quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Estradas - Paulo Roberto Gaefke





Somos viajantes do tempo,
dentro de uma vida situada em algum ponto
entre o nascer e o infinito,
somos atores em papéis diferentes,
cada um com suas dificuldades, lutas e desafios.

Somos centelha Divina, faíscas de um Ser Superior
tentando achar uma saída para nossas angústias,
somos simples e complicados ao mesmo tempo,
dóceis com os amigos e ferozes quando provocados,
somos capazes de atos maravilhosos quando amamos,
e terríveis quando o ódio domina nossos sentidos.

Em um momento calmaria, noutro explosão,
queremos a paz e nos alistamos para a guerra,
somos contra a violência,
e votamos sim para às armas.

Nos apaixonamos e nos casamos,
brigamos e separamos, ficamos inquietos,
somos inquietos.
Quem ontem era o nosso doce, azedou,
quem era a nossa razão, se perdeu,
e nós mesmos, perdidos,
não sabemos o que queremos.

Por isso, nossa maior missão é nos conhecermos de verdade,
descobrir quem somos e o que pode preencher a nossa alma.

Para sermos verdadeiramente felizes,
precisamos afirmar ao espelho: eu me aceito como sou,
não sou melhor, nem pior que antes, estou no caminho,
por onde passar, quero deixar saudades,
amigos, flores e um desejo sincero de retornar.

Aprendi que sou parte da estrada de muita gente,
por isso, quero estar sempre pronto,
para, se preciso for, sempre recomeçar,
porque estou no caminho e preciso amar...


Autor: Paulo Roberto Gaefke - www.meuanjo.com.br






2 comentários:

  1. oi Maria,

    o amor é sempre o melhor caminho...

    beijinhos
    saudades

    ResponderEliminar
  2. Minha querida

    Somos mesmo viajantes no tempo e sem saber quando a viagem termina. Lindo este poema que adorei ler.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.