quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Homenagem do poeta Antônio Lídio Gomes a Mário de Sá Carneiro


Homenagem do poeta brasileiro Antônio Lídio Gomes do Blog “Vozes de minha Alma” a Mário de Sá Carneiro, deixada no meu humilde cantinho e por si publicada AQUI.



Mário de Sá Carneiro – 1890-1916

Minha alma silenciosa vê tua fotografia...
Senti uma dor, tão estranha e piedosa,
De sentimentos ocultos que eu nutria;
Por tua vida de tormento, fatalista ansiosa...

Em teu rosto sereno, delineado em tristeza,
Minh’alma se derrama daquilo que sentia
E tanta compaixão por ti, de uma pureza,
Ao me envolver em doce e sutil melancolia...

Dar-lhe-ia beijos em teu rosto, de amor angélico
Com o mais profundo amor de um irmão,
Com sentimentos embalados por singela poesia...

Mas tua presença, em meu coração me basta
Que na tua ausência, do poema leio, pressinto
E uma saudade, que me prende e me arrasta...

Antônio Lídio Gomes

Antônio, é um poeta maravilhoso que escreve com sensibilidade, força e alma, cativando com as suas lindissimas poesias quem o lê. Merece sem sombra de dúvidas uma visita.





"Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas."(Federico lorca)

12 comentários:

  1. Uma homenagem muito linda, parabéns a você e ao poeta Antônio, do qual também sou leitor.Beijos

    ResponderEliminar
  2. Lindíssima homenagem e merecida! beijos,chica

    ResponderEliminar
  3. Querida Maria

    Sou uma seguidora convicta de António Lídio Gomes e adoro a sua poesia, escrita com alma e coração.

    Achei este poema dedicado a Mário Sá-Carneiro de uma sensibilidade rara, homenagem de um poeta a outro poeta.

    Parabéns ao Antônio, e também à Maria pela homenagem.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. Amiga hoje só passei para lhe deixar um beijinho muito grande e extensivo ao seus queridos paizinhos, que Deus vos bendiga sempre...

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria que lindos os versos desse poeta.Quanta sensibilidade com as palavras. Adorei! Uma homenagem muito bela, merecida. Parabéns!
    Antônio Lídio Gomes. Beijos querida!

    Smareis

    ResponderEliminar
  6. Maria querida
    Hoje vim tarde, mas aqui estou para aplaudir de pé.
    Bem-hajas minha amiga
    Beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  7. Que lindo, Maria!
    Gostei do poema e da imagem..ambos são belíssimos.
    Beijo e boa noite.
    Com carinho,
    Mara

    ResponderEliminar
  8. Querida amiga
    Hoje eu vim pensando um pouquinho em meu sonho
    por favor clique no Link

    http://www.mariaalicecerqueira.com/2011/08/prezado-amigo-leitor-e-seguidor-me.html

    Muito obriga de coração

    abraço amigo
    atenciosamente Maria Alice

    ResponderEliminar
  9. Maria,
    que sutil e agradável homenagem.
    Sempre uma boa surpresa vir aqui.
    Abraço!

    ResponderEliminar
  10. Minha querida, fico lisongeado por ter publicado o poema, e acima de tudo fica em memória deste rapaz que foi um digno representante da literatura lusófona.
    Um fraterno abraço, minha admiração sempre.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Sem dúvida!!! Realmente uma lindíssima poesia!!!

    ResponderEliminar
  12. Olá, amiga Maria. Bom dia! Belissima homenagem ao amigo Lidio... o qual vejo um grande poeta. Uma sensibilidade e leveza em cada verso. Obrigada por partilhar tão belo poema! Um ótimo fim de semana e todo carinho a vc e os seus. Beijinhos!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.