sábado, 18 de julho de 2015

Oração




Dai-me a alegria
do poema de cada dia.
E que ao longo do caminho
às almas eu distribua
minha porção de poesia
sem que ela diminua...
Poesia tanta e tão minha
que por uma eucaristia
possa eu fazê-la sua.
"Eis minha carne e meu sangue!"
A minha carne e meu sangue
em toda a ardente impureza
deste humano coração...
Mas, ó Coração Divino,
deixai-me dar de meu vinho,
deixai-me dar de meu pão!
Que mal faz uma canção?
Basta que tenha beleza...


Mário Quintana




7 comentários:

  1. Amei passear aqui!
    Um bom fds!
    Bjssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  2. Bom dia
    Maravilhosa poesia!!

    Tenha um excelente Domingo
    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Que oração linda Maria!
    Vou levar comigo cara amiga.
    Um grande beijo no coração e bom domingo para vocês.

    ResponderEliminar
  4. oi minha amiga,

    tenho passado tão pouco por aqui,
    saudades e que linda sua escolha...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Que bela escolha! E Deus ouviu suas preces. As palavras de Mário Quintana são encantadoras. Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Maria, amo Mário Quintana! Não conhecia esse poema...
    Tem uma frase dele que diz " Não importa saber se a gente acredita em Deus... O importante é saber que Ele acredita na gente..."
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Que partilha encantadora!...
    Adorei, Maria!!!!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo