segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Dedicatória - Poema J. G. de Araujo Jorge



Foto: Net (desconheço autor)


Este meu livro é todo teu, repara
que ele traduz em sua humilde glória
verso por verso, a estranha trajetória
desta nossa afeição ciumenta e rara!


Beijos! Saudades! Sonhos! Nem notara
tanta cousa afinal na nossa história...
E este verso – é a feliz dedicatória...
onde a minha alma inteira se declara...


Abre este livro... E encontrarás então
teu coração, de amor, rindo e cantando,
cantando e rindo com o meu coração...


E se o leres mais alto, quando a sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!


Poema de J. G. de Araujo Jorge




6 comentários:

  1. Ele é lindo e escolheste muito bem!! beijos,tudo de bom,chica e uma semana muito boa!

    ResponderEliminar
  2. BOA NOITE MINHA AMADA AMIGA !!!!!
    VIAJANDO NESTE SEU UNIVERSO ENCONTRO ESSE POEMA LINDO ...PARABÉNS PELA ESCOLHA...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  3. OI MARIA TUDO DE BOM PARA VC E FAMILIA, OLHA EU SOU FÃ DE J. G. DE ARAÚJO JORGE, AS SUAS POESIAS SÃO LINDAS , UM ABRAÇO CARINHOSO. CELINA

    ResponderEliminar
  4. oi maria,

    lindo poema,
    linda homenagem...
    as palavras nos trazem as pessoas pra perto...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Maria,
    Um poema lindo num saudade que aperta.
    Desejo que Deus continue a iluminar a sua alma linda.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo