domingo, 17 de fevereiro de 2013

O Jardim Italiano dos Monstros - Italy’s Garden of Monsters


Foto: bomarzo.net


O fascinante Parque dos Monstros (Garden of Monsters), também designado Jardim de Bomarzo, é um complexo monumental renascentista localizado em Bomarzo, na província de Viterbo, no norte do Lazio, da Itália.


Foto:bomarzo.net


Foto: panoramio_Elios Amati

Foto: totravelin.com


Foi construído durante o século 16 pelo italiano Pier Francesco Orsini (1528-1588) como um memorial para a sua amada esposa Guilia Farnese, tendo sido nessa altura designado como o "Bosque Sagrado". O parque está baseado na expressão de tristeza de Orsini pela morte da sua esposa.


Foto: panoramio_dancos

Foto: www.gotweird.com


O jardim permaneceu no esquecimento até 1954, quando foi comprado pelo Sr. Giovanni Bettini, que em 1970 faz uma restauração do parque decidido a trazer de volta o antigo esplendor das esculturas. O nome do jardim passou desde aí a ser Parque dos Monstros, nome derivado das grandes e bizarras esculturas, algumas esculpidas na rocha, que povoam a paisagem.


Foto: Francesco Pesucci_Bomarzo

Foto: Amor_Fati_Stock


Uma visita ao parque vai se desdobrar numa série de estágios que variam entre mitologia e fantasia. É composto por um parque arborizado, localizado no fundo de um vale, onde o castelo de Orsini foi erguido, e está povoado por esculturas e pequenos edifícios divididos entre a vegetação natural.


Foto: totravelin.com

Foto:urdustar.com

Foto: panoramio_genox51


As muitas estátuas monstruosas parecem ser alheias a qualquer plano racional e parece terem sido espalhadas quase aleatoriamente sobre a área.


Foto: totravelin.com

Foto: urdustar.com


É um jardim belo e um dos mais inusitados do mundo.


Foto: totravelin.com

Foto: totravelin.com


Para mais informações pode visitar o site: Bomarzo

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.bomarzo.net/; http://www.gotweird.com/2010/11/italys-garden-of-monsters/; http://totravelin.com/garden-bomarzo-park-monsters/; http://urdustar.com/; Panoramio; outros net

10 comentários:

  1. Obrigada por mais este belo passeio.

    Minha amiga, o post anterior é uma ternura.

    Desejo-lhe um óptimo domingo e sem a chuva daqui

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria, como vai? Mais um passeio nesta tarde de domingo a um local fascinante que desconhecia. Grata por partilhar. Desejo-lhe um restinho de um bom domingo e uma boa semana. Ailime

    ResponderEliminar

  3. Obrigada pela partilha. Foi mais um belo passeio que me proporcionou.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  4. Maria, minha querida amiga
    Muito obrigada pelos parabéns à minha «CASA».
    Não se preocupe por não chegar mesmo no dia - todos os dias são bons para receber visitas agradáveis :)

    Lindíssimo passeio pelos Jardim dos Monstros. Não conhecia, e adorei!

    Uma semana feliz.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria foi bom conhecer o jardim dos monstros é interessante conhecer o outro lado da beleza,não deixa de ser conhecimento e cultura. Um carinhoso abraço.

    ResponderEliminar
  6. Não sabia da existência lindo.
    Beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  7. Minha querida

    Gostei de conhecer este jardim, diferente mas deve ser interessante de conhecer.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  8. As Trabalho perfeito, uma obra de arte esse jardim.
    Obrigada por partilhar.

    Depois de um tempinho ausente do blog estou de volta.Já tem postagem nova.
    Deixo um grande abraço!
    Ótima semana!

    Refletindo com a Smareis---Clique Aqui----

    ResponderEliminar
  9. Não posso vir aqui, Maria!!!! Mostra-nos coisas tão belas que ficamos com vontade de viajar e logo eu que é o que mais gosto de fazer. Bem...vamo-nos contentando com as belas fotos. Lindas, Maria! Obrigada pela partilha. Um beijinho e até sempre.
    Emília

    ResponderEliminar
  10. Estranho mandar esculpir tristeza na pedra...
    Mas interessante.
    É um jardim sem flores, porém.
    Talvez seja por isso que é mais triste.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.