sexta-feira, 2 de setembro de 2016

New York - Ellis Island - Immigration Museum




Depois de visitarmos a Estátua da Liberdade, apanhámos o ferry boat tendo este ido até à Ellis Island.





Esta ilha é o símbolo da Imigração para os Estados Unidos. O nome Ellis Island, foi atribuído por Samuel Ellis, que ao comprar a ilha em 1785, lhe deu o seu nome. Esteve na familia Ellis durante várias gerações, foi depois comprada pelo Estado de Nova York e vendida ao Governo Federal em 1808.







Após uma longa viagem em navios a vapor, este era o primeiro local que os imigrantes provenientes da Europa pisavam, entre os anos de 1892 a 1954. Chegaram aqui quase 12 milhões de pessoas à procura de uma oportunidade no novo mundo, a América.




O museu conta a história da imigração. Apresenta, exposições, fotografias, antigos objetos. Conta relatos reais da vida dos imigrantes, de onde vinham, as suas dificuldades, as esperanças de uma vida melhor e onde conseguiram muitos deles chegar anos mais tarde. Também é possível pesquisar registos de imigração, tentando encontrar documentação de antigos familiares.




A grande sala de registo dos imigrantes






O edifício que durante essa época serviu como posto de exame dos imigrantes que chegavam da Europa foi transformado em museu, em 1990.



O rio Hudson




Ao fundo Manhattan





Depois da visita apanhamos o barco de novo para Battery Park.



9 comentários:

  1. As fotos estão magnificas. O local é simpático e como o dia estava fantástico, deu para ver tudo tranquilamente. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Uau! Que interessante Maria. As imagens, a narrativa, tudo muito interessante.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Belas fotografias desta grande cidade.
    Um abraço e bom fim de semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  4. Soberbo!

    Bom fim de semana.
    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Maria
    Passar os teus interessantes post's, também uma forma de viajar. De repente recordei o meu amigo José Augusto Roussado Pinto, que escreveu bastantes livros policiais, sempre com nomes americanos. Os cenários eram sempre americanos (como convinha) e bastante convincentes. Um dia confrontei-o sobre o assunto. Resposta: eu nunca fui à América, o que leio é muito sobre a América. Recordei-o, em virtude de que ela gostaria de te ler.
    Veja e comente o post
    Cidade de Ouro Preto
    http://amornaguerra.blogspot.pt/
    BRASIL: SORRISO DE DEUS.

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Lindas fotos ,beijinhos muitas felicidades

    ResponderEliminar
  7. Mais um post extraordinário... com imagens... para apreciar ao pormenor, desta grande cidade...
    Beijinhos! Espero conseguir tornar em breve... para continuar a apreciar, por aqui, esta viagem fantástica que vocês fizeram... através das vossas fotos...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  8. Vocês três saíram muito bem em todas as fotos, Maria.
    A ilha é mesmo muito bonita, com rica história.
    Gostei de passear com vocês. Agradecida pela oportunidade.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.