sábado, 22 de outubro de 2016

Reinvenção - Poema de Cecilia Meireles




A vida só é possível
reinventada.
Anda o sol pelas campinas
e passeia a mão dourada
pelas águas, pelas folhas…
Ah! tudo bolhas
que vem de fundas piscinas
de ilusionismo… — mais nada.
Mas a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.
Vem a lua, vem, retira
as algemas dos meus braços.
Projeto-me por espaços
cheios da tua Figura.
Tudo mentira! Mentira
da lua, na noite escura.
Não te encontro, não te alcanço…
Só — no tempo equilibrada,
desprendo-me do balanço
que além do tempo me leva.
Só — na treva,
fico: recebida e dada.
Porque a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

Cecília Meireles


12 comentários:

  1. Bom dia
    Obrigado pela mensagem. Por vezes começo a pensar:
    O poeta tem razão, pois a vida tem de ser reiventada em cada dia.
    Desejamos para toda a Família um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida a vida é um eterno reinventar ,desejo-lhe um sábado muito feliz ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  3. Bem lindo! Obrigada pela partilha.

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Maria
    Belo, muito belo poema de Cecília Meireles. A postagem dá bem conta da tua sensibilidade, vejamos: "de ilusionismo… — mais nada.
    Mas a vida, a vida, a vida,
    a vida

    a vida só é possível
    reinventada. "

    Por favor veja e comente o post
    Cidade de Fortaleza – Tratado de Taborda
    http://amornaguerra.blogspot.pt/
    BRASIL: SORRISO DE DEUS.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Olá Maria.
    Que belo. Amei!
    Beijos... Fátima.

    ResponderEliminar
  6. Maravilhoso poema de Cecília Meireles.
    Bjs Maria Rodrigues e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. A Vida, ela se esgueira
    Para não ser apanhada.
    Não fosse tão rotineira
    E não seria dourada.
    A Vida, tem-na quem queira
    Ou dela não terá nada.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  8. ✿゚ه° ·.
    Sou apaixonada pelas poesias de Cecilia Meireles desde que comecei a frequentar a escola.
    Essa poesia e essa ilustração... são um sonho!!!

    Bom fim de semana com tudo de bom!
    Beijinhos.
    ✿゚ه° ·.

    ResponderEliminar
  9. Também gosto muito da poesia da Cecília, beleza
    aqui acrescida de muito bom gosto estético.
    Beijinhos
    ~~~~

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.