quinta-feira, 18 de março de 2010

Ai, quem me dera - Poema Vinícius de Moraes


Ai quem me dera, terminasse a espera
E retornasse o canto simples e sem fim...
E ouvindo o canto se chorasse tanto
Que do mundo o pranto se estancasse enfim

Ai quem me dera percorrer estrelas
Ter nascido anjo e ver brotar a flor
Ai quem me dera uma manhã feliz
Ai quem me dera uma estação de amor

Ah! Se as pessoas se tornassem boas
E cantassem loas e tivessem paz
E pelas ruas se abraçassem nuas
E duas a duas fossem ser casais

Ai quem me dera ao som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afins
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim

Ai quem me dera ouvir o nunca mais
Dizer que a vida vai ser sempre assim
E finda a espera ouvir na primavera
Alguem chamar por mim...

Vinícius de Moraes

9 comentários:

  1. Amigos, obrigado a todos pelas vossas mensagens
    bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pela visita carinhosa amiga.

    Uma delícia aqui chegar e ser recepcionada
    com este belo poema de Vinícius!

    Um dia lindo para você!

    Grande abraço, querida!


    Arnalda Rabelo

    ResponderEliminar
  3. Passando aqui no seu maravilhoso Blog para deixar meu carinho..
    Adorei este poema, comungando divinamente com as imagens,hoje, dia do meu niver, o li como um presente .
    Vim também agradecer sua visita, seu comentário e carinho.
    Obrigada! Tenha um lindo dia!

    ResponderEliminar
  4. *
    ai porque não deu,
    conhecer á mais tempo,
    o teu cantinho ?
    ,
    conchinhas, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  5. Olá, querida!

    Obrigada por compartilhar este espaço acolhedor, repleto de sensibilidade e beleza...

    Com todo meu carinho.
    Helena

    ResponderEliminar
  6. Maria,
    Muito obrigada pela sua visita em meu cantinho.
    Adorei o seu também.

    Tenha uma excelente tarde.
    beijos

    ResponderEliminar
  7. Olá Maria! Obrigado pela visita e pelo simpático comentário. Espero continuar a merecer tão motivadoras palavras. Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Querida Maria;
    É sempre uma grande alegria vir aqui e tb receber sua visita lá no meu recanto de poesias e palavras minhas... Vinícius sempre será Vinícius, um eterno apaixonado... E "Dizer que a vida vai ser sempre assim
    E finda a espera ouvir na primavera
    Alguem chamar por mim...". Quem sabe a própria primavera? Linda noite pra vc! Abraços com carinho e fique com Deus!!!

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria

    Obrigada pela visita ao meu cantinho e pelas palavras bonitas.


    Um abraço

    Ana isabel

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.