quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Visita ao Santuário de Fátima




Todos os anos gosto de ir visitar o Santuário de Fátima, mas este ano tinha um motivo muito especial, queria principalmente agradecer a recuperação do meu genro Fábio.




Começamos por visitar a basílica Nossa Senhora de Fátima ( Basílica do Rosário ), normalmente está repleta de pessoas, mas como fomos bem cedo deu para apreciar e rezar calmamente.











O Pedro estava a acampar, por isso não foi connosco. O dia estava muito encoberto mas até foi bom pois assim não estava muito calor.






A torre sineira da Basílica tem 65 m de altura, sendo rematada por uma coroa de bronze de 7000 kg, foi construída na fundição do Bolhão, Porto, e está encimada por uma cruz, que se mantêm iluminada durante a noite. O carrilhão é composto por 62 sinos, fundidos e temperados em Fátima por José Gonçalves Coutinho, de Braga. O maior sino pesa 3.000 Kg e o badalo 90 Kg.




O relógio é obra do artista Bento Rodrigues, de Braga.




De cada um dos lados da Basílica as colunatas são uma obra do arquiteto António Lino. É constituída por 200 colunas e 14 altares. Nos retábulos dos altares vêem-se as 14 estações da Via-Sacra, executadas em cerâmica policromada, da autoria do ceramista Lino António (1898-1974).








Capelinha das Aparições



 


Cada um cumprindo as suas promessas. Rezei e pedi por Todos.






Seguimos em direçao da Cruz Alta, uma obra do artista Robert Schad que tem 34 metros de altura.






Fomos até à Basílica da Santíssima Trindade. Todos os anos vamos a Fátima e nunca tinhamos visitado a Basílica. Tem mais de 8.000 lugares sentados e 40.000 m2. É uma obra da autoria do arquitecto grego Alexandros Tombazis.






Saímos e descemos para o piso inferior da Basilíca da Santíssima Trindade, onde ficam as Capelas da Reconciliação, da Morte de Jesus, da Ressurreição de Jesus e do Santíssimo Sacramento.





Fomos visitar a exposição "Terra e Céu - Peregrinos e Santos de Fátima"











"Os Cavaleiros do Apocalise" pintura de Emília Nadal









Caminhos ...





Estátua do Papa João Paulo II, uma obra do artista polaco Czeslaw Dzwigaj.




Passeando ...






Junto a uma parte do Muro de Berlim





O Presépio de autoria do escultor José Aurélio.





Esculturas de Francisco e Jacinta obra da artista Graça da Costa Cabral








Em Fátima rezei por Todos!


8 comentários:

  1. Bom dia, Maria

    Também eu todos os anos vou a Fátima. Mas desta vez fomos na noite da procissão das velas, eu ainda com o meu joelho trôpego pensei que as coisas iam correr mal. Felizmente, tudo correu bem na Santa Paz.

    Obrigada por estas lindas imagens e todos esses pormenores e a informação dos artistas que realizaram obras tão lindas.

    Boa quarta-feira.

    Bjs
    Olinda

    ResponderEliminar
  2. Linda visita e obrigado pelas rezas! Fotos belíssimas dessa abençoada missão! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. é uma calma tão grande, uma paz...
    Não sei se cinhecem o museu da vida de cristo, com personagens em tamanho real. É lindissimo e quando vou a fátima é lugar obrigatório.
    Beijinhos boa semana.
    Pinta.

    ResponderEliminar
  4. SIMPLESMENTE DIVINO!
    OBRIGADA

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Que belíssimas fotos Maria.
    Lugar lindo e muito abençoado!
    E o mundo precisa tanto de orações!
    Amei, obrigada!
    Beijos, uma ótima tarde!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  6. Um lugar de paz e oração ,que bom que tudo correu bem com o seu genro ,pois estive lá o ano passado ,e se tudo correr bem com a graça de Deus lá estarei em 2017 no dia 13 de Maio nos 100 anos ,muitos beijinhos no coração querida amiga

    ResponderEliminar
  7. Um momento de silêcio para rezar
    abraço

    ResponderEliminar
  8. Maria, já vi tantas fotos deste santuário, mas nunca com tão ricos detalhes. O que te agradeço muito, já que estou tão distante. Encantada!
    Que bom que não estava um dia tão quente e desejo todas as melhoras ao seu genro Fábio.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.