domingo, 5 de julho de 2015

Soneto




Canta. Busca na vida o que é perfeito.
Olha o sol e não queiras outro guia.
Sonha com a noite e absorve, aspira o dia,
Tal uma flor que te florisse ao peito.

Da terra maternal faze o teu leito.
Respira a terra e bebe o luar. Confia.
Faze de cada pena uma alegria
E um bem de cada mal insatisfeito.

Colhe todas as flores do jardim,
Todos os frutos do pomar e enfim
Colhe todos os sonhos do universo.

Procura eternizar cada momento,
Fecha os olhos a todo o sofrimento
E terás feito a carne do teu verso.

Fernanda de Castro

8 comentários:

  1. Oi querida amiga, que lindo!!! Adorei a imagem!!
    Amiga, você está melhor? E sua mãe?? Espero que sim!!
    Tenha uma excelente semana, beijos e fiquem com Deus!!

    ResponderEliminar
  2. Lindo poema e pintura!

    Tem um boa semana Maria.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Mais um belo achado de Fernanda Castro: Lindo poema ( procure eternizar cada momento )
    E assim seguir nosso destino, vivendo cada momento, momentos únicos, belo. Beijinhos Maria e tenha uma semana abençoada.

    ResponderEliminar
  4. Gosto do poema, mas gosto ainda mais da tela que postaste. Boa semana.
    Pinta

    ResponderEliminar
  5. Lindo soneto de Fernanda de Castro e a imagem também.
    Bjs Maria Rodrigues e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Uma bela escolha poética.
    Gostei do soneto.
    Maria, tenha uma boa soa semana.
    Saudações poéticas.

    ResponderEliminar
  7. Que escolha maravilhosa, Maria!
    Um post absolutamente encantador!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo