segunda-feira, 19 de setembro de 2016

A dança do Vento - Poema de Afonso Lopes Vieira





O vento é bom bailador,
Baila, baila e assobia.
Baila, baila e rodopia
E tudo baila em redor.
E diz às flores, bailando:
- Bailai comigo, bailai!
E elas, curvadas, arfando,
Começam, débeis, bailando.
E suas folhas, tombando,
Uma se esfolha, outra cai.
E o vento as deixa, abalando,
- E lá vai!...
O vento é bom bailador,
Baila, baila e assobia,
Baila, baila e rodopia,
E tudo baila em redor.
E diz às altas ramadas:
Bailai comigo, bailai!
E elas sentem-se agarradas
Bailam no ar desgrenhadas,
Bailam com ele assustadas,
Já cansadas, suspirando;
E o vento as deixa, abalando,
E lá vai!...
O vento é bom bailador,
Baila, baila e assobia
Baila, baila e rodopia,
E tudo baila em redor!
E diz às folhas caídas:
Bailai comigo, bailai!
No quieto chão remexidas,
As folhas, por ele erguidas,
Pobres velhas ressequidas
E pendidas como um ai,
Bailam, doidas e chorando,
E o vento as deixa abalando
- E lá vai!
O vento é bom bailador,
Baila, baila e assobia,
Baila, baila e rodopia,
E tudo baila em redor!
E diz às ondas que rolam:
- Bailai comigo, bailai!
e as ondas no ar se empolam,
Em seus braços nus o enrolam,
E batalham,
E seus cabelos se espalham
Nas mãos do vento, flutuando
E o vento as deixa, abalando,
E lá vai!...
O vento é bom bailador,
Baila, baila e assobia,
Baila, baila e rodopia,
E tudo baila em redor!


Afonso Lopes Vieira




9 comentários:

  1. Um poema fantástico, maravilhoso. Amei!

    Beijinhos e uma semana excelente.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Há quanto tempo não lia um poema do poeta Afonso Lopes Vieira. Adorei ler este aqui. Obrigada pela partilha.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Gostei muiuto desta poesia ... O vento é bom bailador, mas também, quando se torna uma brisa a natureza acaricia.
    Um abraço,
    Élys.

    ResponderEliminar
  4. Não conhecia o poeta!linda poesia, feliz semana, beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oi Maria, bn. Lindo esse poema!
    Bjsss amiga e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderEliminar
  6. Que belo poema soprado na melodia do vento e a imagem acompanha
    linda.
    Uma partilha preciosa, Maria!!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Um belo bailado deste vento, que tudo arrebata.
    Que o vento leve para longe tudo que desagrega.
    Bonito poema no balanço das folhas ao vento.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.