terça-feira, 28 de julho de 2020

Pingo de Chuva - Poema de Helena Kolody





O que penso,
o que digo,
o que sou ...
Pingo de chuva no mar.


Helena Kolody
in Correnteza


16 comentários:

  1. Perfeita coordenação entre as palavras e a imagem.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Belo poema. Curto, mas tem uma profundidade de significado. Saudações

    ResponderEliminar

  3. The beautiful words the picture is meaningful.

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito desta pequena poesia, mas de grande inspiração.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderEliminar
  5. Poema curto mas... profundo
    .
    Um dia feliz
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Como decimos aquí el buen perfume en frasco pequeño, es lo que tiene este poema. La imagen magnifica.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde Maria,
    Um poema pequenino, mas grande no conteúdo.
    Adorei!
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderEliminar
  8. I love the poem and image, Maria.
    hugs!

    ResponderEliminar
  9. Tão simples!
    Tão bonito!
    gostei da foto também.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  10. Boa noite de muita paz, querida amiga Maria!
    Uma lindeza é ser pingo de chuva, suavezinho, delicado a encantar... quem o vê ou o sente em si.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  11. Palavras e imagem, perfeito!
    Gostei muito.
    Beijo

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo