segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Países Baixos (Holanda) - Netherlands


Viajar sem sair de casa
Por vezes não é possível viajar, as razões podem ser várias, falta de dinheiro, de saúde, idade avançada, enfim podem existir diferentes factores e motivos. No entanto, isso não deve ser impeditivo de conhecer novos locais e costumes, podemos viajar sem sair da nossa cadeira, vendo fotografias que nos transportam, se assim a nossa predisposição quiser, a lugares longínquos.
Para todos os que gostam de viajar, nem que seja através da imaginação, vou passar a colocar no meu blog fotos e informações, que nos vão permitir conhecer um pouco mais outras terras e culturas.


Hoje vamos viajar até … HOLANDA - Netherlands.

Boa viagem!

Foto: http://1ms.net

Os Holandeses costumam afirmar orgulhosos que Deus criou o mundo e os holandeses, a Holanda. Eles fizeram um milagre com seu terreno pantanoso, construindo diques, criando terras férteis e erguendo cidades.

A Holanda – cuja denominação oficial é a de Países Baixos, compreendendo a Holanda do Norte e a Holanda do Sul – faz fronteira com a Bélgica a Sul, a Alemanha a Leste e o Mar do Norte, a Norte e Oeste, sendo um país “conquistado ao mar”.




A capital é Amesterdão ( Amsterdam) e a maior cidade dos Países Baixos, situada na província Holanda do Norte. Seu nome é derivado de uma represa (dam) no rio Amstel, o rio onde fica a cidade. A cidade é conhecida por seu porto histórico, seus museus de fama internacional, a Rua vermelha (Red Light District), seus coffeeshops liberais, e seus inúmeros canais que levaram Amesterdão a ser chamada a "Veneza do Norte".


Foto: Pessoal

PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS:
Museu Van Gogh, Museu Marítimo (Scheepvaart Museum), Casa de Ana Frank, o Stedelijk Museum com obras de Monet e Cèzanne, o Rijksmuseum com diversas obras do famoso pintor Holandês Rembrandt, Oudekerk, igreja em plena zona vermelha, o Palácio Real de Amesterdao encontra-se frente ao Monumento Nacional de Dam, entre outros.

 Foto: Pessoal

Um aspecto notável do país é o fato de ser extremamente plano. Aproximadamente metade do território fica a menos de 1 metro acima do nível do mar, e boa parte das terras estão, de facto, abaixo do nível do mar. O ponto mais alto, Vaalserberg, na fronteira sudeste, localiza-se a uma altitude de 321 m. Muitas áreas baixas estão protegidas por diques e barragens. Partes dos Países Baixos, inclusive quase toda a moderna província da Flevolândia, foram conquistadas ao mar - estas áreas são conhecidas como polderes.


Foto: Pessoal

As quatro maiores cidades (Amsterdam, Rotterdam, Haia e Utrecht) formam os limites da assim chamada "Randstad", uma região em forma de círculo com a maior concentração da população urbana do país e ao mesmo tempo o seu coração económico.

Os holandeses são conhecidos pelos seus diques, tulipas, moinhos, tamancos e sua tolerância social.

Foto: Pessoal

Os Moinhos são uma vista comum em toda a Holanda e tem sido usados desde o século 14 para bombear água das terras abaixo do nível do mar, conquistar mais terreno mar adentro, permitindo aumentar o território da Holanda com a construção de novos diques, mas também para moer trigo, cacau, no preparo da cerâmica e em muitas outras actividades do dia a dia.

Foto: Pessoal

Embora Amsterdão seja a capital constitucional, Haia tem a sede do governo, a residência real e a maior parte das embaixadas.

Haya (Den Haag ou 's-Gravenhage em holandês)
Apesar de não ser formalmente a capital do país, Haia é de facto a capital política da Holanda (desde o século XIII) sendo a sede do governo e parlamento, além de albergar a residência da Família Real. O centro histórico concentra-se em redor do Binnenhof, o complexo governativo onde se situa o Parlamento holandês, e do lago adjacente, o Hofvijver.

Roterdão (Rotterdam )
É a segunda maior cidade da Holanda, e o maior porto do mundo através da utilização do estuário do Reno para interface marítimo de transporte entre a Europa e o resto do mundo. Roterdão é uma cidade predominantemente moderna com arquitectura de vanguarda, o que é facilmente observável na zona de Weena e, por exemplo, nas modernas casa cúbicas Kubuswoningen. Partes do porto e antigos armazéns foram transformados em luxuosos apartamentos.


 Foto: wikipedia_Cmglee


A Holanda Um País conhecido por suas tulipas, moinhos de vento, cultura, artes e arquitetura. Pode ser um país pequeno, mas está sempre na vanguarda social, cultural e económica, criando leis liberais.
 
Poderá ver este post completo no meu blogue "Viajar é Alargar os nossos Horizontes" em: Países Baixos (Holanda)  - Netherlands

Fontes: “Wikipédia”, "Europa em Viagem”, “Amsterdam tourism”, , “Discovery Holanda”, Enciclopédia Larousse, http://1ms.net; http://hdw.eweb4.com; Foto: 1zoom.net; Fotos pessoais; outros net.


2 comentários:

  1. Adorei tudo...vc é uma pessoal especial por ter criado tudo isto de forma tão singela e agradável... Sou brasileira, resido próximo a capital de S.Paulo e tb sou descendente de portugueses. Minha avozinha materna era de trás dos montes- tanto que meu nome é de origen portuguesa =Palmira.
    Gostaria de que vc -se pudesse - add ao seu blogo para poder receber novas mensagens.
    Fica com Deus - um abraço
    Palmira Maria Moreno

    ResponderEliminar
  2. Amiga, Obrigado pelas suas doces palavras, é sempre muito bom ver que apreciam o nosso cantinho.

    Eu lamento muito mas não consigo adicioná-la, você é que terá de carregar onde diz "seguidores" e depois tornar-se minha seguidora.

    Volte sempre, terei imenso prazer em vê-la por aqui.

    bjs do tamanho do infinito
    Maria

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo