domingo, 5 de junho de 2011

Parque Nacional Canaima – Um Paraíso Perdido


Uma das maravilhas do mundo é o Parque Nacional Canaima, o maior parque da Venezuela. Foi criado em 1962 e declarado património da humanidade pela UNESCO em 1994.




Situado a sul do Rio Orinoco, no Estado de Bolívar, com uma área de 30 mil km², é considerado um dos maiores parques nacionais do mundo. Com os seus inumeráveis rios, quedas de água, lagoas, selvas e savanas e as suas impressionantes formações milenares chamadas de Tepuy, é um mundo à parte.


Foto: http://wallpaperswiki.org


Este parque tem duas áreas muito diferentes. A leste, fica a Grande Savana e, à oeste, encontra-se o Salto Angel e a Lagoa de Canaima, e faz fronteira com o Parque Nacional de Monte Roraima no Brasil.

A Grande Savana constitui uma das maiores atracções turísticas do país, com paisagens que não se encontram em nenhuma outra parte do mundo. Um dos pontos que mais chama atenção na Grande Savana é o "tepuy", montanha com o topo plano e paredes verticais.


Foto: Net


Estas formações pela sua idade geológica são consideradas as mais antigas do planeta. A mais alta é o conhecido Monte Roraima, que também tem parte do seu território no Brasil e na Guiana. Os tepuyes mais conhecidos são: o Auyantepuy (de onde se desprende o salto Ángel), o Roraima, o Chimantá, ou o Kukenan.

Nos cumes dos Tepuys, habita uma quantidade muito importante de espécies endémicas (exclusiva deste ambiente), tanto de animais, bem como vegetais. Entre as espécies mais interessantes estão as plantas carnívoras, que capturam insetos para obter os nutrientes necessários. Entre elas estão: nutans Heliamphora.


Foto: wikipedia


Canaima tem uma fauna riquíssima, onde se pode salientar:
Tatu-gigante (Priodontes maximus), cachorro-d'água-gigante (Pteronura brasiliensis), jaguar (Panthera onca), preguiça-de-dois dedos (Choloepus didactylus), macaco-viúva (Pithecia pithecia), macaco-prego-do-orinoco (Chiropotes satanas), roedor endêmico do tepuy Roraima (Podoxymys roraimae), marsupial endêmico dos cumes tepuyanos (Marmosa tyleriana), harpia (Harpia harpyja), arara-anã (Ara nobilis), catorra-morada (Pionus fuscus), sapo-mineiro (Dendrobates leucomelas), tamanduá- bandeira (Myrmecophaga tridactyla).


Foto: http://wallpaperswiki.org


É um mar verde composto por densas florestas e savanas, com uma flora muito diversificada onde se pode destacar as bromélias e orquídeas.

É no Parque Nacional de Canaima, no Planalto das Guianas, que se encontra a maior cascata do mundo “Angels Falls” (Salto Angel).


Foto: http://galleryhip.com

O seu nome é uma homenagem ao piloto aventureiro americano Jimmy Angel, que a descobriu em 1933, no entanto esta cascata já era conhecida dos indígenas da zona, que a chamavam Kerepakupai-meru ("queda de água até o lugar mais profundo".

Esta queda de água incrível, gerada pelo Rio Churún caí do "Auyantepuy" de uma altura de cerca de 979 metros, é a mais alta cascata do nosso planeta.


Foto: Net


Perto do “Angels Falls” fica a enorme Lagoa de Canaima formada pelo rio Carrao, é de uma grande beleza e convida quem a visita a tomar um refrescante banho nas suas águas. Da lagoa de Canaima, podem ser vistos os saltos Hacha, Wadaima, Golondrina e Ucaima e, ao fundo, vários tepuyes. É possível navegar até a Ilha de Anatoly, de onde se pode ver os saltos do Sapo e do Sapito.

Foto: wikipedia_Jean-Marc _Jo BeLo_Jhon-John's


O parque de Canaima é um lugar fascinante, onde a natureza nos brinda com todo o seu esplêndor e beleza, com uma exuberante vegetação e uma paisagem de sonho, mostrando-nos como o nosso planeta é maravilhoso e como é importante preservar sítios magníficos como este, "Paraísos perdidos".

Fontes e Fotos : wikipedia; http://www.trilhaseaventuras.com.br/; http://venezuela.turismo.travel/; http://wwf.panda.org/about_our_earth/teacher_resources/best_place_species/current_top_10/canaima_national_park.cfm; www.oecoamazonia.com/; http://wallpaperswiki.org; Outros.


Foto: http://galleryhip.com


Viajar é alargar os nossos horizontes, é conhecer novas culturas, novos locais, paraísos perdidos que nos fascinam e encantam e se não o podemos fazer fisicamente, podemos sempre fazê-lo através da fotografia e da leitura, essa será a nossa viajem virtual!

15 comentários:

  1. E eu acompanhei-a nesta viagem virtual com o maior prazer. Deve ser um esplendor de paisagem pelo que as fotos deixam transparecer. E tem razão, viajar é alargar horizontes, é conhecer outros povos, outras gentes e com eles aprender a conhecer melhor a humanidade, a natureza e, em simultâneo, conhecermo-nos melhor de forma a podermos contribuir de uma maneira mais positiva para esta comunidade global onde vivemos.
    Gosto muito de passar por aqui, Maria. Aprendo sempre alguma coisa. Abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Olá.
    Seu trabalho é abraçado em sua ternura.

    O amuleto da sorte para a vida segura

    Para toda a paz.
    Saudações.
    A partir de Saga, no Japão.
    ruma

    ResponderEliminar
  3. Uma semana maravilhosa pra ti minha querida amiga,,,beijos e beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  4. Esta foi uma das viagens mais culturais...
    Adorei as explicações...pois as imagens sempre se vão vendo nos Mails....Mas ...como nasce lá em
    cima, aquele Rio Chírun????Uma maravilha...
    Adorei
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Lindo amiga à verdadeiros paraísos onde pelo menos a mão humana ainda não tem muita interferência, e, que os pode ainda não sabemos por quanto tempo em paz.
    Mas deixe que lhe diga quanto daríamos nós para os poder ver ao vivo.
    Beijinhos de luz e muita paz nos seus dias.

    ResponderEliminar
  6. Minha linda, obrigada pelo carinho tá.
    Como sempre lindo teu post.
    Um amor de natureza... A simplicidade de Deus.
    Belissimo!

    Uma semana maravilhosa de muita paz e amor.
    Bjos mil...

    ResponderEliminar
  7. Nossa Maria, que maravilhosas estas imagens, e o texto também.
    Foi muito legal ler e observar aqui.

    Beijo.
    Fernanda

    ResponderEliminar
  8. Acabo de fazer uma viagem maravilhosa proporcionada pela minha amiga Maria. Belíssimas imagens. Muito obrigado pela partilha.

    Beijos e ótima semana pra ti.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria!

    Além das 7 maravilhas do Mundo! Tomei a liberdade de copiar algumas fotos para mim.
    Desculpe-me pelo atraso, mesmo assim lhe desejo uma semana feliz!

    Tudo de bom para ti!

    ResponderEliminar
  10. Querida Maria, vim agradecer a visita e o comentario gentil e tambem te visitar, de inicio fiquei deslumbrada com tanta beleza, eos textos tambem, Maria agradeço de compartilhar conosco tanta beleza , querida o teu blog é cultura, vemos e aprendemos muito. Um abraço carinhoso, Celina

    ResponderEliminar
  11. Olá, Maria

    Um Parque Natural com dimensões incríveis, 30 mil Km2! E Tudo o que contém, animais, plantas, árvores, formações milenares os Tepuys, quedas de água, e o maravilhoso disto tudo é que é Património da Humanidade.

    Obrigada, Maria, tenha umaboa semana.

    ResponderEliminar
  12. Um mundo deslumbrante!
    ------
    Felicidades
    Manuel

    ResponderEliminar
  13. Minha querida...realmente um paraíso...que beleza fascinante...
    Tenha uma boa semana minha amiga..beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  14. Uma postagem maravilhosa, feita no Dia Mundial do Meio Ambiente!!!
    Lindo, Maria...
    Abraços

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo