sábado, 28 de novembro de 2015

Romãzeira – Punica granatum




Dos meus passeios pelo Parque das Nações deixo hoje as flores da Romãzeira.






São originárias do Médio Oriente, pertencem à família Lythraceae, o seu nome científico é Punica granatum e tem como nomes populares: Romãzeira, romeira ou romanzeira.




A romãzeira é uma árvore com um ciclo de vida perene.

Evolução do inverno ... à primavera ...







A sua altura pode ir de 2 a 5 metros. As sua flores são vermelho-alaranjadas em forma de coroa.




Solo e regas: solos férteis e ricos em matéria orgânica. Gosta de água mas não de solos encharcados.

Luz: Devem ser cultivadas a pleno sol.




O seu fruto, a romã, é utilizada desde a antiguidade e simboliza o amor, a vida, a união, a paixão, o sagrado, o nascimento, a morte e a imortalidade.




Na Mitologia Grega, a romã era atributo das deusas Hera, deusa das mulheres, do casamento e do nascimento, e Afrodite, deusa da beleza, do amor e da sexualidade, sendo uma fruta associada ao rejuvenescimento.

Nos textos bíblicos a romã simboliza a unidade e a vida eterna. 




Texto: Wikipedia; http://www.dicionariodesimbolos.com.br; www.plantasonya.com; www.jardineiro.net/;
Fotos: Pessoais.

6 comentários:

  1. Gostei de ficar a saber mais sobre a romã e gostei muito das fotografias.

    ResponderEliminar
  2. que linda , que lugar mágico lindo /lindo
    que delícia poder conhecer mesmo atraves de postagem
    obrigada pela oportunidade
    forte abraço
    elisa

    ResponderEliminar
  3. Gostei de saber... não conhecia a flor...
    ... como a fruta, aqui, é muito cara, geralmente só é consumida na passagem de ano para trazer prosperidade...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. Quero agradecer pelas fotos de arte e beleza encantadora e o texto que acompanha
    é rico de informações.
    Foi um presente para mim, os meus olhos passeando por este caminho de
    beleza divina, querida Maria!
    Desejo um domingo luminoso e florido...
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Engraçado nunca consegui ter romãzeira no quinta dos meus pais ,morrem sempre ,muito beijinhos felicidades

    ResponderEliminar
  6. Adorei as imagens!... E o contraste das estações do ano... cada uma com uma beleza, muito própria...
    Tenho uma, em miniatura, aqui em casa...
    E adoro esta fruta!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.