segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Azálea – A flor que representa a “Alegria de amar”


As Azáleas são originárias do Japão e da China e as suas flores são o símbolo chinês da feminilidade. Têm como significado a elegância, a felicidade, a “Alegria de amar”.


Elas dão vida e cor a qualquer local onde estejam, podendo ser usadas como plantas ornamentais em jardins formando cercas ou compondo maciços, alegrando corredores e entradas ou mesmo plantadas num vaso.


As plantas nativas foram levadas para a Holanda e Bélgica, onde foram melhoradas geneticamente. Como resultado, entre as variedades hoje comercializadas encontram-se flores de coloração vermelha, rosa, roxa, branca e combinações destas cores (mescladas).


Às vezes florescem onduladas ou abertas em forma de taça. São lindíssimas e alegram a alma de quem passa.


A tradução literal do grego “azálea” significa “seco”. Porque a azálea antes de florescer parece mais um arbusto com alguns ramos secos. Durante muito tempo os botões da azálea permanecem semi-fechados, como se estivessem a esconder a beleza dos olhares das pessoas. Mas depois florescem em cores vivas. Cada pé de azálea pode conter cerca de 500 flores, que duram cerca de 18 dias. Mas todas as plantas dão flor durante dois meses a dois meses e meio.


Um dos segredos do seu sucesso é que a floração ocorre justamente nos meses de Inverno e traz um pouco de colorido num período em que a maioria das plantas se encontra em repouso.


A Azálea é um arbusto de flores classificadas no género dos rododendros. Existem azáleas de folhas caducas e azáleas perenes.


Uma das diferenças principais entre as azáleas e as demais espécies de rododendros é o seu tamanho e o rescimento da flor. Os rododendros desenvolvem inflorescências, enquanto a maioria das azáleas têm flores terminais - uma para cada caule. Apesar disso, brotam tantos caules que durante as estações em que florescem formam uma sólida massa colorida.


A forma mais conhecida da sua utilização encontra-se nos jardins paisagísticos do Japão e da China.



Dicas de Cultivo:

Solo: por ser um arbusto rústico adapta-se bem a qualquer tipo de solo, porém, para produzir uma floração exuberante, o ideal é cultivá-la em solos ácidos enriquecidos com matéria orgânica. Em solos ricos em matéria orgânica nem é necessário adubações periódicas.


Regas: evitar o excesso de água nas regas, o ideal é fornecer água à planta apenas quando o solo apresentar-se seco, sem encharcar.


Luz: preferem locais levemente sombreados mas também podem ser cultivadas em plena luz solar. As azáleas não florescem dentro de casa e precisam de luz solar para crescerem bem. Para mantê-las em áreas internas, é necessário deixar as plantas fora de casa até que as flores se abram, aí podem ser levadas para dentro, mas é preciso que fiquem num local bem claro, próximo da janela.


Plantio: não é necessário plantá-las em covas exageradamente profundas pois as suas raízes são superficiais. As adubações para acelerar o crescimento são desaconselháveis pois podem produzir ramos muito longos e fracos com poucas flores. Uma boa cobertura morta após o plantio produz bom resultado no desenvolvimento das mudas novas.


Propagação: por estacas de galho

Floração: Inverno e início da Primavera


Podas: devem ser feitas assim que terminar a floração, retirando os galhos em excesso e cortando as pontas dos outros galhos, até chegar ao formato e tamanho que se pretende. Para aumentar a próxima floração, eliminar as pontas de todos os galhos que floresceram nesse ano.


Curiosidade:
A Azálea é relacionada deusa Minerva, deusa da sabedoria, da razão, das artes e da guerra.



Fontes e Fotos: “Mundodeflores”, “Wikipedia”; “JardimdeFlores”,.”jardineiro.net”; “Flores guia”; “Floresnaweb”; “jardimdeflores”;"Informativoverde"; “portalmundodasflores”


“A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes.” (Khalil Gibran)

27 comentários:

  1. Agradeço muito mais esta aula de jardinagem.
    Sou um apaixonado por flores e aqui no nosso pequeno jardim já temos algumas variedades de plantas, mas esta não consta ainda.
    Parece que, segundo me disseram, elas são frágeis e acabam por desaparecer.
    São encantadoras nas suas cores.

    ResponderEliminar
  2. Muito linda a postagem, textos e imagens ótimos, perfeitos. é sempre bom vir aqui, além da beleza, aprende-se muito.Linda semana pra você, beijos.

    ResponderEliminar
  3. gosto muito de azaléias. Em maio é a florada por aqui, fica tudo muito bonito mesmo. moro em uma rua que tem muitas azaléias plantadas, gosto tanto quando elas florescem.
    são feitos vários festivais em homenagem às azaléas por aqui. e elas merecem né, são lindas!
    bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  4. Maravilhosas! Linda semana, bem colorida como elas!beijos,chica

    ResponderEliminar
  5. Excelente esta sua postagem, Maria.
    Gosto muito de azaleas e fico encantada ao ve-las florescer exatamente no inverno, quando um que de tristeza paira pela cidade. É exatamente essa tristeza que ela vem espantar com suas cores, com sua beleza.
    Beijos e uma ótima semana para você.

    ResponderEliminar
  6. Olá Maria,
    Obrigada pelo carinho de sua visita, e que maravilhosa aula de jardinagem. No meu jardim tenho rosas e orquídeas e jasmim.
    Maria, meu quintal não é grande, os coqueiros foram plantados numa distância de aproximadamente
    2 a 3 mts e distância um do outro. Sete estão dentro do quintal sendo 2 meio filhotes que não produzem ainda, e, um está na calçada da rua em frente da minha casa, e é o mais alto de todos.
    Boa e iluminada semana. Bjs

    ResponderEliminar
  7. Planta Fascinante....Quanta variedade.....e
    tanto podem ser perenes como Caducas!!!..Adorei
    entrar neste mundo das Azáleas.
    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Não sei se é por causa do clima daqui ou falta de conhecimento quanto aos cuidados, mas as azaléias que vejo por aqui não são tão belas quanto estas das imagens. Eu mesmo morei numa cidade onde possuia uns canteiros delas e floresciam mas não chegavam a ser tão bonitas assim. Adorei, Maria. Abração. paz e bem.

    ResponderEliminar
  9. Esta postagem é um colírio para nossos olhos.
    Lindíssimas azáleas!

    Abraços

    ResponderEliminar
  10. Lindas flores lindíssima postagem.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Tão lindas! Que excelente post este minha amiga,pena que eu não tenha um jardim.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Nossa! Amei saber tudo isso sobre as azaléias, e sabe de uma coisa amiga, moro em uma chácara, e agora fiquei com uma imensa vontade de cultivar essas lindas flores aqui. Obrigada, viu? Deixo carinhos e beijos pra ti.

    ResponderEliminar
  13. Amiga quanta beleza nesse blog ajardinado com as mais belas flores.
    Um jardim repleto com belezas, perfumes e encantamentos de uma alma chamada Maria.
    Um abraço afetuoso, até a próxima.

    ResponderEliminar
  14. Maria: Lindas flores e também a explicação que dás sobre as referidas flores, foi como nos desses uma lição de jadinagem adorei.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  15. Gosto muito de azálias e tenho-as de várias cores, bem como mescladas, já têm 26 anos no mesmo jardim e continuam lindas. Plantei-as pequeninas e hoje são em forma de arbusto arredondado, dando um aspecto exuberante ao espaço onde estão quando se enchem de flôr.
    Adoro estas flores.
    O teu post é muito bonito.
    Beijinhos
    Branca

    ResponderEliminar
  16. Boa noite, Maria!
    Belíssima postagem, parabéns!
    Deixo pra ti:
    Delicada e sutil enfrentas
    As cinzas outonais,
    Mais as flores matinais,
    Mais o canto dos pardais.

    Simples, delicada e resistente
    enfeitas, encantas
    e mascaras as tristezas das almas perdidas...

    Contra o azul vibrante
    do ceu outonal
    faze-te faceira e sedutora.

    Azaleia, és rosa!

    ad

    Beijos,
    Mara

    ResponderEliminar
  17. Maria

    Seu blog sempre enfeita o meu dia, a minha noite, o momento em que nele entro...

    Hoje enfeitou minha sala com azaleias e senti uma imensa vontade de comprá-las amanhã...

    Ainda mais que aqui também consigo dicas sobre como cuidar delas.

    Bjs
    Chris

    ResponderEliminar
  18. O amigo: um ser que a vida não explica
    Que só se vai ao ver outro nascer
    E o espelho de minha alma multiplica...


    Vinicius de Moraes

    Amor & Paz no seu dia...Beijos...M@ria

    ResponderEliminar
  19. que lindo e colorido post :) uma maravilha

    beijos Maria

    ResponderEliminar
  20. ...Estou passando, para trazer uma pequena reflexão, e desejar-te uma maravilhosa semana...

    "Não interrompa uma pessoa que lhe conta algo que você já sabe. Uma história nunca é contada duas vezes da mesma maneira e é sempre bom ter mais uma versão.""
    [Golbery do Couto e Silva]


    Paz e bem:

    Leandro Ruiz

    ResponderEliminar
  21. Maria,lá vens tu colorir o meu dia uma vez mais.Belíssima viagem pelo jardim da tua sensibilidade.Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  22. São lindas as azaléias, é de se ficar sonhando só em observá-las.
    Bela postagem.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  23. Me apaixonei pelas azaleias, Maria! Lindas demais!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  24. Amo flores...Azaleias e hortencias sao minhas preferidas. Adorei a variedade de cores. Onde será que posso encontrar essas cores mais exoticas de azaléias.Lá vou eu gastar mais dindin em flores, meu hobbi preferido. Maria Cecília Kirch

    ResponderEliminar
  25. eu amo o mundo das plantas,plantas é vida é amor é alegriaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.