quinta-feira, 16 de junho de 2016

Abriu-se a Janela - Poema de Cecília Meireles




Abriu-se a janela
que existia no ar.
Ninguém viu posar
qualquer sombra nela.
Entre o lago e a lua,
sozinha subia
uma arvore fria,
delicada e nua.

E, de galho em galho,
andavam as loucas,
com cestas e toucas,
em busca de orvalho.

Azuis, os vestidos,
e o rosto coberto
de um luar incerto
- com os traços perdidos.

(Certamente para
que ninguém lembrasse
a dorida face
que amara e chorara...)

As loucas nos ramos
brincavam. E havia
no ar essa alegria
que nunca alcançamos.

Pela madrugada,
desfez-se a janela.
Partiram, com ela,
as sombras do nada.



Cecília Meireles




12 comentários:

  1. O maior exponente da poesia feminina brasileira. Ótima! Beijos, Maria.

    ResponderEliminar
  2. Maria...a janela foi aberta
    pela poetisa e decorada com um belo registo!!!
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Que poema maravilhoso. Os versos da Cecília nos tocam de forma ímpar
    Um bom dia para você
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Maria mais um belíssimo poema da Cecília Meireles, amei a imagem, Maria bjs.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Belo demais! Obrigada e parabéns pela escolha!

    Dia feliz. Beijo!

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderEliminar
  6. Cecília Meirelles nos encanta com seus poemas dóceis.
    Linda escolha Maria Rodrigues.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Belo poema querida amiga ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  8. Oi Maria!
    Eu sou fã da Cecília Meireles e esse poema é lindo!
    Mais uma bela escolha!
    Bjssss amiga

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria!
    Um poema lindo!!!!
    Bom fim de semana
    Bjs.
    Linda

    ResponderEliminar
  10. Como sempre, uma maravilha ler Cecília...
    Lindíssima escolha!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.