domingo, 3 de novembro de 2013

Cantiga - Poema de Manoel Bandeira


Nas ondas da praia
Nas ondas do mar
Quero ser feliz
Quero me afogar.

Nas ondas da praia
Quem vem me beijar?
Quero a estrela-d'alva
Rainha do mar.

Quero ser feliz
Nas ondas do mar
Quero esquecer tudo
Quero descansar.



Manoel Bandeira




24 comentários:

  1. Belo alvorecer amiga querida !
    O poema de Manoel Bandeira nos pede a paz dentro dos seus versos...
    bjs de boa noite !

    ResponderEliminar
  2. Bom ler Manuel Bandeira novamente! beijos,tudo de bom que tudo que bem por aí! chica

    ResponderEliminar
  3. oi minha amiga,

    o mar me faz sentir tão bem...
    linda escolha!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A procura da paz nas ondas da felicidade...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Minha amiga

    Belo poema, envolto na magia do mar.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  6. Lindíssimo poema, Maria! Ser feliz, descansar, AMAR!!!

    Uma Boa Semana... Beijinhos e abrações...

    ResponderEliminar
  7. Lindo! Nas ondas do mar podemos descansar, lavar a alma... Há um frescor de bálsamo nas ondas do mar.
    Tenhas uma iluminada e abençoada semana. Grande beijo!

    ResponderEliminar
  8. Que nunca me sinta sozinha
    nem afastada das pessoas
    que amo.
    Peço sabedoria para perceber
    a presença de Deus
    em todos os corações humanos.
    Que minha presença no seu blog
    eu venha semear somente a paz,
    Que todas visitas , que eu realizar
    eu deixe uma semente , que ao
    germinar seja somente esperança
    a nascer fazendo da sua vida
    um mundo de infinita paz.
    Que a fé manifeste a cada dia maior,
    e você seja mais um anjo a manifestar
    evolução mostrando o poder ,
    que existe no amor de Deus.
    Uma abençoada semana.
    Beijos ,Evanir.

    ResponderEliminar
  9. Querida amiga Maria
    Gosto muito de Manoel Bandeira. A poesia dele tem em mim um efeito... calmante.
    E o mar... nem se fala! Adoro!

    Votos de uma semana muito feliz.
    Beijinhos
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderEliminar
  10. Oi querida. Um lindo poema, que ilustra e embeleza este blog.
    Um abraço, bjs.

    ResponderEliminar
  11. Oi querida. Um lindo poema que ilustra e embeleza este blog.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  12. Ler um poema de Manoel Bandeira, é ter momentos de boa poesia.

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Um grande poeta nos deixa sempre a querer mais.
    Teu blog é muito bonito e transpira paz.

    Obrigada querida amiga por ter passado em meu cantinho.

    Beijo e ótima semana

    ResponderEliminar
  14. A suavidade das cores do seu blog, com a dose calmante da poesia e do mar.
    Possui este dom Maria. Di-lo-ei sempre!
    Abraço com saudades!

    ResponderEliminar
  15. E tudo na natureza foi feito para deleite nosso...para apreciar...para descansar...para sossegar o nosso coração. Nós nem sempre entendemos a natureza e a magoamos constantemente. Lindo e relaxante este poema, Maria. Obrigada pela partilha, amiga. Um beijinho e boa noite.
    Emília

    ResponderEliminar
  16. Maria gostei muito do poema e da imagem!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Lindo, transmite calma. Boa tarde querida e beijinhos para ti.

    ResponderEliminar
  18. Também quero ondular nas tuas ondas e sentir o salgado da poesia.

    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Excelente postagem com um belo poema adornado por espetaculares imagens.
    Um abraço

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.