01/02/2023

Poema As Estrelas de Mário Quintana





Foram-se abrindo aos poucos as estrelas...
De margaridas lindo campo em flor!
Tão alto o céu!... Pudesse eu ir colhê-las...
Diria alguma si me tens amor...

Estrelas altas! Que me importam elas?
Tão longe estão!... Tão longe deste mundo...
Trêmulo bando de distantes velas
Ancoradas no azul do céu profundo...

Porém meu coração quase parou,
Lá foram voando as esperanças minhas
Quando uma, dentre aquelas estrelinhas,

Deus a guie! Do céu se despencou...
Com certeza era o amor que tu me tinhas
Que repentinamente se acabou!...


Mario Quintana,
in A cor do invisível




16 comentários:

  1. Lindíssimo como seria de esperar deste autor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Todella kaunista kiitos Maria 💕

    ResponderEliminar
  3. Adoro Quintana! Linda escolha! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Maria que lindo o poema do Mário Quintana, bjs.

    ResponderEliminar
  5. Um poema lindo, assim como é o céu cheio de estrelas. Quintana é 10 demais!
    Lindo Fevereiro para você, Maria, transbordante de paz, saúde e inspirações.

    ResponderEliminar
  6. Um poema muito bonito-. Obrigada pela partilha!
    .
    Coisas de uma Vida...
    .
    Beijos
    Uma excelente tarde!

    ResponderEliminar
  7. Me ha gustado mucho este poema.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  8. Tanto as flores nos encantam. Sempre encantaram! :)

    Cumprimentos,
    Cantinho dos Poemas de Criança 👦.

    ResponderEliminar
  9. Always lovely to see stars.
    Thank you for sharing this lovely poem.

    Happy February wishes.

    All the best Jan
    https://thelowcarbdiabetic.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. É um lindo soneto do M Quintana.
    Eu tenho para mim que a Cecília Meirelles foi o amor platónico de toda a sua vida...
    Beijinhos
    ~~~~

    ResponderEliminar
  11. Um belo e comovente poema! Para ler e reler!
    Magnifica escolha, Maria!
    Um beijinho!
    Ana

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo