festas da Isabelinha

Artesanato
Barcelos é uma terra rica em artesanato, apresentando uma ampla variedade de artes e ofícios, dos quais se destaca pela sua importância a olaria.

O galo Barcelos
Nas cerâmicas artesanais, é de salientar especialmente o Galo de Barcelos, um galo bem colorido e considerado um ícone nacional de Portugal.

Foto: net


A lenda do galo de Barcelos vêm desde a época medieval, e conta a epopeia de um peregrino a caminho de Santiago de Compostela, que foi salvo miraculosamente da forca, por um galo que cantou depois de morto para provar a sua inocência.

Para além da arte da olaria salienta-se também os bordados de crivo da Carreira, tecelagem, trabalhos em madeiras e trabalhos em ferro.

Barcelos tem imensos locais de interesse turístico, um belissimo património edificado, como belas igrejas, históricos conventos e mosteiros, e uma paisagem natural verde e deslumbrante.


Foto:VirtualTourist

Vá visitar, Vale a pena.

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.cm-barcelos.pt/; http://www.museuolaria.org/; http://www.solaresdeportugal.pt/; TreakEarth; Olhares; www.panoramio.com; VirtualTourist; www.rotadoperegrino.com ; outros


Poderá ver este post completo no meu blogue de viagens “Viajar é alargar os nossos Horizontes” em: Barcelos


8 comentários:

  1. Querida Maria!!
    Acho que adoraria conhecer Barcelos, principalmente pelos trabalhos manuais, ou melhor, adoraria conhecer Portugal... Tenhas um lindo dia.
    beijão

    ResponderEliminar
  2. Que maravilhosas fotos, este lugar encanta, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  3. Maravilha de Post....Mais uma bela viagem pelo Norte....cheio de beleza e história....
    Farei os possíveis por conhecer pessoalmente.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Maria querida
    mais uma excelente viagem que fiz aqui ao teu lado, conheço muito bem Barcelos até tenho galos de lá.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  5. Maria vim te agradecer o carinho deixado em minha casinha da Net, aqui chegando fiquei encantada, nossa uma delicia conhecer novos lugares, viajar, principalmente, alguém como eu que tem tanta dificuldade para isso, adorei mesmo e vou seguir, obrigada pelo carinho e por compartilhar tão belas postagens, beijos Luconi

    ResponderEliminar
  6. Que lugares lindos, Quem me dera poder conhecer. Uma viagem maravilhosa nessa imagens. Adorei!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  7. Gostei de conhecer Barcelos... Lugar bonito e agradável...
    Um abração para você, querida Maria!

    Muita paz

    ResponderEliminar
  8. Querida Maria!
    Agradecida por essa postagem tão enriquecedora!
    Beijos!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo