quarta-feira, 9 de setembro de 2020

A Rosa - Poema de Carolina Maria de Jesus




Eu sou a flor mais formosa
Disse a rosa
Vaidosa!
Sou a musa do poeta.
Por todos sou contemplada
E adorada.
A rainha predileta.
Minhas pétalas aveludadas
São perfumadas
E acariciadas.
Que aroma rescendente:
Para que me serve esta essência,
Se a existência
Não me é concernente…
Quando surgem as rajadas
Sou desfolhada
Espalhada
Minha vida é um segundo.
Transitivo é meu viver
De ser…
A flor rainha do mundo.

Carolina Maria de Jesus








8 comentários:

  1. Olá, querida amiga Maria!
    Adoro Carolina de Jesus e o poema que postou.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

    ResponderEliminar
  2. Se quero derreter a minha mulher as rosas são o meio mais eficaz.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde
    Uma magnifica escolha! Fantástica publicação!

    -
    Sonhava ser ...
    -
    Beijos, e um excelente dia

    ResponderEliminar
  4. Una bella poesía en la que nos presenta una rosa arrogante.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  5. "... Rosas e lírios também"

    um poema encantador. gostei de verdade.

    beijo

    ResponderEliminar
  6. Maria,
    Maravilhosos versos!
    Adorei vir ler.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  7. Bom dia querida Maria.
    Vim saber de você, está tudo bem? Saudades amiga !

    Que lindas Aroeira carregadas de frutos, a natureza em sua perfeição nos prsenteia com essas belas imagens.

    Qu bela partilha o poema da Carolina Maria de Jesus. Já li esse poema inúmeras vezes e n;;ao me canso da beleza poética expressa em versos. Adorei reler.

    Bjss

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo