sábado, 26 de novembro de 2016

O PINTOR Michael Cheval




O artista Michael Cheval, nasceu em 1966 em Kotelnikovo, na Rússia.




Cresceu numa pequena cidade no sul da Rússia, sendo descendente de uma família de talentos criativos. O seu avô era um artista profissional e escultor, enquanto a sua avó escrevia poemas para crianças e o seu pai era soldado e artista.





O seu amor para o desenho surgiu quando ele era ainda criança. Em 1980, mudou-se com a sua família para a Alemanha. . Os Museus e castelos, ruas antigas e as maravilhosas paisagens do sul da Alemanha definiram permanentemente os gostos de Cheval.




Em 1986 mudou-se para Turcomenistão. Formou-se na Ashgabad School of Fine Arts, absorvendo a filosofia oriental e o caráter da Ásia Central. A sua primeira exposição pessoal teve lugar no Museu do Estado de Belas Artes do Turquemenistão em 1990. Em 1994 mudou-se para Moscovo e trabalhou como artista independente e ilustrador, para a editora "Planeta".





Decidiu emigrar para os Estados Unidos em 1997, começando uma nova época produtiva. Voltou à cultura ocidental que o inspirou muito na sua juventude, mas trazendo agora a sua própria experiência, filosofia e visão. No ano seguinte tornou-se membro da National Arts Club, em Nova York, onde em 2000 foi distinguido com o Prémio Comitê de Exposições.




É um artista contemporâneo que se especializou em pinturas "Absurdist" (absurdistas), desenhos e retratos que capturam a imaginação e transformam a realidade existente na sua cabeça. Cheval diz que as suas obras são uma realidade invertida e um reverso da lógica, que não emergem de sonhos como o surrealismo, mas da imaginação.



Citação de Cheval:

"Nem mesmo um detalhe é acidental. Todos os detalhes são como palavras de um poema. Se você tirar uma palavra, todo o poema é esmagado. "





Cheval tem participado em diversas exposições e recebeu prémios. Publicou também dois álbuns com a sua arte, "Lullabies" em 2004 e "Nature of Absurdity" em 2007




Citação de Cheval:

"As minhas pinturas são como uma janela para outra realidade, e o meu objetivo é torná-lo tão real que as pessoas não vão pensar que é falso".




Para saber mais sobre este brilhante artista pode visitar o seu site pessoal em: “Michael Cheval




"A arte não reproduz o que vemos. Ela faz-nos ver." (Paul Klee)

8 comentários:

  1. Muita originalidade comparando com quadros clássicos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. De uma beleza ímpar! Amei

    Beijinhos e bom fim de semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Lindas pinturas aqui vejo,
    no seu cantinho amiga Maria,
    bom fim de semana lhe desejo
    com saúde, amor, carinho e alegria!

    Um abraço para você, envio amiga Maria.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  4. Olá, Maria

    Muito interessante a obra deste pintor. As suas pinturas povoam o nosso imaginário, transportam-nos para o reino da fantasia.

    Bom fim de semana.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  5. Magnificas imagens, gostei muito.

    Bom domingo Maria.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Uma pintura modernista onde a suavidade dos traços a tornam realmente própria de um talento
    Adoro pintura e por isso este seu post
    Bom domingo
    Beijinho MARIA

    ResponderEliminar
  7. Que bonita, Maria,
    esta exposição do pintor Cheval que organizou no
    blog.
    Amei visitá-la!

    ResponderEliminar
  8. Completamente brilhante, este artista, que espetáculo de arte, especialmente, por estar linkada ao mundo da imaginação, que vai longe, sem limites.
    Tudo amplo de belezas e delicadeza. Eu adorei.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo