sábado, 20 de outubro de 2012

Bali - Uma Ilha Encantada


Hoje vamos Divagar até Bali, uma ilha mágica, mistica e de extraordinária beleza.

Bali é uma das 13 667 ilhas da Indonésia, bem como uma província daquele país. Integrante das Pequenas Ilhas de Sonda, encontra-se entre as ilhas de Java, a oeste, e Lombok, a leste.


Foto: TreakEarth_ CliffW

Faz parte de um arquipélago com quinhentas e quarenta e sete ilhas distribuídas em nove grandes grupos, sendo a sua capital provincial Dempassar.

A palavra Bali, com a qual a ilha foi batizada no século IX, deriva da palavra Wali. Wali ou Wari era o termo com o qual os nativos, que muito veneravam seus deuses, chamavam o ato de adoração. Wali é uma palavra do sânscrito que significa "sacrifício oferecido ao deus", "adoração", "culto" ou "oferenda.


Foto: http://www.baliweather.net

Bali foi povoada antes da Idade do Bronze, por volta de 3000 a.C.. Inscrições em pedra datadas do século IX são os registros humanos mais antigos já encontrados na ilha.

A superfície da ilha é repleta de montanhas, na sua maioria vulcões com alguns deles ainda ativos. O ponto mais alto de Bali com mais de três mil metros de altitude, é o Monte Gunung Agung, a  “montanha mãe”, um vulcão cuja última erupção ocorreu no ano de 1963.

A quantidade de vulcões traz um solo rico em nutrientes e sais minerais. A junção disso e de um ótimo sistema de irrigação transforma Bali num dos melhores lugares para o cultivo de arroz.


Foto: TreakEarth_ Markvax

O lado norte das montanhas tem encostas mais íngremes para o mar e é a área principal da produção de café da ilha, juntamente com o arroz, legumes e gado.

A ilha é cercada por recifes de corais. As Praias do sul tendem a ter areia branca, enquanto as do norte e oeste tem areia preta.


Foto: Net (desconheço autor)

Bali não tem grandes cursos de água, embora o rio Ho é navegável por pequenos barcos Sampan. O rio mais longo é Ayung River, que percorre cerca de 75 km.

Bali é conhecida pelas suas manifestações culturais diversificadas e sofisticadas, tais como pintura, escultura, talha, artesanato em couro e metais e música. É também famosa pelas suas danças como o pendet, Legong, Baris, topeng, barong, keybar gong, e Kecak.

Foto: TreakEarth_ Aloyho

Garuda Wisnu Kencana, ou GWK, é um parque cultural na costa montanhosa a sul de Bali famoso pela gigantesca estátua de Vishnu cavalgando o dorso de um "garuda" (um sobrenatural águia-como estar). A parte concluída da estátua é a parte superior do corpo de Vishnu, o chefe da "garuda" e as mãos de Vishnu. O parque cultural tornou-se um dos lugares favoritos em Bali para apresentações artísticas e culturais, exposições e conferências.


Foto: Wikipedia

Um local a não perder é Ubud, chamada “jóia da coroa” ou “capital da cultura”, mesmo no centro de Bali. Esta vila no centro da ilha concentra a maior quantidade de templos. Rodeada por extensos arrozais de um verde impressionante, é a casa de artistas e artesãos. Aqui se encontra o melhor artesanato desta cultura herdada de uma das mais influentes dinastias hindus.

Na ilha realizam-se muitas cerimónias pelos mais variados motivos.

Foto: TreakEarth_ Simplyoga

Diz-se que nunca há um dia em Bali sem uma cerimônia de algum tipo e tendo em conta todos os ritos do ciclo de vida do ser humano (cerimónias, ritos da puberdade, casamentos, cremações, festivais de templo), então este ditado é provávelmente bem verdadeiro.

Bali abriga a quase totalidade da pequena população hindu da Indonésia.

Cerca de 93,18% da população de bali aderiu à Balinese Hinduísmo Hindu Dharma, formada como uma combinação das actuais crenças locais e influências hindus do continente Sudeste Asiático e Sul da Ásia.


Foto: TreakEarth_ Bukitgolfb

É conhecida como a ilha dos milhares de templos. Em cada aldeia, há vários templos e pelo menos um pequeno templo em cada casa Balinesa, podendo chegar a um total de 10.000. A palavra Balinesa para templo é 'pura', que significa "espaço cercado por um muro".


Foto: http://hdw.eweb4.com

Embora muitos templos sejam calmos e desabitados, eles transformam-se em locais de grande atividade e estão ricamente decorados durante as festas com apresentações de dança tradicionais brigas de galo, e jogos de azar.


Foto: http://www.dewabalitours.com

Alguns dos mais tradicionais locais e templos:

Taman Ayun Temple – MENGWI
O nome Taman Ayun significa belo jardim. Este templo foi construído pelo rei de Mengwi, Raja Gusti Agung Anom em 1634.


Foto: wikipedia_bali66

Tanah Lot Temple
Tanah Lot é provavelmente o mais famoso dos templos de Bali e significa "Terra no meio do mar". É considerado um trabalho do sacerdote Nirartha do séculos XV. Situa-se ao largo da costa no alto de uma rocha.


Foto: hickling

Pura Batu Balong temple
Templo Hindu perto de Tanah Lot.

Foto: TreakEarth_ Agung

Mosteiro Brahma Vihara Arama - Banjar Budhist Vihara
Banjar budista Vihara é o maior mosteiro budista em Bali. Situado na área de colinas cerca de 22 km a oeste de Singaraja City. Este mosteiro foi construído por volta de 1960 e concluída em 1970.


Foto: www.bali-indonesia.com

Bali tem tudo para deixar deslumbrado quem a visita. É uma ilha exótica, cheia de charme, espiritualidade, beleza, que associada a uma cultura fascinante, às praias paradísiacas, a uma paisagem perfeita e deslumbrante, a torna numa ilha inesquecivel, uma “ilha dos deuses”.


Foto: TreakEarth_ Heroebagoes


Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.bali-indonesia.com/attractions/besakih-temple.htm; http://www.tanahlot.net/home/; http://www.moreindonesia.com/, http://www.bali-directory.com/all-about-bali/Temples.asp; http://www.gardenvisit.com/garden/tirta_gangga; http://www.buravi.com/place/noted/; http://bjorngrotting.photoshelter.com/;Flickr; TrekEarth, outros


Poderá ver este post completo no meu blogue de viagens “Viajar é alargar os nossos Horizontes” em: Bali - Uma Ilha Encantada 

13 comentários:

  1. É de facto encantador....Obrigado por ter
    mostrado....
    BFS
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Obrigada amiga,por partilhares estas fotos com belezas fantásticas,adoro por serem lugares místicos e quase irreais.
    Para ti e família um bom fim de semana.
    Um beijão.
    Miuíka

    ResponderEliminar
  3. Querida Maria:
    Sabe? Hoje é um dia triste para mim. Faz anos que meu pai partiu. Já chorei, os olhos ardem.
    Vim ao seu blogue lavá-los, nas belezas que mostra. A dor de cabeça acalmou, as lágrimas pararam.
    Obrigada e um beijinho da
    Maria

    ResponderEliminar
  4. linda!
    tudo por aqui é encantador..
    beijos querida.

    ResponderEliminar
  5. Minha querida Maria

    Que viagem maravilhosa como sempre.

    Deixo um beijinho e desejo-te um bom Domingo.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  6. Você, Maria, sempre nos presenteando com belíssimas imagens e curiosidades.
    Aqui muito se aprende.

    Obrigada por compartilhar.

    Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  7. Bom dia amiga Maria, e bom domingo para você. Ganhei o prémio DARDO, o repasso para você com carinho.
    Sinta-se à vontade para o aceitar ou não. Passa lá no blog, e pega ele, vela-o com você, e guarda ele como recordação!

    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  8. Como é bom passar por aqui!
    Quanta coisa para ver e... aprender.
    Obrigada querida Maria,abraços e muita paz.

    ResponderEliminar
  9. Adorei ver esta "apresentação" de uma ilha da qual só conhecia o nome.
    Obrigado pela partilha, minha querida amiga.
    Maria, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Maria,já viajei tanto contigo que não me canso de te agradecer...Mais uma bela ilha para onde me apetecia emigrar.Um abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
  11. É sem dúvida uma encantada e encantadora! obrigada Maria, por estas viagens virtuais maravilhosas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. LINDA, MARIA QUE ILHA ENCANTADORA, PARECE MAIS UM PARAÍSO COM AS SUAS FLORES, QUEDAS D ÁGUA, MONTANHAS , É TANTO ENCANTO , BASTA DIZER QUE É MARAVILHOOOOSA. UM ABRAÇO GRANDE CELINA.

    ResponderEliminar
  13. Que maravilha!!! Que belo trabalho de pesquisa. O meu agradecimento, Maria por me teres proporcionado esta "bela viagem virtual". Beijos.
    M. Emília

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo