sábado, 8 de dezembro de 2018

Coragem - Padre Fábio de Melo





Tens o dom de ver estradas
Onde eu vejo o fim
Me convences quando falas
Não é bem assim
Se me esqueço, me recordas
Se não sei, me ensinas
E se perco a direcção
Vens me encontrar

Tens o dom de ouvir segredos
Mesmo se me calo
E se falo me escutas
Queres compreender
Se pela força da distância
Tu te ausentas
Pelo poder que há na saudade
Voltarás

Quando a solidão doeu em mim
Quando meu passado não passou por mim
Quando eu não soube compreender a vida
Tu vieste compreender por mim

Quando os meus olhos não podiam ver
Tua mão segura me ajudou a andar
Quando eu não tinha mais amor no peito
Teu amor me ajudou a amar

Quando o meu sonho vi desmoronar
Me trouxeste outros pra recomeçar
Quando me esqueci que era alguém na vida
Teu amor veio me relembrar

Que Deus me ama, que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz
Que me diz: Coragem

Que Deus me ama, que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz

Que me diz: Coragem



Padre Fábio de Melo



15 comentários:

  1. O nosso amado Padre Fábio de Melo sempre com palavras sublimes.
    Muito lindo amiga Maria Rodrigues.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite. Poema excelente. Obrigada pela partilha e pela escolha:))

    Hoje : Banho de Amor em Serenas Águas. {Poetizando e Encantando}
    Bjos
    Votos de uma boa noite e um óptimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Que belo poema, Maria, gosto imensamente do Padre Fábio, sempre coerente, sensível, moderno.
    Ótima esta tua partilha, e a foto está fantástica, uma paisagem de paz.
    Beijinho, um ótimo domingo!

    ResponderEliminar
  4. a imagem está fantástica, uma paisagem imponente e um belo poema
    abraços

    ResponderEliminar
  5. Muy hermoso poema nunca estamos solos si nos sentimos bien con nosotros mismos.Preciosa imagen. Un abrazo feliz domingo

    ResponderEliminar
  6. Um poema e muita meditação! Coragem é fator primordial de fé!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Maria um maravilhoso poema acompanhado de uma linda imagem, Maria tenha um ótimo domingo bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  8. Que poema tão belo!! Estou rendida... Obrigada pela partilha!!

    Beijos e um excelente Domingo!

    ResponderEliminar
  9. Hello Maria,
    what a beautiful poem is this!
    For me now also recognizable. Together with a beautiful image it is a great whole.
    A big hug

    ResponderEliminar
  10. Thank you for sharing the image and poem.

    All the best Jan

    ResponderEliminar
  11. Um poema maravilhoso sobre o tema, que eu desconhecia, por completo, e que adorei descobrir!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  12. Uma composição que nos remete a refletir palavras verdadeiras que nos anima a caminhar com coragem. Pe Fábio sempre nos presenteia com maravilhosas falas.

    Bom dia de erça querida.
    Bjss

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo