sexta-feira, 23 de abril de 2010

Rosa sem Espinhos - Almeida Garret



Para todos tens carinhos,
A ninguém mostras rigor!
Que rosa és tu sem espinhos?
Ai, que não te entendo, flor!

Se a borboleta vaidosa
A desdém te vai beijar,
O mais que lhe fazes, rosa,
É sorrir e é corar.

E quando a sonsa da abelha,
Tão modesta em seu zumbir,
Te diz: «Ó rosa vermelha,
Bem me podes acudir:

Deixa do cálix divino
Uma gota só libar...
Deixa, é néctar peregrino,
Mel que eu não sei fabricar ...»

Tu de lástima rendida,
De maldita compaixão,
Tu à súplica atrevida
Sabes tu dizer que não?

Tanta lástima e carinhos,
Tanto dó, nenhum rigor!
És rosa e não tens espinhos!
Ai !, que não te entendo, flor.

Almeida Garrett, in 'Folhas Caídas'



10 comentários:

  1. Pois é todas as rosas têm espinhos...mas
    também todas são bem perfumadas.
    Gostei de estar aqui. Beijinho/Irene/Portugal

    ResponderEliminar
  2. Maria...minha flor amiga...que poema sensível...belo...
    Sempre muito bom vir aqui te visitar amiga...adorei suas palavras lá no meu cantinho...
    Beijos...
    Valéria

    ResponderEliminar
  3. Oi Maria, obrigada pela visita no meu blog, será um prazer compartilhar um pouco das divagações com você...eu sou uma rosa e tenho muitos espinhos ahhh se tenho....
    Lindo poema, não tinha lido nada deste autor ainda..
    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Toda a rosa tem espinhos...mas a rosa de Almeida Garret só tinha "espinhos" para quem ela queria...
    Há muito que não lia este poema que é lindissimo.
    Beijo amigo
    Graça

    ResponderEliminar
  5. Lindos versos, linda imagem, seu blog é um show!
    Grande abraço!
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  6. Querida venho deixar meu abraço e beijinhos de luz, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. Vim agradecer o dizer lindo
    que ficou lá no bailado
    mesmo ali ao lado :)
    aqui cheira a poesia
    coração doce enfeitado
    muito bem decorado
    hoje com rosas de poeta
    que um todo completa...

    fica um beijo de carinho
    bom fim-de-semana com solinho :)

    ResponderEliminar
  8. Olá Maria!
    Agradeço sua visita e seu comentário!
    Gostei muito do seu blog.
    Belo poema!
    Um abraço e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria, muito grato pela sua visita e pelas palavras no meu blog....
    Belo poema...Espectacular....
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Este blog também é show!
    Parabéns pelo capricho e dedicação, Maria! Lindo demais!
    Bjkas, muitas!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo