domingo, 9 de Maio de 2010

Açucena - A flor da altivez e elegância


As Acuçenas são as flores que representam a "Tristeza e Angústia" pela falta da pessoa amada. O seu nome derivado do latim significa frescura, brilho e planta de grandes e belas flores.




Na mitologia grega a Açucena (Amarílis ou flor-da-imperatriz) representa altivez, elegância e graça, e está relacionada ao deus olímpico Apolo, famoso por seu orgulho. Açucena é o nome genérico de várias plantas das famílias das Amarilidáceas e das Liliáceas. A branca está muitas vezes associada à pureza.


Foto: Wikipedia

Foto: wikipedia_Kenpei


Nomes populares: Amarílis, açucena, flor de açucena, flor-da-imperatriz
Nome Científico: Hippeastrum hybridum
Pertence à Família: Amarilidáceas


Foto: davesgarden.com

Foto: lilyflowerstore.com


Em criança a minha avô tinha lindas açucenas brancas espécie Lilium candidum (Madonna Lily).


Foto: www.hdwallpapersb.com


Sempre associei as açucenas a apenas esta espécie, mas existem cerca de 50 espécies de açucenas, sendo a maior parte originária da América do Sul e muitas nativas do Brasil.


Foto: www.gardenliliums.com.au

Foto: wikipedia_Stan Shebs


Esse tipo de flor desperta grande interesse para o cultivo ornamental, é uma óptima opção para quem gosta de um jardim bem colorido. Pode ainda ser utilizada em interiores, porém requer boa quantidade de luz.


Foto: sunsetmeadowslilygarden.com


Foto: lilyflowerstore.com

Foto: cowperhill.com

Foto: wikipedia_Jim


Planta herbácea, bolbosa, com uma floração vistosa, podendo florir mais do que uma vez por ano. Para isso a planta deve passar por um período de repouso, sem rega nem adubação e num lugar fresco e escuro. A sua folhagem é também bastante ornamental, podendo chegar até 40 cm de altura, em algumas espécies desaparece no Inverno.


Foto: www.freewalpaper.net


Esta planta foi sujeita a inúmeras hibridações, principalmente pelos holandeses, responsáveis pelo seu melhoramento genético. Possui flores cónicas, grandes, muito belas e de coloração branca, rosa, laranja, salmão ou vermelha. Existem flores multicolores, raiadas ou manchadas. Existem também variedades anãs, de flores pequenas e de flores dobradas.


Foto: 1ms.net


Plantação: Adquirir os bolbos e plantá-los no final do Inverno. Caso se pretenda guardar os bolbos temporariamente antes da plantação, estes devem ser armazenados num local fresco a uma temperatura de cerca de 9 Cº. Plantar em vasos ou floreiras ou em canteiros, enterrando cerca de 2/3 do seu tamanho, deixando a parte superior ou a ponta de fora do substrato. Regar logo de seguida.


Foto: wikipedia


Luz: Necessita de boa luminosidade. Evitar o sol directo.


Foto: wikipedia_Drm310


Floração: 2-3 meses após a plantação. Floresce desde a Primavera até ao princípio do verão. Os bolbos forçados florescem no Inverno.

Temperatura: é uma planta muito sensível ao frío, não suportando temperaturas abaixo de 5-6 Cº. Necessita de calor para a floração. Prefere temperaturas perto dos 20Cº.


Foto: cowperhill.com


Solos: Leves, frescos, arenosos, bem drenados e ricos em matéria orgânica.

Multiplicação: Semente ou por divisão a partir de bolbos os quais devem ser separados da planta-mãe após o desaparecimento da folhagem. Pode-se também cortar o bolbo em gomos pequenos, plantá-los de seguida, no Outono, em areia.




Rega: Regar com moderação na altura da plantação até ao aparecimento da haste e das folhas. Aumentar a rega na altura da floração. 2 a 3 regas semanais devem ser suficientes. Parar de regar quando as folhas murcharem (período de repouso).

Adubação: Adubar com um fertilizante líquido para plantas de flor, de preferência rico em Ferro e Magnésio, a cada 10-15 días, na altura da floração e do aparecimento das folhas. Adubar até que as folhas murchem por completo para que o bolbo possa acumular reservas para o período de repouso.


Foto: 1ms.net

Foto: 1ms.net

Período de Repouso: Neste período deve-se cortar as flores murchas e a haste floral. Continuar a regar e a adubar até as folhas murcharem para que acumule reservas. Manter a planta num lugar com muita luz. Cortar as folhas quando estas secarem por completo. Manter o bolbo seco, num local fresco e escuro, sem ser necessário retirá-lo da terra. Deve-se substituir a camada superficial do substrato por outro mais fresco.


Foto: 1ms.net

Foto: 1ms.net

Foto: 1ms.net


Trasplante: Transplantar para outro vaso ou floreira a cada 3-4 anos.

Pragas e doenças: Tripés, ácaros, cochonilhas, afídeos, caracóis, lesmas.

Estas belissimas flores são muito apreciadas  pois o seu colorido e charme dão côr e alegria ao local onde se encontram. 


Foto: 1ms.net

Foto: www.bulbsdirect.com


Fontes e Fotos: “Mundodeflores”, “Wikipedia”, PlantasdeInterior”, “JardimdeFlores”, "Jardicentro". Artigos de André M. P. Vasconcelos, Márcia de Nazaré Ribeiro, Patrícia Duarte Paiva (Engenheiros Agrónomos); http://cowperhill.com/; www.bulbsdirect.com; davesgarden.com; www.freewalpaper.net; lilyflowerstore.com; www.hdwallpapersb.com; www.gardenliliums.com.au; outros net



" Determinada flor é, em primeiro lugar, uma renúncia a todas as outras flores. E, no entanto, só com esta condição é bela." (Antoine de Saint-Exupéry)

21 comentários:

  1. Oh Maria....que trabalheira para nós
    descansadamente bebermos toda essa informação.
    Excelente trabalho....
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Oi maria, obrigado pelas palavras lá no Verseiro...
    Sabe que gostei de ler sobre o significado da açucena, pois tenho um poema com este titulo e não imaginava ter este significado
    Sem brincadeira, ontem mesmo o li e até pensei em postar qualquer dia, lendo aqui me animei ainda mais...
    Só tenho a agradecer...aqui é no Brasil é dia das mães...portanto...

    Feliz Dia das Mães Maria...

    Mãe... São três letras apenas

    As desse nome bendito:
    Também o Céu tem três letras...
    E nelas cabe o infinito.

    Para louvar nossa mãe,
    Todo o bem que se disse
    Nunca há de ser tão grande
    Como o bem que ela nos quer...

    Palavra tão pequenina,
    Bem sabem os lábios meus
    Que és do tamanho do Céu
    E apenas menor que Deus!

    Mãe (Mário Quintana)

    Um abraço na alma...beijo

    ResponderEliminar
  3. Maria
    As açucenas são flores lindas e bastante coloridas. Obrigada pelos ensinamentos que nos deixou através do post.
    Beijinhos
    Lourdes

    ResponderEliminar
  4. Olá Maria
    Amo essas flores, tenho: brancas, vermelhas veludo, rosa nas pontas e branca no meio e vermelho com branco, estou tentando fazer mais cores, pego dois bolbos de cores diferentes corto eles ao meio e planto com as metades das cores diferentes, será q com a polinização é mais certo?
    Perco a cor q já tenho? Amei sua amarela, plantei as sementes e nasceram várias meninas.Chamo elas de minhas meninas. Gostaria de saber como fazer para criar novas cores. Abraços e como o meu você tem bom gosto para flores.elizialessio@hotmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As AÇUCENAS,,,,apenas existem BRANCAS,,,Florescem entre Abril e Junho e não há como fazer outras cores. Você as confunde com LILIUNS e AMARILIS ,,,que não são AÇUCENAS,,nem de perto nem de longe

      Eliminar
    2. Respondendo a anónimo
      Como reparou nos comentários eu não sou expert em flores, gosto de colocar fotos e algum texto que pesquiso na net. Mas respondendo à sua pergunta existem várias especies de açucenas entre elas as brancas que são da espécie Lilium candidum como falo no post. Inicialmente eu também pensava que apenas essas eram açucenas.
      Maria

      Eliminar
  5. feliz eu sou por ter descoberto que o meu protetor gosta da flor açucena...vou plantá-la em meu jardim...feliz eu sou por ter encontrado neste endereço o significado desta flor misteriosa e singela através de você ,amiga.obrigado...cleunice

    ResponderEliminar
  6. Parabéns por toda a descrição da Flor Açucena, ajudou muito minha pesquisa!
    Luz!
    Bj

    Vana vanalima.turis@gmail.com

    ResponderEliminar
  7. Maria!

    Estou navegando e buscando informações sobre a flor chamada açucena, pois aqui no Brasil, temos uma boa novela com referência constante a essa flor e relacionando-a com a personagem principal. Então, cheguei até aqui no seu blog e gostei muito.

    http://anabelajardim.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. ola parabens pelo nobre tema

    ResponderEliminar
  9. Uma aluna me perguntou se conhecia a flor açucena,e respondi q não,mas pesquisei e me surpreendi q tenho essa flor em meu jardim e não conhecia pelo nome,só sinto q depois de dar flor são perseguidas por alguns bichinhos q querem comer os bolbos o q fazer p proteger?Adorei as cores.

    ResponderEliminar
  10. Respondendo a anónimo
    Eu gostaria muito de ajudar, mas eu não sou expert neste assunto. Adoro flores e para além das fotografias gosto de incluir alguma informação sobre elas.
    Procurei na net e deixo abaixo 2 links de sites especialistas em plantas que talvez a possam ajudar.

    http://www.jardimdeflores.com.br/consultas.htm
    http://www.cultivando.com.br/duvidas_e_sugestoes.html

    Espero que consiga obter resposta às suas dúvidas.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  11. Olá Maria,
    eu tenho algumas flores rosadas no meu jardim e resolvi procurar informações sobre elas, encontrei seu blog, suas informações sobre a açucena estão bem legais. Como você sabe, aqui no Brasil estamos na primavera e minhas flores já murcharam e desapareceram. Elas são bem fugazes, florescem e duram poucos dias, apenas dois ou tres, o que é uma pena, pois são lindas e exuberantes. Eu tenho lutado com uma praga que se chama "broca", é um bichinho parecido com um besouro alongado e rápido que come os bulbos por dentro, assim não florescem novamente. Abraços e parabéns pelo blog

    ResponderEliminar
  12. adorei tudo que voce me ensinou sobre açucena. ganhei um bulbo dela ,e amei mais ainda,depois de saber detalhes sobre ela. eu quando ganhei o bulbo,nao sabia de que flor seria. a minha ja nasceu ,algumas folhas ,estou ,ansiosa para ela nascer logo,para eu ver como e a minha. obrigada .bjossssssss denise manso21 de novembro de 2011

    ResponderEliminar
  13. Parabéns, realmente é um um trabalho maravilhoso.

    ResponderEliminar
  14. Francisco Brito

    Inicialmente gostaria de parabenizar o belo trabalho que a Maria fez e nos presenteou. Adoro essa planta, mas, como todo bulbo, especialmente em clima mais quente, é imperativo o descanso ou hibernação. (EX.: Tulipa, Açucena, Lírio, Sprekelia e tantos outros). Para quem mora em climas mais frios, por exemplo serra catarinense, há várias que são nativas e existem a uns 10 a 15 cm abaixo do solo e também devido ao frio, hibernam e não sofrem agressivo ataque da broca. Creio que o melhor a fazer nesses casos, é recolher o bulbo e fazer o armazenamento em local fresco, sem luz e depois de tratá-los contra fungos e traças.
    A todos, bom proveito com essa maravilhoda flor.

    ResponderEliminar
  15. Adorei tudo o que pude ler sobre as Acucenas. Tenho das totalmente brancas à anos e nunca percebi que haveria varias cores. Amo esta linda flor, como amo a Rosa, flor de caracteristica diferente mas também muito bonita. Irei tentar encontrar de outras cores e juntar às minhas brancas que tenho plantadas no meu jardim.
    Obrigada pelos seus ensinamentos.

    ResponderEliminar
  16. Qual a diferençaentre a açucana e o lírio?

    ResponderEliminar
  17. Respondendo a Anónimo
    Açucena é nome dado a algumas espécies de Lírios.
    Um abraço
    Maria

    ResponderEliminar
  18. Olá Maria sou português e também gosto de açucenas as minhas perferidas são as brancas cá em portugal no norte elas estão a desaparecer para pena minha um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Ola
    Maria sou de moçambique e tenho uma açucena vermelha gosto mto dela e gostaria de multiplicalas.obrigada pelos teus ensinamentos.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.