sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Ruas tranquilas




Nem sempre conseguimos passear por ruas assim ... tão tranquilas ....






"Apenas desejo a tranquilidade e o descanso, que são os bens que os mais poderosos reis da terra não podem conceder a quem os não pode tomar pelas suas próprias mãos." (René Descartes)







"Não é a riqueza nem a pompa, mas a tranquilidade e a ocupação que dão felicidade." (Thomas Jefferson)

Fotos: Pessoais

4 comentários:

  1. Não tem nada melhor que nos proporcionar um recanto, longe de todos barulhos das grandes cidades.
    Um lugar assim onde se possa andar sem se preocupar com espaços.
    Um lugar de céu azul e caminhos floridos, onde no chão pedras nos olham, como a nos recepcionar,
    lugar que inspira poesia de gente amável.
    Lindo este lugar Maria que voce nos apresenta com um mini paraíso.
    Bom e lindo fim de semana com paz e alegria.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderEliminar
  2. Maria
    Julgo estar em presença de Ruas alentejanas, sempre muito tranquilas, como outras não vi, mesmo em grandes localidades. E a vida me levou, um pouco por todo o pais.
    Os teus poste's, têm sempre a maravilha da simplicidade,
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. eu gosto de confusão, gosto de sair e ter tudo ali ao pe de mim, o supermercado, o jardim para os miudos a piscina, o autocarro, mas sei que a vida é bem diferente de morar assim numa pequena e tranquila terra.
    Que fotos bonitas e com umas cores maravilhosas, o nosso sol faz milagres.
    P-s. eu nunca tinha visto nem agarrado num morcego, penso que ele fosse bebe e se tivesse perdido, pois ficou preso no estor da janela. Guardeio dentro de um frasco e á noite fui solta-lo no jardim, espero qeu tenha encontrado a familia :)
    Beijinhos
    Pinta

    ResponderEliminar
  4. Uma belíssima recolha de imagens, mostrando os maravilhosos cantos e encantos, que o nosso país tem a oferecer!...
    As fotos estão lindas!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.