terça-feira, 13 de setembro de 2011

Renúncia - Poema de Florbela Espanca


A minha mocidade há muito pus
No tranquilo convento da tristeza;
Lá passa dias, noites, sempre presa,
Olhos fechados, magras mãos em cruz...

Lá fora, a Noite, Satanás, seduz!
Desdobra-se em requintes de Beleza...
E como um beijo ardente a Natureza...
A minha cela é como um rio de luz...

Fecha os teus olhos bem! Não vejas nada!
Empalidece mais! E, resignada,
Prende os teus braços a uma cruz maior!

Gela ainda a mortalha que te encerra!
Enche a boca de cinzas e de terra
Ó minha mocidade toda em flor!

Florbela Espanca

8 comentários:

  1. MARIA, lindíssima imagem e um dos emocionantes poemas da sofrida Florbela.

    Paloma

    ResponderEliminar
  2. Maria querida
    Eu e o meu "folha seca" falamos imensas vezes que a mulher nasceu para sofrer.
    Florbela transmite-nos o que é realmente a mulher.
    Adorei o poema um dos mais emocionantes.
    Beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  3. Minha querida

    Um poema lindo de Florbela que eu ADORO e uma imagem muito a condizer, como sempre a sensibilidade mora aqui.

    Um beijinho com carinho
    Rosa

    ResponderEliminar
  4. Poema lindíssimo de Florbela Espanca, sempre com sentimentos fortes e cheio de sensibilidade.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria
    depois do descanso volto a visitar os amigos.E seu blog é imperdível.
    Adorei ler sobre Lagos, deu vontade ir ver de perto.
    Muito bem elaborado, falaste de tudo um pouco , as prais belíssimas .
    Florbela Espanca também gosto muito, ganhei um livro dela de um amigo blogueiro e sinto pelos seus poemas que foi uma mulher determinada , forte e sofrida.
    Bonito o poema da mocidade, quase um lamento pelo que nao volta mais.
    abraços Maria
    fique bem!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.