terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Saudação da Saudade




Minha saudade
saúda tua ida
mesmo sabendo
que uma vida
só é possível
noutra vida

Aqui, no reino
do escuro
e do silêncio
minha saudade
absurda e muda
procura às cegas
te trazer à luz

Ali, onde
nem mesmo você
sabe mais
talvez, enfim
nos espere
o esquecimento

Aí, ainda assim
minha saudade
te saúda
e se despede
de mim


Alice Ruiz

16 comentários:

  1. Simplesmente, maravilhoso!...
    Desconhecia a autora! Para ler e reler...
    Beijinhos, Maria! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  2. Maria, maravilhoso....me fez lembrar meu querido filho.
    fiz postagem no
    http://cheirodealecrim.blogspot.com

    adorei .

    belo dia!

    ResponderEliminar
  3. Saudade... Um tema que sempre inspirará belos poemas.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. Saudade sempre cantada, sempre mote para belos poemas como este. Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria querida!
    Que lindo poema. Parabéns!
    Bjssss amiga e que Fevereiro seja um mês abençoado p/vcs

    ResponderEliminar
  6. Maravilhosa poesia
    Você tem bom gosto
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. Tão belo poema, Maria!
    Gostei de conhecer e
    cada vez mais lindo o blog
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Belissimo poema que me diz tanto e eu não conhecia!

    Minha querida Maria, peço desculpa pela minha ausência.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria , que bela escolha fizeste, lindos versos sentidos ! Seu blog está um luxo!
    Bjs!

    ResponderEliminar
  10. Só se sente saudades do que nos faz bem ,que lindo poema, beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Maria ,
    Gosto de tudo que escreve a Alice Ruiz .
    Agradeço ter nos brindado com tão belo poema .
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Versos espetaculares, para não falar mais nada. Excelente!

    ResponderEliminar
  13. Saudade,saudades... Palavra forte e cheia de emoção. Linda escolha de poema para compartilhar.

    ResponderEliminar
  14. Lindo esse poema de Alice Ruiz. Grata pela visita. Beijoo

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo